Cadastre-se no APdoBanespa - É GRÁTIS - Clique aqui

O trauma dos banespianos - Há 18 anos
Visite www.apdobanespa.com

No mês de novembro, no dia 20, dezoito anos atrás, o Banespa era arrematado pelo Santander.
Em 2008, fiz um texto que transcrevo a seguir para a leitura de quem se interessar possa:
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
O trauma dos banespianos
O processo de privatização do nosso querido Banespa foi uma experiência traumática para cada um de nós. Se perguntado, cada banespiano terá a sua “estória” para contar, que trará à tona lembranças recheadas de muita tristeza e quase sempre de muita revolta. Isto porque ela marcou profundamente cada um de nós, banespianos, uma vez que parecia mais um pesadelo que de repente estávamos vivendo.
Sei que não faz bem a gente ficar remoendo o passado, principalmente naquilo que ele tem de desagradável e triste. Acontece que este é um assunto recorrente em nossas vidas e, no meu entender, mal resolvido. E o pior é que – ao que parece – jamais será completamente resolvido e esclarecido nem devidamente assimilado e entendido por nós.
O que atrapalha muito, quando se fala em privatização, é o enfoque que lhe é dado, ou seja, é o modo como esse assunto é abordado. Na minha opinião, o que merece contestação – quando o tema é privatização – não são as privatizações em si, mas a maneira como elas ocorreram. Isto vale para todas, seja no setor de energia, telefonia, estradas seja no setor bancário (nosso caso). E, sem querer ser redundante, o nosso exemplo é um ótimo exemplo daquilo de que estou falando.
A grande pergunta que nunca vai calar é:
Da maneira como foi feita, que benefício trouxe para o Estado de São Paulo a venda do Banespa?
Por outro lado, a grande dúvida que vamos levar para a outra dimensão é:
A privatização do Banespa iria fatalmente ocorrer, mais cedo ou mais tarde, dessa ou de outra maneira?
Nós todos nos lembramos muito bem de como era o clima que vivíamos já na década de 80. Rumores surgiam sempre sobre a situação do banco. Mas, para nós, o Banespa era muito grande, muito poderoso e superaria sempre tudo. Ninguém, em sã consciência, jamais poderia sequer admitir que um dia o Banespa deixasse de existir.
Sabíamos que o banco sempre fora usado politicamente, isto é, que todos os governos – talvez sem nenhuma exceção – o haviam utilizado para fins outros que não fossem a sua verdadeira razão de ser. Assim foi com os governadores Paulo, Orestes, Luiz Antonio.
“Governador, não temos caixa para a folha de pagamento do Estado”.
“Não tem problema, roda normalmente que o Banespa banca”.
“Mas, governador, o Banespa está quebrado!”
“Não tem problema, depois a gente vê isso...”

Não era mais ou menos isso que acontecia?

E a triste história da privatização do Banespa aconteceu pelas mãos do próximo da lista: Mario. Justamente aquele que surgia como a nossa grande esperança, eleito com a nossa ajuda, depois daquela memorável cartinha enviada aos banespianos, em que prometeu solenemente trazer de volta a dignidade ao nosso querido Banespa.
A verdade é que somente alguns poucos sabem com profundidade tudo o que realmente aconteceu: são aqueles que arquitetaram e engendraram tudo. Talvez aqueles colegas que na ocasião ocupavam altos postos no banco tenham acompanhado toda a trama. Estes, com certeza, carregam hoje a maior dose de tristeza, maior do que a nossa, do que a minha própria, que era apenas funcionário de agência aonde as notícias chegavam já filtradas.

Altinópolis, 11 de fevereiro de 2008.
Antonio Galvão Raiz Porto   - Visite www.apdobanespa.com

APdoBanespa - 23/11/2018

|   Ver Comentários   |   Comentar   |

Nº 127213   -    enviada por     Antonio Galvão Raiz Porto   -   Altinópolis/SP/


|   Voltar |

Veja Mais Notícias

11/12

  GRATIFICAÇÕES SEMESTRAIS

08/12

  PRECATÓRIOS de OUTUBRO - 2018 K a Z

08/12

  PRECATÓRIOS de OUTUBRO - 2018 A a J

03/12

  Comunicado aos associados do Plano II

01/12

  Benefício cairá 0,77% com novo desconto

30/11

  Plano II: diferença de IR

30/11

  Um panorama sobre o Santander

30/11

  Desconto na aposentadoria fica maior a partir de sábado

29/11

  Justiça paga R$ 1 bilhão para segurados do INSS

28/11

  PROCESSO 0009597-45.2016.4.03.6100

| Ver todas as Notícias   |
Clique aqui e envie, você também, sua notícia     |


Recomende este site a colegas banespianos da ativa, aposentados e pensionistas

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
Em caso de vários E-mails, separá-los por vírgulas.
E-mail(s) do(s) seu(s) amigo(s):

.
APdo Banespa - Bancários aposentados - direitos - justiça
Para qualquer contato utilize este e-mail: ----> pozzetti@gmail.com

Atualmente temos 3717 cadastrados no site
Verifique se você está cadastrado(a) no APdoBanespa

Insira seu
Não está?
Então, preencha o formulário abaixo
para cadastrar-se e participar de um seleto grupo de
Banespianos Aposentados, Pensionistas e da Ativa.



Cadastro de Participantes do APdoBanespa


Ex: 00 0000 0000

Ex: São Paulo/SP
<== AAAA-MM-DD
Ex: Maceió/AL
Ex: 1966/1996



               


  | Relação de participantes   | Voltar  |


Comentários para você ver

Atualmente somos 3717 cadastrados no site. - Clique abaixo para se cadastrar!

Cadastre-se no APdoBanespa, o Site dos Banespianos! clique aqui e cadastre-se!

Tô ferrado, Tô ferrado Veja as rimas e/ou clique aqui e envie as suas quadrinhas!


Para participar clique aqui e Cadastre-se

Adicione Apdobanespa aos favoritos

Faça do APdoBanespa a sua página inicial: ---> Clique aqui!

 | Principal  | Notícias Anteriores  | Objetivo  | Participantes  | Ler Dort  |
 | Classificados  | Dicas  | Mensagens Músicas Receitas  | Afabans  | Fotos  |
 | E-mail@APdoBanespa  | Cadastro  |