Cadastre-se no APdoBanespa - É GRÁTIS - Clique aqui

Santander nega ajuda de custo
Visite www.apdobanespa.com

Santander nega ajuda de custo e estrutura para home office
Único dos grandes bancos que não se interessou em negociar acordo de teletrabalho com o Sindicato, Santander informou que está em curso projeto piloto de jornada mista; em reunião com a Comissão de Organização dos Empregados (COE), banco também não esclareceu a terceirização através da STI -
Redação Spbancarios Publicado em 10/11/2020

Em reunião realizada nesta terça-feira 10, entre a Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander e representantes do banco, o Santander, único dos grandes bancos que não se interessou em negociar acordo de teletrabalho com o Sindicato, informou que não tem qualquer intenção em fornecer ajuda de custo e nem mesmo mobiliário adequado aos trabalhadores em home office. Na mesma reunião, o banco também não esclareceu as cobranças dos representantes dos bancários sobre a STI.

Teletrabalho
Na reunião, o Santander informou que está em curso um projeto piloto, com 500 bancários, de jornada mista: quatro dias em home office e um dia com comparecimento na empresa. De acordo com o banco, é disponibilizado treinamento obrigatório para estes trabalhadores e também para os gestores, e o suporte dos sistemas está sendo aprimorado. Entretanto, foi informado de forma clara que o banco não pretende oferecer qualquer ajuda de custo aos trabalhadores, e nem mesmo mobiliário adequado.

“O Santander, mais uma vez, mostra sua postura arbitrária, unilateral e de desprezo pela negociação coletiva. Na reunião ficou clara a razão pela qual é o único dos grandes bancos que não demonstrou qualquer interesse em negociar um acordo de teletrabalho com o movimento sindical bancário. Quer jogar todo o custo do teletrabalho para o bancário, sem oferecer ajuda de custo e nem mobiliário adequado. Aumento da conta de luz, internet, cadeira e mesa adequadas para não adoecer, o Santander quer que isso tudo fique por conta do bancário”, relata a dirigente do Sindicato e bancária do Santander Ana Marta Lima.

“Cobramos que o banco recue desta posição intransigente e aceite negociar um acordo de teletrabalho que contemple as necessidades dos bancários. O Bradesco, por exemplo, fechou um acordo que prevê, entre outros pontos, uma ajuda de custo de R$ 1.080 e controle de jornada. É inadmissível que o Santander, que tira do Brasil a maior fatia de seu lucro mundial, tente impor prejuízos, financeiros e de qualidade de vida, aos seus trabalhadores”, acrescenta.

STI = Terceirização
Sobre a STI (Santander Tecnologia e Inovação) - a exemplo do que ocorre com a operação terceirizada do call center através da ToqueFale - o Santander não deu mais esclarecimentos às cobranças feitas pela COE.

“A nossa avaliação é de que o banco está criando empresas e fatiando os seus serviços nestas empresas, que contratam trabalhadores com direitos, remuneração e condições de trabalho muito inferiores aos dos bancários. É uma terceirização com objetivo de cortar custos eliminando o emprego bancário”, enfatiza Ana Marta.

“Este método de terceirização aplicado pelo Santander está alinhado com a política de precarização das relações de trabalho defendida pelo governo federal. É urgente a mobilização dos bancários do Santander em defesa dos seus direitos e empregos, mas também pela mudança efetiva da conjuntura política nacional. Essas lutas estão atreladas. O Sindicato intensificará suas atividades de denúncia, protestos e outras formas de pressão. Os trabalhadores responsáveis pelo maior lucro do Santander em todo mundo merecem e exigem respeito”, conclui a dirigente do Sindicato.   - Visite www.apdobanespa.com

APdoBanespa - 14/11/2020

|   Ver Comentários   |   Comentar   |

Nº 127957   -    enviada por     Orly Guerra   -   Vila Velha/ES/


|   Voltar |

Veja Mais Notícias

03/12

  GRATIFICAÇÕES SEMESTRAIS – ENTRAMOS NA RETA FINAL – 2

28/11

  Primeiro golpe do Pix em Alegrete

28/11

  GRATIFICAÇÕES NA RETA FINAL

26/11

  Afubesp orienta SIM

25/11

  Golpes usando Pix

23/11

  ALERTA AOS PARTICIPANTES DO BANESPREV

23/11

  Seis coisas que você não deve fazer ao usar o Pix

21/11

  Vinte anos de resistência contra a queima de direitos

19/11

  Santander pode muito, mas não pode tudo!

14/11

  PLANO V DO BANESPREV

| Ver todas as Notícias   |
Clique aqui e envie, você também, sua notícia     |


Recomende este site a colegas banespianos da ativa, aposentados e pensionistas

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
Em caso de vários E-mails, separá-los por vírgulas.
E-mail(s) do(s) seu(s) amigo(s):

.
APdo Banespa - Bancários aposentados - direitos - justiça
Para qualquer contato utilize este e-mail: ----> pozzetti@gmail.com

Atualmente temos 3950 cadastrados no site
Verifique se você está cadastrado(a) no APdoBanespa

Insira seu
Não está?
Então, preencha o formulário abaixo
para cadastrar-se e participar de um seleto grupo de
Banespianos Aposentados, Pensionistas e da Ativa.



Cadastro de Participantes do APdoBanespa


Ex: 00 0000 0000

Ex: São Paulo/SP
<== AAAA-MM-DD
Ex: Maceió/AL
Ex: 1966/1996



               


  | Relação de participantes   | Voltar  |


Comentários para você ver

Atualmente somos 3950 cadastrados no site. - Clique abaixo para se cadastrar!

Cadastre-se no APdoBanespa, o Site dos Banespianos! clique aqui e cadastre-se!

Tô ferrado, Tô ferrado Veja as rimas e/ou clique aqui e envie as suas quadrinhas!


Para participar clique aqui e Cadastre-se

Adicione Apdobanespa aos favoritos

Faça do APdoBanespa a sua página inicial: ---> Clique aqui!

 | Principal  | Notícias Anteriores  | Objetivo  | Participantes  | Ler Dort  |
 | Classificados  | Dicas  | Mensagens Músicas Receitas  | Afabans  | Fotos  |
 | E-mail@APdoBanespa  | Cadastro  |