Cadastre-se no APdoBanespa - É GRÁTIS - Clique aqui

Falta de autonomia dos médicos no Santander
Visite www.apdobanespa.com

Denunciada falta de autonomia dos médicos no Santander - Seg, 27 de Outubro de 2014
Além de sofrer com a doença, na maioria das vezes adquirida no serviço, quem está em licença-saúde ainda passa por médico do trabalho que não tem autonomia para atestar se a pessoa tem ou não condições de voltar. Antes de decidir por dar “inapto”, o profissional é orientado a “discutir com o médico coordenador da empresa cliente”, ou seja, com o Santander, algo que causa constrangimento e, sobretudo, dúvidas a respeito de uma análise médica ética e isenta.

A orientação consta em documento da Micelli Soluções em Saúde Empresarial, empresa contratada pelo Santander (e por outras instituições financeiras) para a realização do serviço. O papel é um prontuário clínico preenchido pelo médico da Micelli no momento da avaliação da possibilidade de retorno ao trabalho. Depoimentos de trabalhadores também comprovam que a prática é recorrente.

Para cobrar explicações do banco, a Comissão de Organização dos Empregados (COE), que representa trabalhadores do Santander de todo o país, reuniu-se com representante do RH e o médico coordenador do PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), Gustavo Locatelli, do Santander, na quinta 23, na sede do Sindicato.

“O trabalhador é atendido e depois é mandado sair da sala para o médico ligar para alguém do banco. Isso não é certo. Esse fluxo de atendimento tem que mudar. A reunião foi positiva porque denunciamos o grave problema. O banco mostrou interesse em uma solução e deixamos claro que tomaremos todas as medidas, inclusive jurídicas, para resolver isso”, afirma a diretora executiva do Sindicato Maria Rosani.

Nova reunião de grupo de trabalho formado com objetivo de acompanhar a questão será marcada para a segunda semana de novembro.

Depoimentos – Representantes dos trabalhadores colocaram áudios com depoimentos de bancários que passaram pela situação.

Outros casos foram citados como do trabalhador de São Paulo que relata em e-mail dirigido ao Santander não conseguir “parar de chorar”. Afastado por adoecimento psicológico, foi considerado “apto” após a própria médica informar que ele não tinha condições de voltar ao trabalho: “E efetuou uma declaração com recomendações do Santander e também um laudo que me fizeram assinar antes de preencher. E se negou a me dar uma cópia”, conta.

O bancário já tinha sido vítima de assalto no banco. “Quando me sequestraram, quase morri para preservar a agência, pessoas e numerários. Não disse nada e aguentei tortura durante horas, com cortes no corpo, dentes quebrados, maxilar fraturado, diversos hematomas, tempo todo ameaçado com arma de fogo e banho de gasolina. Isso até hoje me deixa cicatrizes, acabou meu casamento, minha vida pessoal, financeira e familiar está um lixo. Me sinto à beira do abismo, tenho pesadelos, relembrando os momentos quase todas as noites”, relata.

Pouco mais de uma semana depois, o trabalhador faleceu devido a uma colisão de sua moto com a traseira de um caminhão.

“Esse é só mais um exemplo da situação em que se encontram os trabalhadores do Santander”, afirma Maria Rosani. “Esse tipo de coisa só pode ser eliminada se o banco fizer uma discussão séria sobre as condições de trabalho. Hoje a categoria está adoecida. É preciso contratação de mais gente para reduzir a sobrecarga, é preciso acabar com as metas abusivas que mudam dia sim dia não. Garantir a segurança do trabalhador também.”/Seeb-SP   - Visite www.apdobanespa.com

APdoBanespa - 29/10/2014

|   Ver Comentários   |   Comentar   |

Nº 118823   -    enviada por     Álvaro Pozzetti de Oliveira   -   Bauru/


|   Voltar |

Veja Mais Notícias

09/11

  Bens – Economize, doando em vida

07/11

  Banesprev convoca Assembleia Geral 2018

01/11

  SANTANDER - LUCRO NO 3º TRI

29/10

  GRATIFICAÇÕES – VENCEMOS MAIS UM OBSTÁCULO

23/10

  Jornal da Afubesp de outubro/2018

08/08

  Queremos proposta da Fenaban

08/08

  Bancos lucram alto

03/08

  GRATIFICAÇÕES - IGP-DI – SITUAÇÃO ATUAL

02/08

  ssociados da Cabesp pertencentes ao Plano Pré-75

30/07

  Conheça as regras para não ser excluído da Cabesp

| Ver todas as Notícias   |
Clique aqui e envie, você também, sua notícia     |


Recomende este site a colegas banespianos da ativa, aposentados e pensionistas

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
Em caso de vários E-mails, separá-los por vírgulas.
E-mail(s) do(s) seu(s) amigo(s):

.
APdo Banespa - Bancários aposentados - direitos - justiça
Para qualquer contato utilize este e-mail: ----> pozzetti@gmail.com

Atualmente temos 3713 cadastrados no site
Verifique se você está cadastrado(a) no APdoBanespa

Insira seu
Não está?
Então, preencha o formulário abaixo
para cadastrar-se e participar de um seleto grupo de
Banespianos Aposentados, Pensionistas e da Ativa.



Cadastro de Participantes do APdoBanespa


Ex: 00 0000 0000

Ex: São Paulo/SP
<== AAAA-MM-DD
Ex: Maceió/AL
Ex: 1966/1996



               


  | Relação de participantes   | Voltar  |


Comentários para você ver

Atualmente somos 3713 cadastrados no site. - Clique abaixo para se cadastrar!

Cadastre-se no APdoBanespa, o Site dos Banespianos! clique aqui e cadastre-se!

Tô ferrado, Tô ferrado Veja as rimas e/ou clique aqui e envie as suas quadrinhas!


Para participar clique aqui e Cadastre-se

Adicione Apdobanespa aos favoritos

Faça do APdoBanespa a sua página inicial: ---> Clique aqui!

 | Principal  | Notícias Anteriores  | Objetivo  | Participantes  | Ler Dort  |
 | Classificados  | Dicas  | Mensagens Músicas Receitas  | Afabans  | Fotos  |
 | E-mail@APdoBanespa  | Cadastro  |