APdo Banespa - Bancários aposentados - direitos - justiça
                   
Cadastre-se no APdoBanespa - É GRÁTIS - Clique aqui



COMENTÁRIOS ENVIADOS POR COLEGAS, SOBRE
AS NOTÍCIAS POSTADAS NESTE SITE


| Participe você também! | Comente! |
| Últimos 33 Comentários | Ver Próximos |

Em virtude Hackers estarem utilizando este site para suas propagandas,
os comentários postados somente serão liberados após triagem
e poderão demorar a aparecer até 12:00 hrs.
Desculpem pelo incomodo. - Álvaro pozzetti - 22/07/2011.


  122522 - JOSE LOPES FILHO   BEBEDOURO

amigo Álvaro
inicialmente quero congratular-me com o site do APDOBANESPA.
Imagino horas dispendidas para manutenção e funcionamento do mesmo.
Tenho lido alguns comentários que podem estar "municiando o inimigo", pois, aqui são postadas sugestões, opiniões, sempre visando agilizar o andamento dos processos.
Se me permite, faço aqui uma sugestão:
Restringir o acesso aos comentários aos cadastrados no site, utilizando a matricula, evitando assim o "vazamento de informações que possam auxiliar o SATÃ.

  29/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122521 - Jose Roberto Nobile   Assis-SP

Prezados companheiros
Pelo que estou percebendo,pelos comentarios apresentados,
os colegas estão trocando o IGPDI,por ataques pessoais,o
que não nos leva a lugar algum.
O Santander usando dos meios que a legislacão brasileira,
lhes oferece,vão prorrogar quase que indefinidamente o
pagamento de nossos direitos.
De nada adianta espernearmos,só a (in)justiça dara a ultima
palavra.

Saude.paz e fé.

  29/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122520 - Raimundo Nonato da Silva   Teresina/PI

Sinceramente como não entendo tanto alvoroço, ansiedade, discussão, palpites, cálculos, etc., por uma coisa que não depende de nós mas exclusivamente da nossa lenta justiça. Pergunto:- qual o resultado concreto desse verdadeiro "estouro da boiada"? Quem de fora lê esses desesperos pensa que nós, banespianos, estamos todos passando fome. Calma e cuidado com a pressão arterial, colesterol, diabetes, depressão e outras patologias que se agravam com a ansiedade. Nonato/Teresina.

  29/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122519 - JOSE MILTON DE ANDRADE MARQUES   SÃO BERNARDO DO CAMPO /SP

VAMOS VER SE COM ESSA SENTENÇA RESOLVE ALGUMA COISA OU COMPLICA MAIS


FORUM MINISTRO PEDRO LESSA DATA: 29/05/2015 HORA: 05:34:32
-----------------------------------------------------------------------------
EXTRATO DE MOVIMENTACAO PROCESSUAL

PROCESSO..: 0011303-54.2002.403.6100
NUM.ANTIGA: 2002.61.00.011303-5
CLASSE....: 1 - ACAO CIVIL PUBLICA
LOCALIZACAO: 26/05/2015 601
Assunto....: PREVIDENCIA PRIVADA - ESPECIE DE CONTRATO - OBRIGACOES -
DIREITO CIVIL INEGOCIALIDADE TIT GARANT C/CRIACAO FUNDO COMPL
AOS APOSENT L6435/77 LC 109/01
AUTOR.....: ASSOCIACAO DOS FUNCIONARIOS APOSENTADOS DO BANCO DO ESTADO DE
SAO PAULO - AFABESP
ADVOGADO..: SP054771 - JOAO ROBERTO EGYDIO DE PIZA FONTES e outro
REU.......: BANCO CENTRAL DO BRASIL e outros
ADVOGADO..: Proc. ANTONIO LEVI MENDES e outros
VARA......: 9a. - CIRO BRANDANI FONSECA
-----------------------------------------------------------------------------
SUMARIO DAS 5 ULTIMAS FASES DE MOVIMENTACAO
-----------------------------------------------------------------------------
Nr. Data Fase do processo
---------------------------------------------------------------------
247 28/05/2015 REMESSA PARA PUBLICACAO DE SENTENCA
246 27/05/2015 AUTOS COM (CONCLUSAO) JUIZ PARA SENTENCA
**********************************************************************

  29/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122517 - Jose Gonçalves Leite   Quatá/SP

São 02:09 hs. Tentando entender alguma coisa. Talvez hj não signifique tanta coisa, ou não tenha tanta importância. Fala-se muito em família banespiana....que maravilha que fosse. Afinal não fizemos juras de lealdade, ou aquele pacto de sangue que se via os velhos filmes de mocinhos, querendo dizer AMIGOS PARA SEMPRE. Sr. Edson Tomaselli, talvez eu procedesse da forma mais correta me calando e ignorando à sua indiferença e total ignorância de minha presença aqui no site lutando por ideais comuns, junto com você e de tantos outros colegas. Entristece-me saber que você não se lembra, ou finge que esqueceu daqueles tempos em que trocávamos filmes quando tínhamos locadora de video cassete. Fui em sua casa em Adamantina e você por diversas vezes veio na minha, um tentando ajudar o outro. Um amigo em comum que trabalhou com você as vezes pergunta algo e claro, nunca sei o que lhe dizer. Achei despresiva esta atitude de ignorância por sua parte. Será que foi pelo fato de você ter se saído bem, chegado a gerente e posteriormente advogado trabalhista? De certa forma não o censuro pois o que não tem importância em nossas vidas têm mesmo que ser descartada. Valorizo muito aqueles que entram no site para mostrar serviço. Coisas que fizeram e que ninguém mais se sujeitou a fazer, pelos mais diversos motivos...e que seriam capaz de fazê-lo novamente. O sol e a chuva não foram impecilhos para evitar que se manifestassem...E no entanto, parece que são os mais criticados. Não tivemos coragem de abrir mão de nosso conforto para ajudar a engrossar as fileiras das manifestações. De minha parte, a Afaban a qual pertenço não moveu uma palha para que pudessemos brigar por nossos interesses, E infelizmente fiz prótese nos dois joelhos e não posso andar muito e tampouco ficar em pé por muito tempo.Foi uma pena, pois em outros tempos teria participado. Chateou-me e muito o fato de ter pedido a um vice-diretor da Afaban de Paraguaçu Pauista por meio do facebook e nem resposta eu recebi. Sinto que paira uma espécie de medo no ar e isto nos prejudica. O Lula diz que o PT está certo...o banco diz que está certo em não querer pagar o que nos deve...Aposta-se em mentiras e infelizmente há quem acredite nelas. Enfim...amigos se conquistam e concordo que pelo direito de dizer coisas e ter opiniões diferentes podem tornar as coisas difíceis. Enfim...mais vale a certeza de poucos do que a pretensão de crer em muitos. Quero acreditar em coisas concretas Muitas colegas, talvez levados por timidez ou por certa falta de experiência, optaram por ficar por trás das palavras. Estes sei entender. Quero dizer que o Orly disse algo verdadeiro e de muita importância...existem muitos gentlemen aqui no site...Prezo-os e muito. As críticas que fazem são aquelas que nem em sonho imaginamos fazê-las. Mas parabéns por serem verdadeiros e pela autenticidade.E parabéns também as outros colegas que pensam em meios concretos de nos ajudar e não insinuar coisas, se pondo no lugar de juizes e magistrados tentando pensar no que poderiam estar dizendo,Aos meus amigos, vocês têm meu e-mail. Qualquer coisa, estaria sempre presente diante de evetuais solicitações.E que viva a família banespiana. E que as Afabans mostrem serviço e nos digam o que estão fazendo.

  29/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122516 - JOSÉ GERALDO DE ARAUJO   BRAGANÇA PAULISTA-SP

122505 - milton fornazari - pindorama-sp- 28/05/
Está lembrado do apuro que passou quando trabalhando na AG.QUITANDA-SP, nos idos de 70/71, (não me recordo a data), após o expediente, faltando mais cervejinhas para continuar a comemoração de festa de aniversário (não sei se era o seu), quando foi buscar mais algumas cervejinhas no bar em frente à agência, ficou subjugado por assaltantes que “limpavam” aquele estabelecimento?
Passado um tempo, o Pilan e o João Antonio Jr (Administrativo) mandaram alguém sair à sua procura, porque não voltava mais, encontrando-o trancado no bar?
Eu,recém admitido como CAIXA, viajava diariamente de Bragança a São Paulo (70 KM), casado de novo, marido de professora, com uma filha de 6 meses, não tinha condições de fixar residência na capital.
Essas são algumas de nossas lembranças que ficaram no tempo e que fazem parte de nossa história.
Mas, o que é importante estamos todos VIVOS! Aguardando o desenrolar das ações.
DEUS permita que em vida possamos receber nossos legítimos direitos.
Um grande abraço a você e que DEUS O ABENÇOE, extensivo à sua família.

  29/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122515 - Eliel da Silva D Ornelas   Cabo Frio-RJ

Caros colegas, eu fui um dos que pediu ao EDSON Tomazelli se manifestar e ele o fez. Isto não foi ruim, foi bom, mostrou dentro do Trâmite dos Processos que há outras idas e vindas, mas não excluiu a nossa possibilidade de um dia ganharmos. Se os que não assinaram a cláusula 43 e os que possuem ações em trâmite ou transitada em julgado, que é o meu caso, receberem no tempo previsto. Isto cria consistência para que venhamos a receber também. Há vasta posições de Tribunais Superiores nos fortalecendo que não há LITSPENDÊNCIA, assim com a causa ganha para uns será ganha para a maioria também. É uma questão de tempo. Há vida fora do IGPDI é que temos que continuar a viver, aguardando o desfecho do nosso processo. Um dia e não muito longe irá acontecer. O tempo maior já foi decorrido o que falta é bem menor. Que a Paz de Deus encha os nossos corações. Abraços e beijos em cada coração banespiano.

  29/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122514 - Adernilson Alves da Silva   Presidente Prudente/SP

São tantos pensamentos negativos e premunições de que ocorrerá o pior que vai se formando uma corrente de energia contrária as nossas aspirações. Mesmo existindo possibilidades contrárias, devemos manter a nossa fé, acreditar na nossa vitória! Abraço a todos

  29/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122513 - João Carlos dos Santos   Birigui/SP

122507 - Tomazelli - Mesmo sem entender nada de Justiça ou Direito, tinha e tenho pensamento igual ao citado por vc. A AFABESP apresenta relação de todos e o Santander exclui milhares e a AFA recorre, o Santander recorre, infinitamente. Fica um põe e tira sem fim. COM CERTEZA, HÁ VIDA SEM IGP-DI-FGV. VIVAMOS ELA.....

  29/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122512 - Luiz Eduardo José de Andrade   Tietê/SP

Colegas na Melhor Idade. Em seguida ao comentário n.122507, sucinto e preciso do nosso colega Edson Tomazelli, aproveito, pedindo a sua licença, para "pegar o gancho" do final da sua postagem: "HÁ VIDA FORA O IGPDI/FGV". Assim sendo, aproveito este espaço para narrar mais um acontecimento, algo que reputo interessante e que se passou na 2a. metade dos anos 60 do século passado. Em um determinado dia - acredito que no ano de 1967, o nosso Chefe de seção, o Sr Plinio Pellizon, anunciou que iríamos receber um novo colega, que desempenharia a função de contínuo, em substituição a um outro colega/contínuo que se aposentara. Que surpresa, ao sermos apresentados ao Sr. MAURO RAPHAEL, esse sim, um verdadeiro craque de futebol, apelidado MAURINHO, e que exercera sua profissão junto ao São Paulo Futebol Clube! Nunca manifestou vergonha por ter que usar o terno marron, que diferenciava os funcionários dos contínuos, executando seus afazeres sem relutância e de bom grado. Após algum tempo de convivência e sabendo que eu torcia para o Corinthians, em uma pausa para o café, contou o horripilante ,para nós Corintianos, lance em que, na decisão do Campeonato Paulista de 1957, aproveitando uma bola lançada à sua frente, aproximando-se como uma FLECHA (seu apelido), do nosso gol defendido por Gilmar, gritou para ele escolher o canto,que ele alí faria o gol!! Após o lance e o gol, colocou "sebo nas canelas", correndo como um louco o campo todo, sempre com o goleiro Gilmar bufando atrás de si, querendo pegá-lo para descontar a desfeita. Felizmente o Gilmar cansou, pois percebeu que jamais conseguiria alcançá-lo. Fim da história: como todos sabemos o SPFC ficou o Campeão do ano de 1957. Maurinho faleceu em 1995. Saúde e Paz.

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122511 - Carlos Dalberto Zitelli   Araraquara-sp

Prezado colegas, boa tarde!
Tenho acompanhado atentamente os comentários no site do Àlvaro, posso até estar errado, mas tudo que se apresenta é muita tristeza, sofrimento e revolta com nossa situação como Banespianos.
Nós perguntamos o José Milton, ao Setembre e com toda boa vontade eles respondem. E assim caminhamos.
Voltando no tempo, quando do encontro dos Banespianos em frente ao BACEN em São Paulo, foram poucos os que estavam na luta. Conseguimos aqui de Araraquara reunir uns nove ou dez colegas num universo de uns 110 funcionários aposentados. Nossa Afaban pagou tudo, inclusive às faixas que fizemos,
Lá tive o prazer em conhecer o Álvaro o Setembre e outros colegas.
Estávamos num total de aproximadamente se não estou errado uns 50/60 colegas. Para 15.000 mil faltaram muitos. Marcha ordeira.
Apesar do pouco número de participantes conseguimos estender nossas faixas na calçada e avenida. Inclusive temos uma que eu entreguei ao Setembre com os dizeres: “Santander, pedófilo de idosos”.
Qual é o motivo das lembranças? é muito simples, se cada um dos 15.000 funcionários, é claro tirando as limitações de cada um, procurasse ajudar de alguma forma poderíamos ter outros resultados.
Vocês querem ver um ponto interessante, conversando com outro colega do grupo que me reservo o direito de não mencionar o nome, expus o assunto e ele teve uma opinião que não me causou surpresa. Disse para ele: nós somos 15.000 (quinze) mil colegas, todos ansiosos para ganharmos alguma coisa na justiça. Tenho certeza que entre esses colegas temos muitos que tem pai/mãe/filho/filha/ parente /amigo com fortes laços com a Justiça como promotor, juiz, procurador do estado, etc.etc.É claro que todos somos inteligêntes e sabemos como fazer.
Não vamos pedir nada de comprometedor, não queremos privilégios, todos tem sua moral ilibada e não se sujeitaria fazer falcatruas. Queremos um acompanhamento de alguém que tenha moral no judiciário e na medida do possível nos desse às mãos não precisando se identificar, é claro.
O Banco com certeza tem seus contatos em todos os órgãos do país que seja do seu interesse.
Desculpem o tamanho da minha mensagem. Prometo que ficarei mais um bom tempo quieto com minhas opiniões, mas sempre trabalhando quieto por todos nós.
Um forte abraço a todos, muita saúde e paciência.
Carlos Zitelli

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122510 - JOSE LUIZ GAYA BITTENCOURT   SAO PAULO SP

REFERENTE AÇÃO IGPDI - 27/05/15 - EMBARGOS DE DECLARAÇÃO ACOLHIDOS EM PARTE.
27/05/15 - AUTOS CONCLUSOS AO JUIZ PARA SENTENÇA

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122509 - Edson Tomazelli   JAU - SP

Grande Carlos, que prazer te ver aqui! Obrigado, amigo, abraços a todos (cuida bem de minha terra natal, kkkk)

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122508 - JOSE MILTON DE ANDRADE MARQUES   SÃO BERNARDO DO CAMPO /SP

Respondendo ao colega Milton Fornazari de PINDORAMA SP a ação da gratificação não esta tão madura quanto nós pensamos, pois, esta para decidir se vai para repercursão virtual ou p/plenário e isso já quase um ano caso seja virtual, poderá ser mais rápido, mas se for p/ plenário deverá entrar na fila e mesmo sendo todos nós idosos, mas, existem muitos lá que também são e estão esperando também, portanto, teremos que esperar sabe se lá quanto tempo.Por isso não acredito que com manifestação não conseguiremos primeiro fazer com que os colegas tomem a atitude de irem até lá e em segundo lugar não sabendo como estaremos colocados na fila de espera também não resolveria o nosso caso, que seria agilizar o andamento.
A outra questão da ação da COSESP, agora não tem mais jeito, pois o tempo passou e o prazo para entrar com as ações já não podemos entrar mais, pois perderíamos na entrada, pois, já esta tudo prescrito ( o prazo de reclamar agora é de três anos , como ocorreu em 2005, já estamos com dez anos passados.Conclusão o tempo passou e não tomamos atitudes no tempo devido.

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122507 - Edson Tomazelli   JAU - SP

Caro colega Setembre. Primeiramente dizer que o admiro pela sua garra e luta incansável na defesa de nossos interesses, do qual sou profundamente grato. Embora tenha causado frustração em muitos, o meu comentário, como disse, foi um desabafo, pois também estou ansioso, injuriado e outros adjetivos mais. Sou advogado militante na área trabalhista há mais de 14 anos (após aposentadoria). Tenho como principio informar aos meus clientes os percalços de um processo na Justiça, de forma honesta e com transparência, evitando-se criar falsas expectativas. Foi com esse intuito que resolvi postar o meu comentário e não desestimular qualquer movimento ou luta contra nosso opressor, pelo contrário, acho que todo tipo de manifestação é valida e deve ser exercida. Porém, após as muitas manifestações, resolvi, com a ajuda de nosso querido amigo José Milton que passou informações que eu não tinha, dar uma olhada mais aprofundada no andamento do processo. Vou tentar resumir o meu entendimento: Inicia-se em 2002 e foi extinto sem julgamento do mérito pelo juiz, que entendia que a Afabesp não era competente para entrar com ação civil publica. Somente no STJ a Afabesp conseguiu reverter a situação e a decisão transitou em julgado, depois de mais de 10 anos. Este aspecto não se discute mais. Em 2012, após a decisão do STJ o processo voltou para a origem, para decisão. Em 2013, o Juiz Marcelo, pelo que eu entendi, não deu uma sentença terminativa, apenas um despacho, onde concedeu a tutela antecipada a todos "Pré-75", tanto que houve agravo dessa decisão e não apelação. Os agravos não prosperaram e o Juiz, em fev/2015 exigiu o cumprimento imediato da tutela, com várias “ameaças” e que o Banco esperneou e por fim, não cumpriu. Pois bem. Acontece que o Juiz Marcelo, após a concessão da tutela em 2013 DEVERIA ter prolatado a sentença terminativa, com os mesmos fundamentos, independentemente de aguardar o resultado dos agravos. Ele não julgou e ficou mais de 2 anos, até que outro Juiz, agora, da 9a. Vara julgou o processo, ou seja, prolatou a sentença. Nessa sentença ele cassou a tutela anterior e concedeu uma nova, modificando radicalmente os fundamentos da primeira, inclusive da tutela anteriormente concedida. Portanto, o processo inicia-se numa nova fase, onde haverá embargos, após, apelação ao TRF, após, recurso especial ao STJ e, provavelmente até o STF, até o transito em julgado, quando iniciará a fase de execução da sentença/acórdão e o respectivo pagamento das parcelas vencidas. Com relação à tutela antecipada da sentença, cabe esclarecer que o juiz delimitou e determinou o seu alcance apenas àqueles que não tem reclamação trabalhista em andamento ou transitada em julgado e optaram pela 43. Veja que o comando sentencial para a tutela não falou em litispendência, ou seja, o Juiz não decidiu se há ou não litispendência e deixou essa questão para outra ocaisão. O que isso quer dizer? Quer dizer que a tutela deverá ser cumprida para aqueles que não aderiram a clausula 43 e não tenham reclamação trabalhista em andamento ou transitada em julgado. Ou seja, para os mais de 6.000 colegas associados que entraram individualmente ou em pequenos grupos com a reclamação trabalhista em 2005, a tutela não alcança nesse momento. (meu entendimento)
O meu ponto de vista: a Afabesp deverá apresentar a relação do todos os associados "Pré-75" que constam do processo. O Banco vai impugnar tal lista e apresentar, provavelmente, a relação dele, excluindo os da clausula 43 e os que tem/tiveram reclamação trabalhista e, para não pagar multa, deverá cumprir a tutela, implantando os reajustes na folha de pagamento apenas dos colegas que não foram restringidos pela decisão do Juiz. Quando eu disse, apenas uma sentença, é porque cabe recursos e ela pode ser reformada nos Tribunais Superiores. O que seria uma benção! Na apelação, provavelmente (não tenho a linha de raciocínio deles) o jurídico da Afabesp, provavelmente, vai pedir, novamente, a vinculação dos títulos como no despacho da tutela do Dr. Marcelo, em 2013 e reiterar o pedido de tutela para todos os pré-75. Esta questão pode ser revertida nos Tribunais e, ainda, apresentar outros desfechos. Devo esclarecer, por oportuno, que não mantenho qualquer contato com a Afabesp a repeito desse e outros processos. Com relação aos recursos especiais que o Banco entrou e depois desistiu, provavelmente trata-se dos efeitos suspensivos da primeira tutela. O que perdeu o objeto, após a sentença. Lembrando que este é o meu ponto de vista, que posso estar equivocado. (Que Deus tenha piedade de nós). Mas outra coisa não nos resta senão aguardar os próximos passos, com serenidade. Lembrando sempre: não é passividade e nem pessimismo. Apenas conformação com a realidade dos fatos! E que há vida fora do IGP-DI!

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122506 - Antônio Pelegrino   Cafelândia -SP

Neste horizonte de pessoas diferentes, encontramos de tudo; aqueles ambiciosos, outros humildes, uns com o burro na sombra, outros endividados, doentes, tristes, alegres, etc. Talvez venha a receber comentários depreciativos: Fala Alis! Mas não adianta ser rico e usar roupa da moda, se o melhor fazemos pelados. Esse negócio de família banespiana, não é totalmente uma verdade, porque dentro da minha, da sua, já aconteceu de tudo; uns divide o dinheiro da herança aos menos favorecidos, outros querem tirar o dinheiro do desfavorecido. A verdade que não entendo nada de Direito, mas agora deu para me desanimar um pouquinho; li tantos comentários, agora acho que entendi um pouquinho. Isso ainda vai longe: A afabesp já fez a relação? Diz na decisão que a partir do recebimento da relação, será a iniciada a contagem de 90 dias, e daí o réu terá mais 30 dias, para cumprir ou começar a pagar as multas. Pô, o Santander e Banesprev, descumpriram multas 1 milhão e outras, você acha que eles vão cumprir agora. A verdade é que o dinheiro fala mais alto, Quando se corre atrás até advogados incapacitados ou interessados, conseguem lutar para receber seus honorários. Diante disso estamos nessas postergações, por falta de interesses das pessoas que contratamos ou através da Afabesp foram contratados. Finalizando: Se o piloto do avião que levava os Hulks, não tivesse 30 anos, e não fosse capacitado todos estariam longe daqui, experiência é tudo.

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122505 - milton fornazari   pindorama-sp-

para o jose milton e demais colegas , acredito que a acao das gratificacoes esta mais madura com possibilidades de andamento mais rapido do que a do igpi , po estar no STF , devemos fazer uma manifestacao organizada em BRASILIA, tal qual fizeram os tambem velhinhos da ex-VARIG que la tiveram cobertura da globo aparecendo no JN, pouco depois de seis meses tiveram a coisa julgada e receberam tudo o que lhes era de direito sorridentes em entrevista para a globo, alguns com mais de 90 anos.Acredito tambem que alguem advogado como voce poderia propor uma acao com relacao a COSESP, talves, os debitos no hollerith sejam provas comprobatorias., e quem o ap do banespa queira participar entraria em contacto com voce., pois, a afabesp em noticias informou que devemos esperar talves nao queira propor acao coletiva no caso da COSESP.

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122504 - alis diba   são pedro do turvo/sp

colegas, não vamos entregar os pontos. Se o Banco pode recorrer indefinidamente, então nós, através da Afabesp, também, podemos. Acho que não é como nossas ações individuais que em 4 anos se encerraram. Deram ganho de causa ao Santander e pronto. Fim. Acho estranho isto. Em pouco tempo acabou. Por que não tiveram mais recursos, já que a lei aqui em nosso país é assim? E ainda estão nos condenando por estas ações. Quanto a coletiva, devemos ter esperanças. Afinal os títulos que deveriam ser inegociáveis nos pertencem. Não tem dois pontos de vista. É um só. Os títulos são para pagamento dos aposentados pre -75 do Banespa. Não é um caso subjetivo. É só uma questão de se fazer JUSTIÇA. E a lei tem que ser uma só: JUSTIÇA. Como disse ontem o senador Romário a respeito do Sr jose Maria Marin, ladrão ter que ser preso. Quem mais se enquadra nesta? Infelizmente os corruptos da lava-jato já estão soltos. Agora ficou difícil pegar os chefões de toda esta corrupção. Acho que vai acabar tudo em pizza. Vamos ver se temos mais sorte e nossos algozes serem condenados a devolver o que é nosso. É só devolver o que é nosso. Não vamos tirar nada do Banco. Cada um com o seu. Gostaria que o Santander agisse com honestidade. Se Deus quiser nossos advogados estão tendo bons argumentos para nos defender. Que a justiça dos homens se encontre com a justiça de Deus.

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122502 - Carlos Antonio Vermeersch   Osvaldo Cruz/SP

Sobre o comentário 122453 do Sr. Edson Tomazelli(advogado competente),meu Gerente na Ag. do Banespa (adamantina) de 1995 á 1998, aliás excelente Gerente. Concordo plenamente com o seu comentário, e também estou na expectativa de receber os atrasados mas é necessário termos muita calma e tranquilidade. Aproveito a oportunidade para mandar um forte abraço a vçe e que Deus abencoe a vçe e familia ok.

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122501 - SUELI MARIA FRANÇA NORONHA   MOGI GUAÇU/SP

A todos esses Srs que nos elucidam tantas coisas, poderiam me dizer como ficou a situação dos pensionistas?

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122500 - Eliel da Silva D Ornelas   Cabo Frio-RJ

Caros colegas, principalmente ao JOSE MILTON, obrigado por suas colocações. Penso da mesma forma, muita água ainda vai rolar, muitos recursos serão interpostos, acredito que até em outras instâncias, podendo chegar até ao STF, mas isto é só sensibilidade de uma ansioso. Dentro deste mesmo assunto, gostaria ouvir o colega EDSON TAMAZELLI-122453, pois quando do seu último comentário, o fez de forma bem elucidativa e quem sabe possa nos ajudar também nesses nossos momentos de ansiedade e dúvidas. Abraços a todos. Que Deus nos ajude.

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122499 - Angelo Giacomeli   Laranjal Paulista-sp

Minhas mais sinceras desculpas a Guilherme F. Setembre,( caso o tenha ofendido), apesar de não o conhecer, admiro por sua incansável luta em nosso favor. O meu comentário 122459 é a respeito a data em que completarei 70 anos ( caso esteja vivo). Enquanto isso, por não poder apressar os tramites juridicos, vou ajudando uma entidade beneficente em minha cidade. Humildes desculpas.

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122498 - JOSE MILTON DE ANDRADE MARQUES   SÃO BERNARDO DO CAMPO /SP

RESPONDENDO, A TODOS COLEGAS QUE FIZERAM AS INDAGAÇÕES, SOBRE A QUESTÃO DE TEREM ENTRADO COM AÇÕES INDIVIDUAIS, OU EM GRUPOS, O QUE POSSO DIZER É QUE SÓ O JUIZ É QUE PODERÁ DECIDIR . PORÉM EM SUA DESCRIÇÃO NO RELATÓRIO FEITO DIA 08 DE MAIO ELE DECLAROU : - “No que diz respeito à litispendência entre ação coletiva e individual, remansosa a jurisprudência pátria no sentido de sua inocorrência; em tal sentido:PROCESSUAL CIVIL. AGRAVO REGIMENTAL EM RECURSO ESPECIAL. SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL. PISO NACIONAL. ALEGADA VIOLAÇÃO AO ART. 535, I E II, DO CPC. OMISSÃO, CONTRADIÇÃO E OBSCURIDADE. INEXISTÊNCIA. INCONFORMISMO. AÇÃO COLETIVA E DEMANDA INDIVIDUAL. LITISPENDÊNCIA. NÃO CONFIGURAÇÃO. SÚMULA 7/STJ. PRECEDENTES. AGRAVO REGIMENTAL IMPROVIDO.” Dá PARA ENTENDER (MAS NÃO PODEMOS AFIRMAR ), QUE NA OPINIÃO DÊLE NÃO OCORREU LISTISPENDÊNCIA. PORTANTO VAI DEPENDER DO QUE FOI COLOCADO PELA AFABESP EM SUAS ALEGAÇÕES E TAMBÉM O QUE FOI COLOCADO PELO BANCO E BANESPREV E AI ELE PODERÁ CHEGAR A UMA DECISÃO, POIS ELE SÓ PODE DECIDIR O QUE ESTIVER ESCRITO NAS PETIÇÕES E DENTRO DO PROCESSO, NÃO ADIANTA CADA UM DE NÓS FALARMOS MUITA COISA, MAS, COMO NÃO PODEMOS FALAR NADA DENTRO DO PROCESSO, POIS PARA ISSO ESTÃO LÁ OS ADVOGADOS REPRESENTANDO TODAS AS PARTE E SÓ ELES PODEM FALAR, ESCREVER E DEFENDER SEUS CLIENTES PERANTE O MAGISTRADO, QUE IRÁ DECIDIR E COMO O PROCESSO JÁ ESTA NAS MÃOS DO JUIZ PARA A REFERIDA DECISÃO, COMPETE A NÓS AGUARDAMOS. PORTANTO AGORA SÓ RESTA REZARMOS E PEDIR A DEUS QUE NOS AJUDE E ILUMINE O JUIZ PARA COM DIGNIDADE E HONESTIDADE CHEGAR A UMA DECISÃO JUSTA. E PODEM TER CERTEZA DE UMA COISA QUE HAVERÁ MUITA COISA AINDA , POIS, VIRÃO VÁRIOS RECURSOS, QUE DEVERÃO IR AOS TRIBUNAIS E ISSO DEVERÁ LEVAR UM BOM TEMPO ATÉ UMA SOLUÇÃO DEFINITIVA.

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122497 - Nelson Luiz Bonatti   Pirassununga -sp-

José Nilton,o meu mome consta da relação do IGPDI, mas eu entrei com a ação em 2006 na época da AFABAN, gostaria de saber se ainda há chance de receber.
Grato!

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122496 - Airton dos Santos   Campinas-SP

122489-Benedito Guilherme Roncador

Meu caro, esqueça meu comentário anterior, verifiquei que você se aposentou em 1980, então você é pré-75, suas informações é que não foram claras.

Abraços.

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122495 - Benedito Guilherme Roncador   Presidene Prudente

José Milton eu me enganei com a data realmente sou sim Pré 75 eu coloquei 25 mais é 22 /05 /1975 eu entrei no banco em 01 /09 de 1956. Obrigada

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122494 - Benedito Guilherme Roncador   Presidene Prudente

José Milton eu me enganei com a data realmente sou sim Pré 75 eu coloquei 25 mais é 22 /05 /1975 eu entrei no banco em 01 /09 de 1956. Obrigada

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122493 - Airton dos Santos   Campinas-SP

122489-Benedito Guilherme Roncador

Se você foi admitido em 25/05/1975, você não é "pré-75".
A data limite para os pré-75 é até 22/05/1975, reveja sua situação.
Abraços.

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122492 - Demócrito Jucá   Salvador-BA

Na msg anterior, melhor dizendo: receberá de forma diferente de quem não fez a opção ?

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122491 - Demócrito Jucá   Salvador-BA

Bom dia !

Para tirar uma dúvida: AÇÃO IGPDI:

quem optou pela Cláusula 44, do acordo coletivo 2004/2006, no recebimento dos atrasados e reajustes a partir de 2000, de forma diferente de quem não fez a opção ?

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122490 - Eliel da Silva D Ornelas   Cabo Frio/RJ

Também remeti msg para AFA em 26.05.15 e completo que qualquer empresa, nos tempos atuais, precisa mantar o melhor relacionamento com seus clientes, principalmente, quando esses são todos da melhor idade. Haveria de ter uma Política de Comunicação, pelo menos em 15 em 15 dias, no que tange aos seus clientes externos. Isto é natural em qualquer Organização hoje, quiça quando seus clientes estão carentes de informações, ansiosos sobre esclarecimentos que envolvem seus próximos anos de vida.
Não desmereço a qualidade da AFA, mais não é só Teoria Jurídica que faz funcionar uma Entidade ou Empresa.


Prezados Senhores: Conselheiros, Presitente e Vices, Advogados e Diretores:
Bom dia a todos:
Ref.: ESCLARECIMENTOS AOS ASSOCIADOS
No escopo da Missão e Visão de qualquer Associação, preconiza-se atender aos anseios de seus associados.
Dentro dos objetivos da AFABESP consta " pugnar pela defesa dos interesses e direitos dosaposentados banespianos......"
Em consonância ao acima citado, considerando o alto grau de aflições reinante nos corações e mentes da maioria dos associados aposentados da AFABESP, inclusive eu, face às circunstâncias
que os envolvem devido os controversos posicionamentos da nossa Justiça, solicitamos aos Senhores, procederem um diagnóstico situacional, estudo da solução dos problemas e planejar
implementações que possam acalmar, amenizar, diminuir o grau de ansiedade dos associados,todos na melhor idade, procurando com isto evitar que possam ocorrer distúrbios na saúde dos mesmos, inclusive mortes.
Certos sobre as devidas providências dessa Administração da AFABESP, renovamos nossas melhores recomendações.
Eliel da Silva D Ornelas - Matricula 099341

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122489 - Benedito Guilherme Roncador   Presidente Prudente Atualmente moro em Taboão da

José Milton você pode me responder; Entrei com uma ação de IGPDI com a Dra Marina Aidar já está no TST concluso com o relator desde do dia 04/11/2013 conversei com a advogada pedindo para retirar a ação para eu poder receber pela Afabesp ela disse que não pode porque eu seria condenado, mais que já tinha perdido na segunda instância,e que iria depois do TST para o Supremo.Eu sou pré 75 25 /05/1975 não assinei nem a clausúla 43 e 44 .Aposentei com Gerente Regional na agência de Presidente Prudente. Na ação da Dra Marina eu tenho certeza que ela não pediu a Tutela Antecipada, será que eu terei a chance de receber pela Afabesp? Eu agradeço a gentileza .

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   




  122488 - GUILHERME FRANCO SETEMBRE   São Paulo - SP

Colega Edson Tomazelli (comentário 122453), não sou advogado e não sei se você é. Mas, assim mesmo, por estar vivenciando a dor desta luta há mais de 14 anos, contra o poder econômico do Santander, contra o Poder Político do Executivo do Governo Federal e, também, contra o fogo amigo que é o pior de todos, lamento seu CAMINHÃO DE ÁGUA FRIA que gerou comentários negativos dos colegas Cristovão Garcia (122454), Angelo Giacomelli (122459), Haylton José (122461), Claudinei Aleixo (122464) e Raimundo Nonato (122473) que, junto ao seu, vêm na contra mão de nossa luta.
Sim, digo nossa luta, porque vem de um movimento independente de interesses políticos ou escusos, voltado exclusivamente para a salvação de nossa comunidade dos Pré-75, os mais velhos e os mais prejudicados.
Porém, o que mais dói nisto tudo é a coincidência de você praticamente responder pela AFABESP a minha carta do mesmo dia postada aqui sob nº 122424, onde cito alguns trechos das três “TUTELA ANTECIPADA” não cumpridas pelo Banco Espanhol : “...cumpra o réu, sem mais delongas” – “...enriquecimento sem causa do Santander...” – “Lucro de R$ 17,5 bilhões com os excedentes financeiros provenientes de negociação no mercado de títulos...” – “...cabe ao Santander, já que foi quem recebeu os títulos garantidores dessas obrigações” – “...preclusão consumativa. De fato “oferecido recurso contra uma decisão, não será admissível outro – princípio da unirrecorribilidade” – “ Causa espécie, portanto, a este juízo, após diversas manifestações dos réus na tentativa de postergar a imediatidade do cumprimento da decisão...” – “...resistência injustificada ao andamento do processo” – “...procedendo de modo temerário...” – “evidente descumprimento de ordem judicial...” – “...prestação alimentícia devida a pessoas de idade avançada, constitui litigância de má fé” – “...intimem-se os réus...” – “ Ficam as partes advertidas, outrossim, da possibilidade de caracterização de delito descrito no art. 330 do Código Penal.
Diga-se de passagem, que a AFABESP não respondeu !!!
Pelo exposto, é inadmissível sua minimização do fato grave que está acontecendo ao declarar que “foi apenas uma sentença de 1º grau”, induzindo ao entendimento de que a TUTELA ANTECIPADA pode demorar (2º grau, 3º, etc..). Muito pelo contrário, ela existe para adiantar determinados casos urgentes como o nosso que é de PRESTAÇÃO ALIMENTÍCIA, como no atraso de pensão alimentícia para esposa e filhos que dá cadeia imediata, sendo que nosso caso além de natureza alimentar é devido às nossas idades e/ou doenças, o que justifica o fato de não podermos esperar a execução da sentença em Tribunais Superiores.
Só esta ocorrência justificaria uma MANIFESTAÇÃO PACÍFICA em frente ao TRF3/SP para aplaudir nominalmente os Procuradores do MPF, o Desembargador e os Juízes que nos apoiaram quanto aos nossos direitos, questionado o que está por traz das reviravoltas do Processo, onde já morreram mais de 4.000 de nossos colegas, sendo que perante os escândalos de corrupção o Presidente do TJ-SP, José Renato Nalini, declarou o seguinte ao ESTADÃO: Por isso, ele acredita que é preciso fazer com que “a sociedade civil protagonize uma indignação incruenta, sem violência, mas exija uma conduta reta, coerente e ética de suas autoridades”.
E, exatamente por este motivo fomos por três vezes em frente ao BANCO CENTRAL pedir retratação pelos insultos e injúrias dirigidos em petição constante nos Autos do Processo, contra os aposentados Pré-75 e em defesa do Santander, quando deveria se ater ao objeto da petição que era solicitar sua exclusão do Polo Passivo. Até hoje não se retrataram, mas voltaremos lá para questionar o caso do Santander envolvido na Operação Zelotes.
Resta-nos, ainda, fazer um Ato Público em frente ao TRF3/SP para saber o que está acontecendo já que nossa Associação não nos informa.
Assim sendo, fica a lição de que devemos protagonizar uma indignação incruenta, sem violência, exigindo uma conduta reta, coerente e ética de suas autoridades, e não como você e seus seguidores pregam comportamentos passivos diante desta nossa calamitosa situação.
Esta é a nossa luta !!! < > Setembre

  28/05/2015 -   |   Responder/Comentar  |   


| Ver Próximos |

  Responder/Comentar   |