Cadastre-se no APdoBanespa - É GRÁTIS - Clique aqui

JOAQUIM NÃO COMPARECE À POSSE DE LEWANDOWSKI
Visite www.apdobanespa.com

10 de setembro de 2014
JOAQUIM BARBOSA NÃO COMPARECE À POSSE DE LEWANDOWSKI NO SUPREMO E É CRITICADO NOS DISCURSOS
O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, foi alvo de críticas veladas durante a posse de seu sucessor, ministro Ricardo Lewandowski, no comando da corte nesta quarta-feira (10). Alvo dos discursos proferidos pelo ministro Marco Aurélio Mello e pelo presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Marcus Vinícius Furtado Côelho, o ex-presidente Barbosa, num ato incomum para o Judiciário, sequer compareceu ao evento. Ao fazer o discurso de saudação a Lewandowski, Mello disse que a maneira como o presidente do tribunal se relaciona com os pares influencia a qualidade das decisões e, por isso, é preciso impedir que "desacordos em votos" afetem a convivência entre os demais. "[O presidente deve] ser um algodão entre os cristais, o exemplo maior de tolerância com as ópticas dissonantes, não permitindo que desacordos em votos afetem a interação", disse. A fala fez referência aos embates protagonizados entre Barbosa e Lewandowski no processo do mensalão. Durante o julgamento, Barbosa acusou o colega de defender posições dos réus e até mesmo criar dificuldades no processo que viessem a beneficiar os acusados. Devido a isso, na época, sessões chegaram a ser interrompidas e ministros do STF tiveram que pedir para Barbosa deixar de retrucar o colega e de se indignar com os votos de Lewandowski que discordavam dos seus. Na posse desta quarta-feira, após o discurso de Mello, foi a vez do presidente da OAB, Côelho, afirmar que ministros do Supremo não devem buscar a "popularidade", mas sim a credibilidade. Ele ainda elogiou Lewandowski dizendo que o novo presidente não tentaria ser maior que o STF. "Lewandowski possui a necessária e exata compreensão de que as instituições ultrapassam em importância os seus dirigentes. O messianismo deve ceder à racionalidade", disse. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por sua vez, fez um discurso mais ameno e pregou o diálogo como forma de promover o avanço entre as instituições. "Dialogar não representa abrir mão de deveres institucionais, tampouco da a autonomia inerente a cada poder. O diálogo é o amalgama necessário à estabilidade institucional, de modo a permitir o avanço democrático", disse Janot. Último a discursar, o novo presidente defendeu o protagonismo do Supremo, falou em "censura ao Judiciário" e citou o líder dos direitos civis, Martin Luther King. "I have a dream, eu tenho um sonho. Era um sonho de igualdade e de fraternidade para todos os americanos indistintamente. Nós também temos um sonho: o sonho de ver um Judiciário forte, unido e prestigiado, que possa ocupar o lugar que merece no cenário social e político deste país", disse. Lewandowski ainda prometeu lutar por melhores salários para juízes e servidores do Judiciário, que, segundo ele, precisam ter sua autoestima restaurada. "Deveremos restaurar a autoestima dos honrados magistrados e operosos servidores do Poder Judiciário (...) particular atenção será dada à recuperação de suas perdas salariais, de modo a garantir-lhes uma remuneração condigna", disse.
Vitor Vieira às 9/10/2014   - Visite www.apdobanespa.com

APdoBanespa - 11/09/2014

|   Ver Comentários   |   Comentar   |

Nº 118423   -    enviada por     Álvaro Pozzetti de Oliveira   -   Bauru/


|   Voltar |

Veja Mais Notícias

09/11

  Bens – Economize, doando em vida

07/11

  Banesprev convoca Assembleia Geral 2018

01/11

  SANTANDER - LUCRO NO 3º TRI

29/10

  GRATIFICAÇÕES – VENCEMOS MAIS UM OBSTÁCULO

23/10

  Jornal da Afubesp de outubro/2018

08/08

  Queremos proposta da Fenaban

08/08

  Bancos lucram alto

03/08

  GRATIFICAÇÕES - IGP-DI – SITUAÇÃO ATUAL

02/08

  ssociados da Cabesp pertencentes ao Plano Pré-75

30/07

  Conheça as regras para não ser excluído da Cabesp

| Ver todas as Notícias   |
Clique aqui e envie, você também, sua notícia     |


Recomende este site a colegas banespianos da ativa, aposentados e pensionistas

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
Em caso de vários E-mails, separá-los por vírgulas.
E-mail(s) do(s) seu(s) amigo(s):

.
APdo Banespa - Bancários aposentados - direitos - justiça
Para qualquer contato utilize este e-mail: ----> pozzetti@gmail.com

Atualmente temos 3713 cadastrados no site
Verifique se você está cadastrado(a) no APdoBanespa

Insira seu
Não está?
Então, preencha o formulário abaixo
para cadastrar-se e participar de um seleto grupo de
Banespianos Aposentados, Pensionistas e da Ativa.



Cadastro de Participantes do APdoBanespa


Ex: 00 0000 0000

Ex: São Paulo/SP
<== AAAA-MM-DD
Ex: Maceió/AL
Ex: 1966/1996



               


  | Relação de participantes   | Voltar  |


Comentários para você ver

Atualmente somos 3713 cadastrados no site. - Clique abaixo para se cadastrar!

Cadastre-se no APdoBanespa, o Site dos Banespianos! clique aqui e cadastre-se!

Tô ferrado, Tô ferrado Veja as rimas e/ou clique aqui e envie as suas quadrinhas!


Para participar clique aqui e Cadastre-se

Adicione Apdobanespa aos favoritos

Faça do APdoBanespa a sua página inicial: ---> Clique aqui!

 | Principal  | Notícias Anteriores  | Objetivo  | Participantes  | Ler Dort  |
 | Classificados  | Dicas  | Mensagens Músicas Receitas  | Afabans  | Fotos  |
 | E-mail@APdoBanespa  | Cadastro  |