Cadastre-se no APdoBanespa - É GRÁTIS - Clique aqui

NOSSA HISTÓRIA - Fatos marcantes
Visite www.apdobanespa.com

Colegas do grupo,
Coloquei esta matéria no Facebook, que já havia colocado aqui há mais de 10 anos:
Colegas banespianos. Os fatos que mostro a seguir não são uma afirmativa ou constatação minha, estão na internet, fazem parte de nossa historia. Estou resgatando estas notícias para ilustrar esta minha postagem. Além dos fatos aqui narrados existem as falcatruas dos governos Quércia, Fleury, FHC e Covas, origem de tudo que ocorreu com nosso saudoso Banespa, que eu e outros colegas sempre comentam por aqui. Depois da privatização, como todos sabem, continuamos sendo usados como moeda de troca em negociações de bastidores, onde inclusive nossos direitos foram colocados no balcão de negócios. Para entendermos o que nos acontece no presente temos de rebobinar o tempo e voltarmos ao início dos anos 2.000, quando ocorreu a privatização, o congelamento de nossos salários, a mudança nos planos do Banesprev e outros fatos que até hoje atormentam nossa vida. O texto é longo, já postei estas mensagens em um grupo que possuo no Yahoo, antes mesmo da existência do Facebook. Prestem atenção que a empresa na parte que fala que a Globalprev, criada pelo Gushiken, funcionava no seu condomínio , em Indaiatuba, mas já não era dele. Parece que eu já ouvi historia semelhante. Na época das mudanças no Banesprev o Presidente e posteriormente Diretor Financeiro, foi o Sr. Wagner Pinheiro, que depois foi presidente da Petros e recentemente foi demitido do Fundo de Pensão Postalis. Os fatos são antigos mas os danos estão presentes ainda nos dias de hoje em nossos holerites, e não podem ser dissociados de nosso drama presente :




FATO 1
A atuação da empresa do falecido Gushiken em desfavor dos participantes dos fundos de pensão, uma vez que ele atuava como consultor da parte patronal, razão pela qual ele fazia o que era de melhor para o patrão :
INFORMAÇÕES CONSTANTES NO GOOGLE
http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI580725-EI1194,00-Globalprev+cresceu+ano+do+governo+Lula.html
Globalprev cresceu 600% 1º ano do governo Lula
06 de julho de 2005 • 07h10

Quando deixou de se chamar Gushiken & Associados e passou a se chamar Globalprev Consultores Associados, a ex-empresa do ministro Luiz Gushiken descobriu a chave do sucesso. Depois de alcançar, em 2002, um faturamento de apenas R$ 151 mil, a empresa perdeu seu principal executivo, mudou de nome e, mesmo assim deu um salto espetacular em 2003, primeiro ano do governo Lula, obtendo um faturamento sete vezes maior - R$ 1,05 milhão. Em 2004, outro salto: faturamento de R$ 1,97 milhão, com um aumento de 88% em relação a 2003 e de 1.200% a 2002, informou o jornal O Estado de S.Paulo.
O crescimento da Globalprev não foi compatível com a evolução natural do setor, asseguram especialistas da área. Em 2003, nenhuma empresa do setor de previdência complementar e gestão de passivo teve crescimento real expressivo. Pelo contrário: dirigentes do setor classificam 2003 como "um ano difícil", porque os fundos de pensão de empresas estatais "pararam de comprar das consultorias multinacionais".
Ao mesmo tempo, esses especialistas, embora ressalvando não conhecerem os contratos da Globalprev, asseguram que todas as referências ouvidas sobre a antiga consultoria de Gushiken dão conta de que a imensa maioria dos seus clientes dela vêm do setor de empresas estatais e sindicatos, principalmente a partir de 2003.
As multinacionais Mercer Human Resource Consulting, a Towers Perrin e a Watson Wyatt, as maiores consultorias da área no Brasil, tiveram um crescimento real entre 5 e 15% de 2002 para 2003. Especialistas do setor explicam que a marca de 2003 foi o atraso da atualização da legislação do setor, em especial, as regulamentações das Leis Complementares 108 e 109 (esta última, a que liberou os fundos de pensão instituídos por sindicatos e associações profissionais). Esta regulamentação só foi concluída em 2004.
Em 1999, ano em que foi criada como Gushiken e Associados, a empresa faturou R$ 48,5 mil. Segundo o Estado de S.Paulo, em 2000, quando um novo sócio, José Valdir Gomes, entrou para a sociedade, o faturamento declarado foi de R$ 442 mil. Em 2001 a empresa declarou à prefeitura de Indaiatuba que não teve movimentação financeira.
Em 2002 o faturamento foi de R$ 151 mil. Em dezembro, uma alteração do contrato social promoveu várias mudanças na empresa. O nome foi trocado de Gushiken & Associados para Globalprev Consultores Associados; Gushiken e a mulher entregaram a totalidade de suas quotas para Wanderley José de Freitas e Rafael Tadeu Ferrari; mas a sede da empresa continuou a mesma, na casa à rua Canadá, 203, Indaiatuba.
No papel, a casa pertence à cunhada de Gushiken, Cristiane Leonel Ferreira, mas de fato é da mulher dele, Elizabeth Leonel Ferreira. As duas irmãs trocaram informalmente as duas casas que têm em Indaiatuba, produtos de herança do pai. Elizabeth ficou com a casa da rua Canadá e Cristiane ficou com a outra, que está em nome de Elizabeth, à Rua Oswaldo Cruz, 651, que consta do contrato social da empresa como residência do sócio Rafael Tadeu Ferreira. Mas Rafael não mora lá.
http://apdobanespa.com/n7.htm - 15/07/2004 22:01




FATO 2
A colocação da empresa do Gushiken para elaborar trabalhos relativos a Consultoria do BANESPREV, mudando os planos de então, e a tentativa inclusive de coloca-lo em um Grupo de Trabalho visando estender os serviços de consultoria na Cabesp para incluir como beneficiários os colegas do Santander e Meridional (com nossa grana, lógico).
Vejam a notícia a respeito deste assunto, prestem atenção nos nomes constantes da COMISSÃO DE EMPRESA, nossos representantes, encabeçada pelo hoje preso Vaccari e mais investigados pela PF.

Comissão de Empresa define calendário de negociações com Santander Banespa

Em reunião ocorrida nesta quinta-feira, dia 15, em São Paulo, a Comissão de Empresa dos Funcionários do Santander Banespa e o vice- presidente do banco, José Paiva, definiram um calendário de negociações para discutir as reivindicações específicas dos trabalhadores da ativa e aposentados do grupo. Foram agendadas quatro rodadas: dias 22 e 29 de julho e 5 e 12 de agosto, sempre às quintas-feiras, das 17 às 19 horas. Também ficou acertada para a próxima terça-feira, dia 20, às 10h, uma reunião para debater as propostas dos aposentados pré-75 do Banespa, com a participação de representantes do segmento. Cada uma das reuniões abordará assuntos diferentes, conforme abaixo: Dia 22 de julho – contrato unificado (unificação das condições mais vantajosas no Santander Brasil, Meridional e Banespa, com índice de reajuste e PLR iguais aos da convenção a ser firmada com a Fenaban); Dia 29 de julho – emprego, fusão e fechamento de agências/departamentos; Dia 5 de agosto – isonomia (taxas e tarifas, data de pagamento do salário e Plano de Cargos e Salários igual para todos os funcionários do grupo); Dia 12 de agosto – terceirização e estagiários. Grupo de trabalho do Banesprev será instalado até dia 12 A Comissão de Empresa aproveitou a reunião para protocolar documento com a indicação dos cinco representantes dos funcionários ao Grupo de Trabalho (GT) do Banesprev, que estudará alternativas para o fundo de pensão. Os nomes apresentados foram: Ana Érnica, Sônia Sartori, Eric Nilson, Maria Bartira e José Cristiano. Também foi indicada a consultoria Globalprev para dar suporte ao GT. O banco ficou de analisar a contratação da empresa e garantiu que a instalação do órgão ocorrerá até o dia 12 de agosto. Outro ponto reivindicado foi a retomada do GT da Cabesp, com a inclusão de representantes dos funcionários do Santander Brasil e Meridional, visando a unificação da assistência médica. Decidiu-se que os nomes serão indicados na próxima reunião e o banco deverá analisar a inclusão de colegas dos outros bancos. Ao final, a Comissão de Empresa voltou cobrou a extensão da garantia de emprego (vigente no Banespa) para todo o grupo durante o processo de negociações. Paiva alegou que o compromisso de não demitir banespianos admitidos antes da privatização (20.11.2000), assumido na reunião anterior, está ligado ao acordo coletivo vigente no Banespa e rejeitou sua ampliação para os trabalhadores do Santander Brasil e Meridional. A Comissão de Empresa reafirmou que continuará lutando para que a reivindicação seja atendida. Veja abaixo a íntegra da ata da reunião: PELO BANCO: José Paiva, Gilberto Trazzi e Renato Franco PELA COMISSÃO DE EMPRESA: Vaccari, Ana Érnica, Sebastião Cardozo, Cristiano, Zé Reinaldo, Paulo Stekel, João Carlos, Sérgio Godinho, Cleide, Paulo Garcez, Bino Kohler, Ademir, Magda, Josué, Edson, Ivani, Campestrin, Rogério e Deborah A reunião teve início com a proposta de debate dos seguintes temas: 1. BANESPREV: os representantes da comissão indicaram os nomes para composição do grupo de trabalho que estudará alternativas para o Banesprev. Foram indicados: Ana Érnica, Sônia Sartori, Eric Nilson (Fetec), Maria Bartira (Feeb) e José Cristiano (Feeb). Em seguida indicaram a empresa Globalprev para dar suporte aos trabalhos. Pelo Banco ficou definido que a instalação do grupo dar-se-á até o dia 12/08/2004, ficando o banco de analisar a contratação da empresa indicada. 2. APOSENTADOS: A comissão solicitou o agendamento de reuniões específicas para discussão dos aposentados pré-75, bem como o acompanhamento das reuniões com a participação de representação dos aposentados. Ficou agendado o dia 20/07/2004 às 10 horas para reunião sobre o tema. 3. CABESP: A representação dos empregados esclareceu ser importante a continuidade dos trabalhos, com ampliação do GT aos empregados do Santander Meridional e Santander Brasil, bem como a unificação da assistência médica. O banco informou não ter data definida para reinício dos trabalhos do grupo. Ficou acertado que na próxima reunião a comissão de empresa apresentará os nomes que constituirão o grupo e o banco se manifestará sobre a possibilidade de inclusão no GT de representantes dos outros bancos. 4. CAMPANHA SALARIAL: a comissão de empresa solicitou que seja definido calendário para discussão dos seguintes temas: a. UNIFICAÇÃO DOS CONTRATOS – manutenção e/ou unificação das cláusulas mais vantajosas; b. ÍNDICE E PLR – igual ao da Fenaban. Com relação à PLR solicitaram que haja isonomia para todos os funcionários do Grupo Santander Banespa; c. EMPREGO, FUSÃO E FECHAMENTO DE AGÊNCIAS/DEPARTAMENTOS – solicitou-se que haja reunião específica para aprofundamento do tema; d. ISONOMIA – A representação esclareceu a necessidade de isonomia entre os empregados do grupo, no que concerne às taxas e tarifas, data de pagamento dos salários e PCS igual para todos; e. TERCEIRIZAÇÃO/ESTAGIÁRIOS – discussão dos temas. 5. Ficou acertado o seguinte calendário para discussão dos temas específicos da campanha salarial: 22/07/2004 – Contrato Unificado; 29/07/2004 – Emprego, fusão e fechamento de agências/departamentos; 05/08/2004 – Isonomia; 12/08/2004 – Terceirização/estagiários.
Fonte: Afubesp   - Visite www.apdobanespa.com

APdoBanespa - 01/04/2016

|   Ver Comentários   |   Comentar   |

Nº 122959   -    enviada por     João Bosco Galvão de Castro   -   Guaratinguetá/SP/


|   Voltar |

Veja Mais Notícias

05/02

  CABESP... mais uma vez!

05/02

  Relatos sobre golpes

05/02

  Cuidados na hora de trocar a operadora do celular

04/02

  PRECATÓRIOS - DEZ-2017 - A a E

04/02

  PRECATÓRIOS - DEZ-2017 - F a M

04/02

  PRECATÓRIOS - DEZ-2017 - N a Z

04/02

  Fernando Henrique Cardoso

04/02

  juízes ganham auxílio-moradia

04/02

  Lucro do Santander no Brasil impulsiona resultados

04/02

  INSS: prova de vida II

| Ver todas as Notícias   |
Clique aqui e envie, você também, sua notícia     |


Recomende este site a colegas banespianos da ativa, aposentados e pensionistas

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
Em caso de vários E-mails, separá-los por vírgulas.
E-mail(s) do(s) seu(s) amigo(s):

.
APdo Banespa - Bancários aposentados - direitos - justiça
Para qualquer contato utilize este e-mail: ----> pozzetti@gmail.com

Atualmente temos 3643 cadastrados no site
Verifique se você está cadastrado(a) no APdoBanespa

Insira seu
Não está?
Então, preencha o formulário abaixo
para cadastrar-se e participar de um seleto grupo de
Banespianos Aposentados, Pensionistas e da Ativa.



Cadastro de Participantes do APdoBanespa


Ex: 00 0000 0000

Ex: São Paulo/SP
<== AAAA-MM-DD
Ex: Maceió/AL
Ex: 1966/1996



               


  | Relação de participantes   | Voltar  |


Comentários para você ver

Atualmente somos 3643 cadastrados no site. - Clique abaixo para se cadastrar!

Cadastre-se no APdoBanespa, o Site dos Banespianos! clique aqui e cadastre-se!

Tô ferrado, Tô ferrado Veja as rimas e/ou clique aqui e envie as suas quadrinhas!


Para participar clique aqui e Cadastre-se

Adicione Apdobanespa aos favoritos

Faça do APdoBanespa a sua página inicial: ---> Clique aqui!

 | Principal  | Notícias Anteriores  | Objetivo  | Participantes  | Ler Dort  |
 | Classificados  | Dicas  | Mensagens Músicas Receitas  | Afabans  | Fotos  |
 | E-mail@APdoBanespa  | Cadastro  |