Cadastre-se no APdoBanespa - É GRÁTIS - Clique aqui

Governo discute correção maior do FGTS
Visite www.apdobanespa.com

Por Luciana Lima e Vitor Sorano | 18/08/2015
Ideia é tomar por base projeto que prevê a distribuição de parte do lucro do fundo; tema vai a votação nesta semana
Câmara dos Deputados
"Queria sentar à mesa com a segurança de que governo não veta", diz Marun (PMDB-MS)
O governo Dilma Rousseff (PT) discute uma proposta para elevar a correção dos saldos do FGTS que passa pela divisão, com os cotistas, do lucro obtido pelo fundo a cada ano. A ideia é contrapor o projeto de lei apresentado pela oposição, e bancado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para igualar o índice de atualização dos fundos à da poupança, e que deve ir a votação na Casa nesta terça-feira (18).

Inicialmente, a intenção do governo era derrotar a proposta para que nenhum reajuste fosse concedido. Agora, a intenção é chegar a um percentual que unifique a base mas que não prejudique o programa habitacional do governo, o Minha Casa, Minha Vida, segundo o líder do governo na Casa, José Guimarães (PT-CE).

“O governo está dialogando e vamos aprofundar isto amanhã [terça-feira]”, disse o líder após participar da reunião da coordenação política com a presidente Dilma Rousseff (PT) nesta segunda-feira (17). "Estamos fazendo uma força-tarefa para buscar a melhor solução. Há boa vontade do relator. Acredito que apresentaremos, via relator, uma proposta que unifica a Câmara e não prejudica o Minha Casa, Minha Vida.”

"Não sei se é o momento", diz Levy sobre aumento da correção do FGTS;

Caixa lança linha de crédito com recurso do FGTS para construtoras
A ideia é trabalhar a partir do projeto de lei do deputado Carlos Marun (PMDB-MS), que propõe a divisão de até 50% dos lucro obtido pelo FGTS a cada ano com os cotistas. A proposta conta com apoio de representantes dos trabalhadores e dos empregadores, que junto com o governo compõem o Conselho Curador do FGTS, responsável por dirigir a política do fundo.

Segundo uma fonte do governo, que pediu anonimato por não estar autorizada a falar sobre o assunto, a ideia de aumentar a correção do FGTS por meio da distribuição de lucros, em princípio, não implicaria aumento juros cobrados nos financiamentos imobiliários concedidos com recursos do fundo, diferentemente do que acontece com a proposta encampada por Cunha.

Essa característica ajuda a superar uma das principais resistências da área econômica a mudanças na remuneração do FGTS. Na última sexta-feira (14), o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, descartou alterações que elevem os juros do crédito imobiliário. O Ministério do Planejamento, entretanto, tem feito estudos sobre o tema e, nesta terça-feira, o titular da pasta, Nelson Barbosa, deve reunir-se com Marun

Marun busca uma garantia do governo de que sancionará a proposta de divisão de lucros caso ela passe no Congresso, a fim de ter argumento para convencer os demais deputados. "Queria sentar numa mesa com a segurança de que o governo não vai vetar", afirma, em entrevista ao iG.

Relator do projeto que equipara a remuneração do FGTS à da poupança, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirma que irá analisar "todas as variáveis", mas que busca uma proposta que garanta a valorização real (acima da inflação) do saldo das contas do FGTS.


"Podemos usar o lucro, o patrimônio líquido do fundo. Tem caminhos que podem ser explorados sem abrir mão do subsídio ao Minha Casa, Minha Vida", diz Maia.   - Visite www.apdobanespa.com

APdoBanespa - 19/08/2015

|   Ver Comentários   |   Comentar   |

Nº 121140   -    enviada por     Álvaro Pozzetti de Oliveira   -   Bauru/


|   Voltar |

Veja Mais Notícias

09/11

  Bens – Economize, doando em vida

07/11

  Banesprev convoca Assembleia Geral 2018

01/11

  SANTANDER - LUCRO NO 3º TRI

29/10

  GRATIFICAÇÕES – VENCEMOS MAIS UM OBSTÁCULO

23/10

  Jornal da Afubesp de outubro/2018

08/08

  Queremos proposta da Fenaban

08/08

  Bancos lucram alto

03/08

  GRATIFICAÇÕES - IGP-DI – SITUAÇÃO ATUAL

02/08

  ssociados da Cabesp pertencentes ao Plano Pré-75

30/07

  Conheça as regras para não ser excluído da Cabesp

| Ver todas as Notícias   |
Clique aqui e envie, você também, sua notícia     |


Recomende este site a colegas banespianos da ativa, aposentados e pensionistas

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
Em caso de vários E-mails, separá-los por vírgulas.
E-mail(s) do(s) seu(s) amigo(s):

.
APdo Banespa - Bancários aposentados - direitos - justiça
Para qualquer contato utilize este e-mail: ----> pozzetti@gmail.com

Atualmente temos 3712 cadastrados no site
Verifique se você está cadastrado(a) no APdoBanespa

Insira seu
Não está?
Então, preencha o formulário abaixo
para cadastrar-se e participar de um seleto grupo de
Banespianos Aposentados, Pensionistas e da Ativa.



Cadastro de Participantes do APdoBanespa


Ex: 00 0000 0000

Ex: São Paulo/SP
<== AAAA-MM-DD
Ex: Maceió/AL
Ex: 1966/1996



               


  | Relação de participantes   | Voltar  |


Comentários para você ver

Atualmente somos 3712 cadastrados no site. - Clique abaixo para se cadastrar!

Cadastre-se no APdoBanespa, o Site dos Banespianos! clique aqui e cadastre-se!

Tô ferrado, Tô ferrado Veja as rimas e/ou clique aqui e envie as suas quadrinhas!


Para participar clique aqui e Cadastre-se

Adicione Apdobanespa aos favoritos

Faça do APdoBanespa a sua página inicial: ---> Clique aqui!

 | Principal  | Notícias Anteriores  | Objetivo  | Participantes  | Ler Dort  |
 | Classificados  | Dicas  | Mensagens Músicas Receitas  | Afabans  | Fotos  |
 | E-mail@APdoBanespa  | Cadastro  |