Cadastre-se no APdoBanespa - É GRÁTIS - Clique aqui



A imagem do dia! 26/07/2016
Banespa Lembranças - 571

Nº123990 - Enviada em por Neusa de Almeida Barros - Taubaté


Conselho útil:- Seja otimista!
Faça questão de ser alegre e otimista. Nada na terra pode destruir a felicidade do homem otimista e alegre. Se lhe chegarem dores, receba-as com calma e não se deixe atingir por elas. Não coloque sua felicidade no que lhe vem de fora. Construa sua felicidade dentro de você mesmo, fazendo consistir sua ventura no progresso constante da vida do espírito, na sabedoria do coração.
Se é a razão que faz o homem, é o sentimento que o conduz.

Álvaro Pozzetti de Oliveira   -   Bauru  | Comentar | Ver Comentários  | VER MAIS | ENVIE A SUA POR E-MAIL |



Cabesp - Proposta alteração artigo 17

Prezada sra. Maria Lúcia Ettore do Vale
M/D presidente da Cabesp,
Quando da reunião Afabesp/Afabans, tive a feliz oportunidade de passar às suas mãos uma redação do artigo 17 proposto para a reforma estatutária da Cabesp, de última hora, com rasuras. Permita-me,agora, repassá-la de uma forma clara e precisa, para sua análise e considerações:
Art. 17 - A contribuição de custeio devida pelos Associados será de, no mínimo 2,5% e o máximo de 6% sobre o total da remuneração mensal do Associado. As alterações dos percentuais ocorrerão da seguinte forma:
a) Reajuste de 2,5% para 4%, após a aprovação deste Estatuto, a partir do mês de setembro de 2.018.
b) Reajuste de 4% para 5%, imediatamente após completados 12 meses subsequentes ao primeiro reajuste.
c) Reajuste de 5% para 6%, imediatamente após completados 24 meses subsequentes ao primeiro reajuste.
Ficarei muito feliz com seus comentários a respeito dessa nova redação, que, a meu ver, atenderá perfeitamente e sem margem a dúvidas da real intenção dos índices de contribuição ficarem entre 2,5% e 6%, com possibilidade de redução, até 2,5%, a critério da Diretoria Executiva, bastando para isso uma comunicação aos Associados. Um forte abraço.
Péricles de Andrade

Péricles de Andrade / Paraguaçu Paulista/SP / 22/06/2018

| Clique aqui e envie, você também, sua notícia   |   Comentar  |  Ver Comentários  |
 
Se correr o bicho pega

Caros colegas,
Estamos num mato sem cachorro, numa encruzilhada, entre a cruz e a espada, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. De duas, uma. Ou se consegue instalar a Assembléia com os cerca de 11 mil, entre presentes e procurações, e se discute tudo o que aí está, principalmente o art 17, entre outros, e se delibera, e se refaz a proposta, lá no E.C.Banespa, e se vota e se aprova como deve ser, com artigos claros e precisos, sempre para o nosso bem e o da Cabesp ou se vota no Plebiscito pelo NÃO. Na segunda hipótese, novas rodadas de negociações devem ser feitas, dessa vez numa mesa maior, com a presença inclusive de representantes das Afabans, e se parte para o segundo tempo, aí sim, em melhores condições de jogo. Infelizmente, hoje, tudo leva para o Plebiscito. As procurações não chegaram nas mãos dos associados, todas as quatro entidades de representação estão satisfeitas com o que elas elaboraram, em rodadas com a Cabesp, têm absoluta certeza de que a Assembléia não acontecerá e no Plebiscito o sim já está garantido. Tudo caminha para o prato feito, o goela abaixo, jogando um balde de água fria nas Afabans que ainda acreditam na aprovação em Assembléia. De minha parte, creio, realmente, que nesta altura do campeonato, a uma semana da entrada das procurações na Cabesp, com um elevadíssimo número de outorgantes que se exige, com o andar da carruagem, a primeira hipótese não será possível, inexequível. Resta-nos o Plebiscito! Então, vamos a ele, com um retumbante e sonoro NÃO, única maneira de se "alterar" as alterações que estão aí propostas, para nossa alegria e perenidade da Cabesp. Salve a Cabesp, salve nós todos, cerca de 22 mil banespianos e banespianas ávidos por um bom desfecho e um final feliz! Um forte abraço a todos.
Péricles.

Péricles de Andrade / Paraguaçu Paulista/SP / 21/06/2018

| Clique aqui e envie, você também, sua notícia   |   Comentar  |  Ver Comentários  |
 
Sai atrasados para 81.257 segurados

21/06/2018 Fernanda Brigatti do Agora
Segurados que derrotaram o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) em ações judiciais receberão nos próximos dias R$ 957,8 milhões em atrasados.
A bolada foi repassada ontem pelo CJF (Conselho da Justiça Federal) aos TRFs (Tribunais Regionais Federais) e vai encerrar 72,1 mil processos iniciados por 81,2 mil segurados.
Para entrar neste lote, é necessário que a requisição do pagamento tenha sido feita em maio e que os atrasados não ultrapassem 60 salários mínimos (R$ 57.240).
A requisição, também chamada de autuação, é feita pelo juiz responsável pela ação ao tribunal quando já não cabe mais qualquer recurso no processo.
Os segurados de São Paulo receberão pelo TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), que também fará o pagamento de ações iniciadas no Mato Grosso do Sul.

Álvaro Pozzetti de Oliveira / Bauru / 21/06/2018

| Clique aqui e envie, você também, sua notícia   |   Comentar  |  Ver Comentários  |
 
Recurso no INSS passa a ser automático a partir de julho

21/06/2018 Clayton Castelani do Agora
O INSS iniciará, em 10 de julho, análises automáticas de recursos a serem enviados para julgamento nas Juntas de Recursos da Previdência, segundo o diretor de benefícios, Alessandro Ribeiro.
A proposta foi apresentada ontem pelo órgão ao Ministério Público Federal em São Paulo, que, em maio, havia recomendado às agências paulistas da Previdência o cumprimento do prazo de 30 dias para o envio dos pedidos aos órgãos julgadores.
Na ocasião, o encaminhamento dos processos levava 204 dias, em média, o equivalente a quase sete meses.

Álvaro Pozzetti de Oliveira / Bauru / 21/06/2018

| Clique aqui e envie, você também, sua notícia   |   Comentar  |  Ver Comentários  |
 
Cabesp - Assembleia Geral

“Algumas pessoas entendem que a partir de 2021 a Cabesp pode aumentar o percentual do jeito que quiser, ERRADO, pois na proposta, a partir de 2021 a diretoria da Cabesp pode mudar o custeio baseado num estudo atuarial que mostre que é possível, só que essa mudança só pode ser feita dentro de um intervalo entre 2,5% a 6,0%, ou seja, podemos ter uma variação a partir de 2021, mas não mais que 6,0%. Para aumentar mais que isso será necessário nova negociação e nova assembleia.”
Pegando o parágrafo acima no texto do diretor da Afubesp, Camilo Fernandes, entendo que ele – data vênia – tentou explicar, mas confundiu mais ainda o que já era confuso.
Argumenta ele que “a partir de 2021 podemos ter uma variação, mas não mais que 6%”.
Pergunto: Como assim? Significa que 6% é o LIMITE? Onde está isso explicitado no texto do Art. 17?
Afirma ele também que para aumentar para mais de 6% (foi o que entendi) “será necessário nova negociação e nova assembleia”.
Pergunto: Onde está no texto do Art.17 essa ‘necessidade’?
E concluo: Como eu não vi, e se lá não consta, para valer, lá tinha que estar! O texto fala apenas em "Deliberação da Diretoria Executiva", ou seja, automaticamente exclui a necessidade da exigência da Assembleia Geral.
Galvão

Antonio Galvão Raiz Porto / Altinópolis/SP / 09/06/2018

| Clique aqui e envie, você também, sua notícia   |   Comentar  |  Ver Comentários  |
 
Gratificações - 06/06/2018

06/06/2018 – AÇÃO DAS GRATIFICAÇÕES SEMESTRAIS – MAIS UMA DECISÃO FAVORÁVEL À AFABESP NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
Publicado em 6 de junho de 2018 por Afabesp
Em sessão realizada ontem, dia 05/06/18, a 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal, por unanimidade, com os votos dos Ministros Alexandre de Moraes (Relator), Luís Roberto Barroso e Luiz Fux, rejeitou os Embargos de Declaração opostos pelo Banco Santander, no Recurso Extraordinário do próprio Banco.
Agora, caberá ao Ministro Alexandre de Moraes apresentar ao Plenário Virtual do STF, a sua manifestação sobre a existência, ou não de “repercussão geral” quanto à matéria abordada pelo Banco no seu Recurso Extraordinário.
Essa manifestação do Ministro Relator será encaminhada, eletronicamente, aos demais Ministros que compõem o Supremo Tribunal Federal, exceto aos ministros Marco Aurélio e Rosa Weber, que se encontram impedidos de se manifestar no nosso processo.
Recebendo a manifestação do Ministro Relator, caberá aos demais Ministros em condições de se manifestar, deliberar, também eletronicamente, se concordam ou não com as ponderações que lhes foram apresentadas, não havendo espaço para fundamentação. Ou seja, a decisão de cada um dos Ministros se resumirá em acompanhar, ou não, a manifestação do Ministro Relator, apontando “sim” ou “não”.
Se o resultado for pela existência de repercussão geral, o que não se acredita, o Recurso Extraordinário do Banco ainda será julgado pelo STF.
Por outro lado, se o resultado final for pela inexistência de repercussão geral, hipótese mais provável, o Recurso Extraordinário do Banco estará automaticamente rejeitado. E nesse caso, depois que tal decisão se tornar definitiva, o que significará a nossa vitória, o processo retornará à 1ª Instância (36ª Vara do Trabalho de São Paulo) para início da fase de execução do processo, visando a apuração dos valores das gratificações semestrais devidas aos associados da AFABESP relacionados na ação, haja vista a decisão anterior proferida pelo Tribunal Superior do Trabalho, confirmando as decisões das instâncias inferiores daquele mesmo Tribunal, as quais julgaram ilegal a supressão desse benefício pelo Banco, no segundo semestre de 1994.
Enfim, foi dado mais um passo importante para o sucesso definitivo da demanda proposta pela AFABESP em prol dos seus associados, devido ao excelente trabalho dos nossos advogados.
AFABESP – DIREITORIA

José Milton de Andrade Marques / São Bernardo do Campo / 06/06/2018

| Clique aqui e envie, você também, sua notícia   |   Comentar  |  Ver Comentários  |
 
CABESP - ASSEMBLEIA DO DIA 30/JUNHO/2018

Caro Galvão,
"Estou contigo e não abro". Desde 31.05, quinta-feira, venho me posicionando a respeito desse esdrúxulo e desnecessário inciso III. Já propus no Facebook, a seguinte redação para o art. 17: "A contribuição de custeio devida pelos associados será de, no mínimo 2,5%, até o máximo de 6% sobre o total de sua remuneração mensal. As alterações dentro desse intervalo ocorrerão da seguinte forma:
a)
b)
c) (como nos termos do inciso II)".
Ficam extintos os incisos I, II e III.
A partir de 2.020, se a Cabesp quiser e achar necessário "variar" o índice, que faça a proposta, como atualmente está fazendo, e submeta à apreciação da Assembléia.
Simples, basta isso. Abs,
Péricles.


Péricles de Andrade / Paraguaçu Paulista/SP / 06/06/2018

| Clique aqui e envie, você também, sua notícia   |   Comentar  |  Ver Comentários  |
 
CABESP - ASSEMBLEIA DO DIA 30

Com todo o respeito a qualquer colega, refiro-me especificamente ao ultimo e aos demais comentários do colega GALVÃO.
Percebi, como o colega vem postando suas observações, porém percebi também que o modelo adotado pelas três Associações não é o mais transparente possível.
Isto é: USOU-SE UMA ÚNICA CONSULTORIA para assessorar a CABESP e as ASSOCIAÇÕES. Houve quem até publicou que esta CONSULTORIA já presta serviços há anos
para a CABESP. Este motivo já o seria suficiente para ANULAR o modelo adotado, pois se evidencia pouco cuidado com o PROJETO completo, que seriam as rodadas de
negociações e a proposta a ser levada à ASSEMBLEIA.
Lógico, colegas, que esta AGE precisa ser cassada judicialmente. Pois, na realidade, não houve rodadas de negociações e sim: DETERMINAÇÕES dos profissionais
da empresa de CONSULTORIA contratada. Por isso esta é uma EMPRESA ESPECIALIZADA com propósitos e profissionais com formações pertinentes para tal.
Procuro colocar minhas percepções de forma clara, com bastante COESÃO, COERÊNCIA E LÓGICA TEXTUAL, com parcos conhecimentos da nossa língua,
não precisando que alguém me diga que tal palavra signifique isto ou aquilo. O TEXTO e o seu CONTEXTO já fornecem todas as explicações.
Portanto, colegas: ou se faz um NOVO PROJETO para se atender às exigências tão debatidas conforme as Ciências da Administração e Economia estabelecem, ou
seremos alvos prediletos de algumas pessoas UM POUCO desavisadas que MUDANÇAS que tratam de vidas HUMANAS merecem um pouco mais de respeito,
principalmente aos PRINCÍPIOS CIENTÍFICOS.
Meus abraços e que Deus nos projeta. Amém
Eliel D Ornelas = como diz um dos nossos guerreiros BANESPIANO DA GEMA.

Eliel da Silva D Ornelas / Cabo Frio/RJ / 06/06/2018

| Clique aqui e envie, você também, sua notícia   |   Comentar  |  Ver Comentários  |
 
GRATIFICAÇÃO - 05/06/2018

05/06/2018 Embargos rejeitados PRIMEIRA TURMA
Decisão: A Turma, por unanimidade, rejeitou os embargos de declaração, nos termos do voto do Relator. Impedidos os Ministros Marco Aurélio e Rosa Weber. Presidência do Ministro Alexandre de Moraes. Primeira Turma, 5.6.2018.
Decisão de Julgamento
************************************
AÇÃO DAS GRATIFICAÇÕES DA PRIMEIRA TURMA - REJEITADOS OS EMBARGOS DE DECLARAÇÃO - ÓTIMA NOTÍCIA, O PROC. SEGUE NO STF, SEM NECESSIDADE DE RETORNO AO TST PARA SANAR DÚVIDA "LEVANTADA" PELO SATANDER. VEM AGORA SE VAI A REPERUSSÃO GERAL (RG) OU NÃO. SE FOR A RG ESTAMOS TODOS FUX.....DOS. E VIVA O MIN ALEXANDRE DE MORAES! QUE DEUS CONTINUE ILUMINANDO SUA MENTE E CORAÇÃO! Péricles

Neusa de Almeida Barros / Taubaté / 06/06/2018

| Clique aqui e envie, você também, sua notícia   |   Comentar  |  Ver Comentários  |
 
Cabesp - Assembleia Geral

CABESP:
Reforma Estatutária
Considerações finais

Os colegas que têm acompanhado com natural e justificado interesse as nossas discussões em torno de tão palpitante assunto puderam constatar que, desde o começo, manifestei a minha posição a respeito. Agora venho registrar que mantenho o mesmo entendimento inicial. Assim sendo, após ter por diversas vezes colocado a minha opinião, seja no Face, seja no grupo Apdobanespa do Alvaro ou no Yahoo do Bosco, cheguei à conclusão de que tudo o que eu tinha para dizer já o fiz. E continuar insistindo apenas me tornará repetitivo e até maçante.
Gostaria somente de assinalar, em definitivo, as minhas conclusões e o meu posicionamento a respeito deste tema que interessa a todos nós, banespianos.
Vou me ater aos tópicos principais, que são os seguintes:
AS NEGOCIAÇÕES
Como me posicionei lá atrás, da forma com que as negociações entre os nossos representantes e a Diretora Presidente da CABESP foram conduzidas, sem que delas tivéssemos qualquer participação, fatalmente tudo iria terminar do jeito que terminou: receberíamos o ‘prato feito’, tudo decidido e acertado sem o nosso conhecimento, pronto para ser votado - no SIM. E foi o que aconteceu.
AS ‘RAZÕES DAS ALTERAÇÕES ESTATUTÁRIAS’
A meu ver, o anexo que acompanhou o Edital de Convocação deveria ter sido feito de maneira completa dispondo claramente as alterações propostas nos diversos artigos. Isso não ocorreu. E, para complicar, foi acrescentado o item 2, que faz referência a uma decisão judicial sobre uma ação proposta por dois aposentados contra a CABESP, em que pleitearam o direito deles (aposentados) de se candidatar a cargos no Conselho Fiscal. Fala-se lá na “Apresentação de nova redação com a exclusão do inciso II, §2º, Artigo 55”, algo absurdo, uma vez que este dispositivo estabelece justamente o nosso direito de elegermos três ocupantes do citado Conselho. Nas explicações do anexo em questão, aparece o Art. 55 como sendo alterado para o de nº 54, onde nada disso é mencionado. Não deu para entender.
O POLÊMICO ART. 17
Aí reside a grande polêmica. Devo ter lido esse artigo no mínimo umas cem vezes. Desde a primeira vez, não concordei com a sua redação. Na minha opinião, foram inseridos ali incisos a meu ver desnecessários, os quais, mesmo se feitos com uma suposta intenção de firmar o ‘objetivo’ do artigo, acabaram na verdade gerando confusão. Em comentário anterior já ‘esmiucei’ os motivos que me levaram a assim pensar e por isso vou agora simplesmente reafirmar – de maneira bem objetiva e sucinta, numa sequência de raciocínio lógico - que: a) a taxa de 6%, que irá valer a partir de 2020, não é definitiva, final; b) um ano depois, ela pode ser alterada; c) se for para menor, tudo bem, mas se for para maior, a Diretoria Executiva poderá, em função do inciso III, mudar do jeito que lhe convier.
A explicação para o que estou colocando é simples, é óbvia: pelo inciso III, ao concordarmos que a Diretoria Executiva (onde quem manda de fato é a Diretora Presidente, dado que os diretores por nós eleitos são meros ‘figurantes’) ‘delibere’ sobre essa questão – sem a necessidade do nosso referendo - abrimos mão da única força de que dispomos na gestão da Cabesp, que é a Assembleia Geral. Quanto ao ‘argumento’ de que as ‘deliberações’ a respeito deverão ser “baseadas em estudos técnicos, atuariais, financeiros”, o meu entendimento é o de que o mesmo não nos convence. Simplesmente porque esses ‘estudos’ virão sempre da mesma consultoria, que emitirá relatórios fundamentados sempre nas ‘premissas’ - que são os dados fornecidos para o estudo – apresentadas sempre pela Diretora Presidente, premissas e dados esses aos quais não temos acesso.

Ponto final!
Antonio Galvão Raiz Porto

Antonio Galvão Raiz Porto / Altinópolis/SP / 06/06/2018

| Clique aqui e envie, você também, sua notícia   |   Comentar  |  Ver Comentários  |
 


Veja Mais
05/06   CABESP - ASSEMBLEIA DO DIA 30/JUNHO/2018
04/06   Cabesp - Assembleia Geral
04/06   Franquia deve dobrar valor de planos de saúde
04/06   CABESP - ASSEMBLEIA DO DIA 30
03/06   Cabesp - Assembleia Geral
03/06   CABESP - ASSEMBLEIA DO DIA 30
03/06   ASSEMBLEIA DO DIA 30/JUNHO/2018
02/06   Assembleia Geral Ordinária dos Associados da Cabesp - 2018
02/06   Cabesp-Assembleia Geral-30/06/2018
02/06   CABESP - ASSEMBLEIA DO DIA 30/JUNHO/2018
02/06   Cabesp - Assembleia Geral
02/06   ASSEMBLEIA DO DIA 30/JUNHO/2018
02/06   CABESP - ASSEMBLEIA DO DIA 30
02/06   CABESP - ASSEMBLEIA DO DIA 30/JUNHO/2018
02/06   ASSEMBLEIA DO DIA 30/JUNHO/2018
02/06   CABESP: nossas dúvidas só aumentam
30/05   CABESP – Assembleia Geral 30/06/2018
25/05   PLANO II – JUSTIÇA FEDERAL AUTORIZA PERÍCIA
23/05   PROC ARE 675945 - 20 ANOS, 3 MESES E 4 DIAS
22/05   Poupadores poderão aderir a acordo a partir de hoje
18/05   Aposentadoria automática sairá em até 30 minutos
18/05   Aposentadoria por idade sem ir ao INSS começa na segunda
17/05   Reajuste nos Planos de Saúde Cabesp
16/05   Aumento na Cabesp é ilegal
15/05   YOSHIMI ONISHI
15/05   A CABESP É NOSSA!
13/05   Cabesp - Temos que ser CONVENCIDOS!!!
13/05   Cabesp - Por quê a pressa em elevar as contribuições ?
13/05   Cabesp - Engrossando o caldo para a discussão
09/05   IGP DI - 08.05.2018
09/05   GRATIFICAÇÃO - 08/05/2018
07/05   A QUESTÃO DA CABESP
05/05   Para que servem nossas contribuições?
28/04   Assembléia dos acionistas do Santander
27/04   Palestra na Assembleia Legislativa
| Ver todas as outras Notícias   |
Clique aqui e envie, você também, sua notícia     |


Últimos 13 Comentários, Mensagens Sugestões, Recebidas

| Participe você também! Comente! | Ver Todos Comentários |

 145424 - ORLY GUERRA   -   Vila Velha - ES23/06/2018 - 21:29  |  Comentar  | Ver Todos Comentários |


COLEGAS BANESPIANOS

Quando ARMANDO BORGES, BANESPIANO DA GEMA, postou mensagem dizendo que as associações deviam cobrar do banco os dois processos, e que por causa das contribuições sobre os valores que nos foram USURPADOS, é que está havendo esse tal DÉFICIT nas contas da CABESP, resolvi apurar e fiz cálculos e mais cálculos, mas não cheguei à uma conclusão satisfatória. (em 2013 a AFABESP apresentou planilha do saldo atuarial com valores anuais, logo a folha de pagamento mensal foi média – 13 aposentadorias – não entendi como foram feitos os reajustes anuais). Preciso dos valores das folhas de pagamento para fazer o cálculo certo; se alguém me arranjar os valores...
Hoje, tomando “my breakfast”, raciocinando alguma maneira de apresentar proposta para acabar com esse problema da CABESP e, de quebra, receber nossos processos, com base nas opiniões dos colegas da Gema; também, de se fazer um acordo para, já que estamos com o “SELO DE VALIDADE” vencido, receber um bom dinheirinho. (teve colega que disse: é melhor receber uns trocados enquanto vivos, do que “fechar o paletó” e não receber nada!

Minha proposta é a seguinte, a AFABESP propor ao Santander
PAGAR TUDO DE UMA VEZ,
(valores totais sem descontos),
nos processos das Gratificas e do IGP-DI;

E nós contribuiremos para a CABESP com 20% sobre os VALORES ATRASADOS;
mais 20% nos valores mensais do IGP-DI reajustados em 41,62% mensalmente.
(exemplo: quem recebe 5 mil terá R$ 2.081,00 de reajuste, pagará 20% sobre esse valor = R$ 416,20 todos os meses).
Sobre nossas aposentadorias normais, continuaremos a pagar os 2,5%, sem nenhuma alteração.

E mais, os colegas que recebem mais de QUINZE SALÁRIOS MÍNIMOS de aposentadoria, pagar 30% sobre os 41,62% do acréscimo mensal. E continuar pagando os 2,5% sobre as aposentadorias normais.

O pessoal do FUNDÃO tem condições de pagar 20% sobre o COMPLEMENTOS que recebem do BANESPREV.

Quanto aos colegas do PLANO II, só pagar 2,5% para quem recebe até DEZ SALÁRIOS MÍNIMOS. Acima de 10 SM estudar um percentual condizente. (obs.: se for possível, ISENTAR quem recebe pouco).

Seria bom as AFABANS tomarem conhecimento e informar aos colegas.

Fiz os cálculos com base na folha de pagamento de OITENTA milhões.
ATRASADOS
GRATIFICAÇÕES:
4.300.000.000,00
20%
860.000.000,00
--------------------------
ATRASADOS
IGP-DI:
5.300.000.000,00
20%
1.060.000.000,00
-------------------------
MENSAIS
41,62%
IGP-DI:
33.200.000,00
20%
6.640.000,00
-------------------------

 145423 - JOSE MILTON DE ANDRADE MARQUES   -   SÃO BERNARDO DO CAMPO22/06/2018 - 20:21  |  Comentar  | Ver Todos Comentários |

PUBLICAÇÃO DE HOJE do JULGAMENTO DO DIA 05/062018 ARE 675945 QUE JÁ PEDI AO ALVARO DIVULGAR POIS SÃO ONZE PAGINAS
05/06/2018 PRIMEIRA TURMA EMB.DECL. NO TERCEIRO A
G.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM
AGRAVO 675.945 SÃO PAULO RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES EMBTE.(S) :BANCO SANTANDER BRASIL S/A ADV.(A/S) :CARLOS MÁRIO DA SILVA VELLOSO FILHO E OUTRO
ASSOCIAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS APOSENTADOS
DO BANCO DO ESTADO DE SÃO PAULO - AFABESP
ADV.(
ARENATO RUA DE ALMEIDA
E OUTRO
(EMENTA: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. INEXISTÊNCIA DE
VÍCIOS DE FUNDAMENTAÇÃO NO ACÓRDÃO EMBARGADO.
REJEIÇÃO.
1. Os embargos de declaração destinam-se a corrigir vícios de
fundamentação no julgado, e não a reabrir toda a discussão dos autos.
2. O acórdão embargado contém fundamentação apta e suficiente a
resolver todos os pontos do agravo em recurso extraordinário. Em votos
detalhados proferidos após três pedidos de vista, todos os argumentos
foram minuciosamente examinados.
3. As consequências do impedimento do Ministro MARCO
AURÉLIO e a necessidade de intimação da parte sobre a continuidade do
julgamento foram decididas com clareza nos autos, inexistindo qualquer
omissão, contradição, obscuridade ou erro material quanto a tais pontos.
4. Embargos de declaração rejeitados.
A C Ó R D Ã O
Vistos, relatados e discutidos estes autos, os Ministros do Supremo
Tribunal Federal, em Primeira Turma, sob a Presidência do Senhor
Ministro ALEXANDRE DE MORAES, em conformidade com a ata de
julgamento e as notas taquigráficas, por unanimidade, acordam em
rejeitar os embargos de declaração, nos termos do voto do Relator.
Impedidos os Ministros Marco Aurélio e Rosa Weber.
Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/ sob o número 14973092.
Supremo Tribunal Federal
Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 11 1819
Ementa e Acórdão ARE 675945 A
GR-TERCEIRO-ED / SP Brasília, 5 de junho de 2018.
Ministro ALEXANDRE DE MORAES

 145422 - Gilberto Pirolo   -   OURINHOS22/06/2018 - 17:26  |  Comentar  | Ver Todos Comentários |

Oi colegas!Vejam no site do STF mais uma decisão importante
sobre o processo das gratificações.
Abraços a todos.
Pirolo.










 145421 - Ubirajara Paulino de Sillos   -   Santos/São Paulo22/06/2018 - 15:35  |  Comentar  | Ver Todos Comentários |

Boa tarde Sr. Ubirajara, tudo bom?


Mostrei sua solicitação ao sr. Edival e ele autorizou que o sr. repasse a informação.

Abs


Afaban-Baixada Santista

Silvana Moraes


De: Ubirajara Senior
Enviado: quinta-feira, 21 de junho de 2018 19:21
Para: AFABAN-BAIXADA SANTISTA BAIXADA SANTISTA
Assunto: RE: ASSUNTOS TRATADOS NA REUNIÃO AFABESP /AFABANS DIA 16/06/18


Edival!
Por ser conteúdo elaborado por nossa Afabanbs, peço sua autorização pois colegas aos quais eu repasso suas mensagens, tal qual como este assunto, todos são associados da Afabesp, pedem que eu poste seus conteúdos no http://apdobanespa.com/formulario_apdob.htm
Att.e no aguardo
Ubirajara


De: "AFABAN-BAIXADA SANTISTA BAIXADA SANTISTA"
Enviada: 2018/06/20 16:53:08
Para:
Assunto: ASSUNTOS TRATADOS NA REUNIÃO AFABESP /AFABANS DIA 16/06/18



REUNIÃO AFABESP / AFABANS

16/06/18 - Recanto Campestre de Vinhedo



Banesprev: Jarbas de Biaggi, Sérgio Hirata, Luiz Kitamura



Mais de 20 (vinte) assistidos pelo Banesprev já ultrapassaram a casa dos 100 anos de idade

Total de Fundos Administrativos pela Banesprev, 17 bilhões de reais, num total de 22 planos

Total de participantes mais de 30.000

Plano I - 153 participantes

Plano II - 998 participantes

Plano III - 615 participantes

Plano IV - 04 participantes

Plano VI - 06 participantes

Plano V - 12117 participantes

Sanprev I - 06 participantes

Sanprev II - 2440 participantes

Sanprev III - 298 participantes



Empréstimos para participantes: R$ 300 milhões

Patrimônio Plano V - 6.500.000,00 Bilhões

Patrimônio Plano II - 6 bilhões



CABESP

Presidente: Maria Lúcia Ettore Brumado

CABEPS 50 ANOS

25% do custo dos gastos da Cabesp são cobertos pelas mensalidades pagas pelos associados mais participação do Santander.

Patrimônio da Cabesp : 8 bilhões

Déficit em 2018 até maio : 500 milhões

Alteração no percentual

De setembro 2018 a setembro 2019 = 4%

De setembro 2019 a setembro 2020 = 5%

De setembro 2020 em diante = 6%



NOTA: Os associados que tiverem dúvidas sobre a Cabesp poderão comparecer na Afaban-Baixada Santista a partir do dia 19/06 às 14:00h ou às 16:00hs que estaremos promovendo reuniões para tentar esclarecer sobre a alteração nos valores das mensalidades.



AÇÕES EM CURSO

Dr. Gaudio /Dr. Dalmiro



Ação da Gratificação: Terminou todos os possíveis embargos. A turma do STF votou sendo 3x0 a nosso favor. Os ministros Rosa Weber e Marco Aurélio de Mello deixaram de votar por estarem impedidos. Agora falta submeter a plena do STF que vai votar digitalmente. Segundo os nossos advogados a tendência é acompanhar a votação dos ministros da turma que fez o julgamento.

Caso a votação seja a nosso favor o processo volta para a 26ª vara do trabalho para a sua execução.



IGPDI: O Juiz da vara deu parecer que o Santander deveria creditar nas contas dos beneficiários. O banco recorreu e solicitou que ao invés de crédito eu conta o banco faria depósito judicial com anuência do Juiz.

O Bacen e a União pediram para sair do processo, fato que foi negado. Os advogados do banco dividiram os beneficiários em 13 (treze) grupos, justificando a cada grupo o motivo pelo qual aquele grupo não tinha direito. O juiz deu 10 dias para que a Afabesp justificar os argumentos do Santander.

A Afabesp contestou a opção de depósito judicial e voltou a solicitar o crédito na conta dos aposentados.

PLANO II: Por ordem judicial um perito está examinando se o serviço passado é de responsabilidade do Santander ou não.





AFABAN- BAIXADA SANTISTA

Participantes: Edival Fochi e Arualdo Azzolini

 145420 - Zoia Rodrigues de Lima   -   Campo Grande MS22/06/2018 - 15:08  |  Comentar  | Ver Todos Comentários |

Eu, se viva estiver, em 2042, 24 anos! estarei com 92 anos, a presidente, provavelmente chegando aos 50! Gente, é muito tempo! A Cabesp não está agonizando!Este é o ponto, tem que ser bom de gasto para acabar com 8bi, aplicados! Fora os imóveis que a Cabesp adquiriu, em nome do Banespa, pq este não podia adquirir, adquiriu em nome da Cabesp. Calma, esta história de mudança de estatuto está muito fresca, temos que aquece-la! Penso assim, se dssermos não, segundo o Camilo a Cabesp aumenta a contribuição para 270,00 e nós, como temos direitos adquiridos, não abrimos mão de nossos direitos dizendo Não à Assembleia, vamos para a justiça com a lei 9656/98 ... pela primeira vez teremos o FHC do nosso lado. A lei é dele.

 145419 - NELSON JUSTINIANO FILHO   -   MIRASSOL -SP-22/06/2018 - 14:57  |  Comentar  | Ver Todos Comentários |

ALGUÉM DE SABER JURÍDICO QUE ESCLAREÇA

ART.38 do estatuto -paragrafo 1° -não atingindo quorum na AGE -VOTAÇÃO ATRAVÉS PLEBISCITO. nunca encontrei essa cláusula em um estatuto de associação.

PLEBISCITO - Só é competência do Congresso Nacional ????

Só uma manifestação para saber se os eleitores aceitam ou não o que está sendo mudado e ou alterado ???

 145418 - marco antonio gonçalves dias   -   são paulo22/06/2018 - 13:59  |  Comentar  | Ver Todos Comentários |

Temos que nos sensibilizar com a situação dos associados da Cabesp de uma forma geral. Não só com o que vai acontecer com os associados em 2042, mas também com o que está ocorrendo com aqueles que estão tentando chegar em 2042 e estão se tornando inadimplentes ou se sacrificando para manter este plano de saúde.
Não podemos entregar de "mão Beijada" o que conquistamos no passado.
Temos que negociar para encontrar um ponto de equilíbrio entre o presente e o futuro. Por isto, voto NÃO nesta primeira investida!
Temos que ter clareza e não nos deixar levar pela chantagem emocional. É que penso e que Deus nos ajude a escolher o nosso caminho. ABRAÇOS.

 145417 - adelia mauricio silva   -   Divinópolis22/06/2018 - 13:20  |  Comentar  | Ver Todos Comentários |

A discussão intensa atem-se à cereja do bolo e foge do motivo para o qual nos é oferecido/imposto. Senão, vejamos: Os aposentados banespianos já passam dos 70,beirando os 80. A Mª Lucia,nomeada pelo bco., chega e diz: Precisamos mudar o estatuto, a Cabesp ficará inviável daqui a 22 anos! Quem ela representa, o bco. ou os aposentados? O que eles querem? Lucro a qlq custo! Portanto, devemos aceitar a proposta subjetiva, sim! Desde que os reajustes sejam DILUÍDOS ao longo dos 22 anos que "temos" até 2040! Não foi isso o resultado dos estudos atuariais? Os ainda vivos verão. Até lá!

 145416 - marco antonio gonçalves dias   -   são paulo22/06/2018 - 13:12  |  Comentar  | Ver Todos Comentários |

ENQUANTO O SANTANDER VEM DE TREM BALA, ESTAMOS NA CARRUAGEM PARADA.

 145415 - mariano perez martins   -   sao jose do rio preto sp22/06/2018 - 12:08  |  Comentar  | Ver Todos Comentários |

BOM FIM DE SEMANA A TODOS----LI DIVERSOS COMENTARIOS COM OPINIOES DIFERENTES----O QUE FAZER PARA DETERMINARMOS UMA PROPOSTA DO SIM E DO NAO. ESTOU EXTREMAMENTE CONFUSO, POIS DIA 30 DE APROXIMA E A CARRUAGEM NAO SAI DO LUGAR----HA ALGUMA LUZ NO FIM DO TUNEL ??

 145414 - Zoia Rodrigues de Lima   -   Campo Grande MS22/06/2018 - 12:01  |  Comentar  | Ver Todos Comentários |

O problema é esta costura mau feita, deste artigo 17. A presidente, na reunião de Afabans, disse que os aumentos, entre 2,5% e 6%, serão decididos pela Diretoria Executiva da Cabesp. Os aumentos acima de 6% serão referendados em Assembleia. Só que este referendo, não aparece! Ela disse que o estatuto não foi mexido,na estrutura, só que foi! Tanto é que excluíram o vínculo com as Afabans! Ela se referiu a esta exclusão dizendo que está no estatuto... mas que JAMAIS, as Afabans serão esquecidas... que o vinculo continua, continuará sempre! Afinal, pra que servem os estatutos?

 145413 - Antonio Galvão Raiz Porto   -   Altinópolis/SP22/06/2018 - 21:57  |  Comentar  | Ver Todos Comentários |

Caro Reggiani:
Retomando o meu comentário abaixo, ao relê-lo verifiquei que no item 2 faltou esclarecer que, a meu ver, a redação do Art. 17 não deixa claro que a Diretoria não poderá promover aumentos depois de aplicação do coeficiente de 6%. E é justamente daí que vem o meu entendimento de que faltou a definição de que “qualquer alteração terá que ser submetida à aprovação da AGE”. E que, sem essa definição, abrimos mão da única (e pouca) força de que dispomos na Cabesp e damos plenos poderes à Diretoria e, evidentemente, ao banco.
É isso!
Galvão
***************************************************
Reggiani:
Conheço a sua atuação como nosso representante eleito, tanto no Banesprev como na Cabesp, e a manifestação que você acaba de fazer aqui no nosso grupo confirma o conceito em que sempre o tive.
Do seu oportuno comentário, de maneira bem objetiva, gostaria de enfocar dois tópicos atinentes ao polêmico Art. 17 que será proposto na AGE de 30 de junho:
1- As vistas do Conselho Fiscal
Ficou evidente que a sua proposta partiu de um Conselheiro zeloso de suas atribuições. No entanto, devo registrar que, na minha avaliação, as justificativas por você apresentadas a rigor nem seriam necessárias e acabam soando quase como uma ‘redundância’, uma vez que as determinações de ouvir e dar vistas citadas no seu primeiro item já constam do Estatuto da Cabesp. Cumpre à Diretoria segui-lo e cumprir os dispositivos por você citados. De qualquer forma – por ser relevante - mesmo sendo redundante, considero que a sua sugestão deveria ter sido acatada e levada adiante pelos seus pares.
2- A decisão de alterar a taxa dentro da fixa de 2,5% a 6%
Esta decisão a partir da aprovação do novo texto pela AGE do dia 30, como você colocou, será, UNICAMENTE, da Diretoria da Cabesp. Esta foi a ‘questão-chave’, aquela que motivou e desencadeou entre nós debates intensos com respeito às alterações estatutárias. Para mim, desde o início ficou claro que, se até agora a Diretoria (entenda-se o Santander) para alterar o custeio precisava do nosso referendo, com a aprovação do Art. 17 disso ela (ou ele) não mais irá(ão) precisar. As Associações negam e argumentam que as mudanças deverão ser aprovadas em nova AGE; foi, aliás, o que afirmou a Presidente Maria Lucia nos seus ‘esclarecimentos’ postados no site da Cabesp.
Só que, para valer e para que nisso possamos acreditar, tem que estar definido no próprio Estatuto da Cabesp e, se lá não está, NÃO VALE, NÃO DÁ PARA ACREDITAR!
Concorda, Reggiani?

 145412 - Claudanir Reggiani   -   Curitiba/PR22/06/2018 - 21:15  |  Comentar  | Ver Todos Comentários |

Uma proposta que deveria ser acolhida Propus à Diretoria da Cabesp e às lideranças das entidades, acrescentar ao artigo 17 que a deliberação da Diretoria, bem como, os estudos técnicos, atuariais e financeiros para reajuste da taxa de custeio na faixa de 2,5% a 6%, sejam apresentados para vistas do Conselho Fiscal.
Justificativas:
1) Dar vistas ou ouvir o Conselho Fiscal não significa a possibilidade de Veto à decisão da Diretoria;
2) Significa, sim, prestigiar tão importante órgão da administração cujas atribuições legais extrapolam aos ditames do Estatuto da própria entidade;
3) Significa valorizar o trabalho e as funções dos representantes eleitos dos associados e dos indicados pelo patrocinador;
4) “Dar Vistas” possibilita obter, entre outros, o apoio do Conselho às medidas adotadas soberanamente pela Diretoria, uma sugestão ou recomendação que possa enriquecer e melhorar a proposta;
5) Eventualmente, significa também um alerta indicando outros caminhos para o mesmo objetivo, com menores sacrifícios e vantagens não percebidas até então;
6) Não é recomendável subestimar a capacidade e os esforços dos seus membros e, tampouco, negligenciar nas possibilidades dos frutos que possam advir do trabalho conjunto;
Ademais, ‘dar vistas ou ouvir o Conselho’ já está presente no artigo 47 itens IV e XI quando diz do Orçamento Anual das receitas e despesas e nos casos omissos, portanto, pontualmente para estes casos.
Ainda, no artigo 55 itens III e IV, o Conselho será ouvido quando for chamado a manifestar-se sobre os negócios da entidade; a manifestar-se sobre quaisquer regulamentos, estudos atuariais ou outros assuntos que forem submetidos à sua apreciação pela Diretoria. Portanto, será ouvido sobre os citados temas a critério da Diretoria, somente se o assunto lhe for submetido.
A decisão de alterar a taxa dentro da fixa de 2,5% a 6% será unicamente da Diretoria da Cabesp, conforme consta na proposta que será levada à Assembleia. Mas, ouvir previamente o Conselho Fiscal pode significar a redução das resistências e críticas posteriores à publicação, tal como ocorre anualmente com os surpreendentes reajustes do Plano Cabesp Família.
A receptividade desta proposta contou com apenas duas manifestações: uma contra e uma a favor. É pouco para avaliar sua validade, mas está aí.
Abr.

| Ver Todos Comentários | Quero Comentar |





ÚLTIMAS     NOTÍCIAS
Deprecated: Function split() is deprecated in /srv/disk3/apdob/www/apdobanespa.com/ultimas.php on line 20

22/06 - PREÇOS PROMOCIONAIS NA COLÔNIA

APROVEITE A HOSPEDAGEM A PREÇOS PROMOCIONAIS NA COLÔNIA DE FÉRIAS DO GUARUJÁ E NO RECANTO CAMPESTRE VINHEDO
Prezado Associado
A AFABESP concederá para os associados e familiares que se hospedarem na COLÔNIA...

Afabesp Diretoria     -     São Paulo/SP                   | Comentar  |  Ver Comentários  |
Deprecated: Function split() is deprecated in /srv/disk3/apdob/www/apdobanespa.com/ultimas.php on line 20


22/06 - Uma proposta que deveria ser acolhida

 Propus à Diretoria da Cabesp e às lideranças das entidades, acrescentar ao artigo 17 que a deliberação da Diretoria, bem como, os estudos técnicos, atuariais e financeiros para reajuste da taxa de custeio na faixa...

Claudanir Reggiani     -     Curitiba/PR                   | Comentar  |  Ver Comentários  |
Deprecated: Function split() is deprecated in /srv/disk3/apdob/www/apdobanespa.com/ultimas.php on line 20


21/06 - CABESP – ALTERAÇÃO ESTATUTÁRIA – A.G.E 30 DE JUNHO

Caro(a) Associado(a)
No próximo dia 30/06/18, realizaremos uma Assembleia Geral Extraordinária, para deliberar
sobre a reforma estatutária da Cabesp. Acredito que muitos de nós, associados, estão se

Afabesp Diretoria     -     São Paulo/SP                   | Comentar  |  Ver Comentários  |
Deprecated: Function split() is deprecated in /srv/disk3/apdob/www/apdobanespa.com/ultimas.php on line 20


21/06 - VISITA CULTURAL A SANTOS

A AFABESP está oferecendo aos seus associados e familiares, a oportunidade de efetuar um passeio turístico à cidade de Santos-SP, localizada em uma ilha onde a cordialidade, a segurança e a diversidade de cenários se aliam...

Afabesp Diretoria     -     São Paulo/SP                   | Comentar  |  Ver Comentários  |
Deprecated: Function split() is deprecated in /srv/disk3/apdob/www/apdobanespa.com/ultimas.php on line 20


21/06 - Reajustes dos planos de saúde

Após questionar por 16 anos a metodologia da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a ação civil pública que movemos contra a abusividade nos reajustes dos planos de saúde individuais e familiares foi acatada pela...

José Milton de Andrade Marques     -     São Bernardo do Campo                   | Comentar  |  Ver Comentários  |
Deprecated: Function split() is deprecated in /srv/disk3/apdob/www/apdobanespa.com/ultimas.php on line 20


17/06 - REFORMA ESTATUTÁRIA DA CABESP

REFORMA ESTATUTÁRIA DA CABESP:
o que a Presidente (tentou) esclarecer;
e o que ainda falta ser explicado
Dias atrás a Presidente da CABESP publicou no seu site os seus esclarecimentos a respeito da...

Antonio Galvão Raiz Porto     -     Altinópolis/SP                   | Comentar  |  Ver Comentários  |
Deprecated: Function split() is deprecated in /srv/disk3/apdob/www/apdobanespa.com/ultimas.php on line 20


09/06 - Saiba onde encontrar remédio mais barato

07/06/2018 Gilberto Yoshinaga do Agora
Pesquisa realizada pela Fundação Procon-SP (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor) aponta que, em São Paulo, o preço de um mesmo medicamento pode variar mais de oito...

Álvaro Pozzetti de Oliveira     -     Bauru                   | Comentar  |  Ver Comentários  |

| Clique aqui e envie, você também, sua notícia     | Clique aqui para ver todas as Notícias


Alô, Alô... CADÊ VOCÊ? - Komékicetá?



Parabéns aos aniversariantes de hoje
DataNome CidadePerfil
23/06
  Carlos Alberto de Souza   São Paulo/SP
VER
23/06
  Geraldo Burin   Campinas/SP
VER
23/06
  Jesus Batista Venturoso   São Bernardo do Campo/SP
VER
23/06
  Joanna Kazuko Nogawwa Fonzar   Ribeirão Preto/SP
VER
23/06
  João Antonio Pinto Lourenço   Salvador/BA
VER
23/06
  João Batista Dourado   São José do Rio Preto/SP
VER
23/06
  João Lorival Bertipaglia   Dracena/SP
VER
23/06
  Lazara Isabel Piccolo   Jacareí/SP
VER
23/06
  Luiz Barros Braga   São Paulo/SP
VER
23/06
  Romualdo Capato   Urupês/SP
VER
23/06
  Rosa Taba Oyafuso   São Paulo/SP
VER

  | Aniversariantes do mês   | Relação de participantes   | Quero me cadastrar |



BEM-VINDOS NOVOS CADASTRADOS NO SITE

DataNome CidadePerfil
20/06   Juliane Lombardi Sigolo Santos/SP
VER
13/06   Olesio R de Castilho Araçatuba/SP
VER
13/06   Solange Conceição Santana Turri Guarulhos/SP
VER
12/06   Edimilson Mincarelli Taboão da Serra/SP
VER
12/06   Orivaldo Balthazar De Godoy Ribeirão Preto/SP
VER
11/06   Regina Maria Sica Cardoso São Paulo/SP
VER
08/06   Marlene Aparecida Rosa Bueno Bom Jesus dos Perdões/SP
VER

  | Aniversariantes do mês   | Relação de participantes   | Quero me cadastrar |



ÚLTIMAS SUGESTÕES E DICAS
Data Título Tipo Dica
25/01  Cultura Inútil - AntártidaCURIOSOD
VER
09/02  Cultura Inútil - DoençasCURIOSOD
VER
05/02  Cultura Inútil - Fanatismo por futebolCURIOSOD
VER
14/10  Políticos - 03PIADAS
VER
02/05  Cabral PIADAS
VER
11/08  Modéstia gaúchaPIADAS
VER
23/08  Estrogonofe de frango com creme de cebolaSalgados
VER




Bem de Saúde? Tem alguma Dica? E a Cabesp?


Alô, Alô... CADÊ VOCÊ? - 722 Colegas querem saber Oncocetá e Komékicetá!
Nº 784 Noticias do colega Clovis, que trabalhou no Defin Tesouraria e posteriormente foi tranferido para o Nucleo de tesouraria de Catanduva, onde não tive mais noticias.

Luiz Carlos Massi   -   - 19/06/2018
Luiz Carlos Massi
São Paulo SP

|   PROCURAR COLEGAS   |   RESPONDER  |  KOMÉKICETÁ ? - VER TODOS |

Nº 783 PS:- Ao Izidoro Venezuela whatzap 18 997884567   -   - 01/06/2018 joão bosco santos decanini
martinopolis-sp

|   PROCURAR COLEGAS   |   RESPONDER  |  KOMÉKICETÁ ? - VER TODOS |

Nº 782 Caro amigo Isidoro, a alguns anos que não acesso esse email, qual minha surpresa a ver neste setor, rolando o mouse sem qualquer objetivo definido, vc.tentando me localizar e lembrando de reminiscências do nosso passado. Pereira Barreto realmente ficaram alguns amigos, que por ocasião do tempo nos prega peças, com o ressurgimento quase que inesperado, de pessoas queridas de um passado não tão recente. Espero que Deus tenha protegido e a toda sua família.   -   - 01/06/2018 joao bosco santos decanini
martinopolis-sp

|   PROCURAR COLEGAS   |   RESPONDER  |  KOMÉKICETÁ ? - VER TODOS |

Nº 781 Olá zanquetta ,Carlão, zelao,por onde estão
Trabalhamos em Suzano. Maurício ,Chico cicie tbm   -   - 07/05/2018
António Augusto Veronezi Abrahao
Guaxupé mg

|   PROCURAR COLEGAS   |   RESPONDER  |  KOMÉKICETÁ ? - VER TODOS |

Nº 780 Olá Gláucia, boa noite!
Amanhã, 17 de abril, vou estar em Rio Preto e gostaria de rever meu chefe e grande amigo Narciso.
Pode me passar o endereço para que eu possa visitá-lo e bater um papo com ele?
Pode informar pelo meu e-mail.
Abraços.
Álvaro   -   - 17/04/2018
Alvaro Pozzetti
Bauru/SP

|   PROCURAR COLEGAS   |   RESPONDER  |  KOMÉKICETÁ ? - VER TODOS |





FRAGMENTOS DE MEMÓRIA E MINHA HISTÓRIA
Sugestão de Mário Andrade - Bauru/SP e Cadinho - Santos/SP
Deprecated: Function split() is deprecated in /srv/disk3/apdob/www/apdobanespa.com/framct.php on line 23
17/12/2014   Minha História - Peripécias para vencer
Acho que a maioria de nossos colegas dessa época de admissão no Banco tem uma história para contar. Tbém.... . . . Ver mais

João Ramos - Assis/SP
| Clique aqui e envie, você também, sua história   |   Clique aqui para ver todos relatos |
Deprecated: Function split() is deprecated in /srv/disk3/apdob/www/apdobanespa.com/framct.php on line 23

14/07/2014   UMA JÓIA, NÃO UMA BIJUTERIA
Bauru/anos 60 - Graças a Juscelino que iniciou a indústria automobilística nacional e ao Collor que taxou... . . . Ver mais

Mário Augusto Ferreira de Andrade - Bauru
| Clique aqui e envie, você também, sua história   |   Clique aqui para ver todos relatos |

| Clique aqui e envie, você também, sua história   |   Clique aqui para ver todos relatos |



Bem-vindo!

              Se você gostou e achou legal,
              não precisa ficar avexado.
              Clique abaixo e envie seu verso rimado,
              que no APdoB será postado.

Envie seu(s) verso(s) clicando abaixo.

|   Clique para ver todos Versos   |

"TÔ FERRADO"

Nossa história se repete,
desde o século passado,
sindicato e patrão,
entidade e aposentado.

Tô ferrado, tô ferrado,
tô ferrado, tô ferrado.

Cada um busca sua meta,
cada qual tem o seu lado,
nesta briga de irmão
o outro é que está errado.

Tô ferrado, tô ferrado,
tô ferrado, tô ferrado.

No início deste século,
prá assembléia fui chamado,
com meu voto ignorado,
negociou tá negociado.

Tô ferrado, tô ferrado,
tô ferrado, tô ferrado.

Na entrada de um ano novo,
para o fundo fui levado,
sem ter sido consultado,
e nada ter assinado.

Tô ferrado, tô ferrado,
tô ferrado, tô ferrado.

      |         Na justiça tem processo engavetado,
      |         transitado e julgado,
      |         apelante e apelado, inocente e condenado,
      |         mas sem nada creditado.

      |         Tô ferrado, tô ferrado,
      |         tô ferrado, tô ferrado.

      |         Mais um ano se completa,
      |         o velho sendo enrolado,
      |         o remédio indicado,
      |         é cada um em seu quadrado.

      |         Tô ferrado, tô ferrado,
      |         tô ferrado, tô ferrado.

      |         O banco "tá" fazendo a festa,
      |         e da gente tem zombado,
      |         tem discurso no Senado,
      |         em reunião sem resultado .

      |         Tô ferrado, tô ferrado,
      |         tô ferrado, tô ferrado.

      |         Se você gostou e achou legal,
      |         não precisa ficar avexado.
      |         Coloque aqui seu verso rimado,
      |         que no APdoB será postado.

      |         Mesmo ferrado, muito obrigado.
      |         Emputecido, agradece o Aposentado!


|   Enviar Verso   |Clique para ver todos Versos   |


Comentários para você ver

Atualmente somos 3669 cadastrados no site. - Clique abaixo para se cadastrar!

Cadastre-se no APdoBanespa, o Site dos Banespianos! clique aqui e cadastre-se!

Tô ferrado, Tô ferrado Veja as rimas e/ou clique aqui e envie as suas quadrinhas!


Para participar clique aqui e Cadastre-se

Adicione Apdobanespa aos favoritos

Faça do APdoBanespa a sua página inicial: ---> Clique aqui!

 | Principal  | Notícias Anteriores  | Objetivo  | Participantes  | Ler Dort  |
 | Classificados  | Dicas  | Mensagens Músicas Receitas  | Afabans  | Fotos  |
 | E-mail@APdoBanespa  | Cadastro  |


Cultura inútil:- Porcos
Porcos podem se bronzear

Álvaro Pozzetti de Oliveira   -   Bauru  | Comentar | Ver Comentários  | VER MAIS | ENVIE A SUA POR E-MAIL |