APdo Banespa - Bancários aposentados - direitos - justiça
Cadastre-se no APdoBanespa - É GRÁTIS - Clique aqui



COMENTÁRIOS ENVIADOS POR COLEGAS, SOBRE
AS NOTÍCIAS POSTADAS NESTE SITE


| Participe você também! | Comente! |
| Últimos 111 Comentários | Ver Próximos |



  128528 - Antônio Pelegrino   Cafelândia -SP

C- 128527 - Colega Orly, sabe que você tem razão! Só queria entender os objetivos desse partido e seus aliados. O varguismo estava ao lado dos nacionalistas de verdade, Os petistas pegaram carona, e se entregaram aos países com ideias comunistas. Getúlio ferrou os comunistas( Olga Benário Prestes enviada à Alemanha Nazista grávida, falecendo naquele país. Getúlio em 1953 criou a Petrobras e seu monopólio Brasileiro, FHC quebrou esse monopólio em 1997, para ficar do lado imperialista. Pergunto: Será que o PT e os partidos coligados, quebraram a Petrobrás de ódio ou são mesmo desavergonhados?

  01/10/2016 - 23:29 -   |   Responder/Comentar  |   




  128527 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

Colegas Pirolo e Pelegrino,
o pessoal da Afabesp, apesar dos pesares e freio de mão puxado, não têm ideologia política.
Mas o pessoal da AFUBESP, é comunista e segue a cartilha do PT, CUT, MST e sindicatos ligados a eles.
Não vão mudar NUNCA.
Então, é perda de tempo tentar a reaproximação dos dois lados.
A AFU segue o que seus superiores mandarem. Não pensam sozinhos e por nossos interesses. Primeiro o que os "home" MANDAM e PRONTO!


  30/09/2016 - 20:33 -   |   Responder/Comentar  |   




  128526 - JOSE LUIZ GAYA BITTENCOURT   SÃO PAULO -SP

COLEGA PIROLO E PELEGRINO:REF. 128522 E 128525: VOCES NÃO TEM MEDO DE SEREM VENDIDOS NOVAMENTE?

  30/09/2016 - 17:47 -   |   Responder/Comentar  |   




  128525 - Antônio Pelegrino   Cafelândia -SP

C- 128522 - Gilberto Pirolo - Demorou para que alguém tivesse essa ideia brilhante. A discórdia até hoje entre a AFA/AFU, no tocante a benefício/malefício, só nos restou o segundo. Portanto acho melhor implantarmos a concórdia. Para analisar tudo que passamos, existiu uma complexidade de interesses, com os ataques mútuos entre ambas, que nada nos foi contemplado. Vamos caminhar de mãos dadas, para um amanhã melhor. Devemos continuar acreditando: A esperança temos sim! Apenas colocaremos cautelas na maneira de agir, não vivo esperando que as coisas aconteçam, sempre devemos dar um empurrãozinho para agilizá-las. abraço.

  30/09/2016 - 15:40 -   |   Responder/Comentar  |   




  128524 - paulo renan finholdt   Valinhos SP

Necessário se faz que haja melhora no percentual que corrigirá salário, que acompanhara a evolução salarial ao longo do tempo, influindo inclusive quando da aposentadoria. Como está proposto, banqueiros deitam e rolam, pois, benefícios(?!) agregados além de efêmeros e ilusórios, nada significam quando houver dispensa/demissão, o que certamente abutres patronais consideram a seu favor e, quem viver verá, com o incremento, modernização e uso intensivo de informática mais e mais bancários pretendem dispensar, a engrossar os já 12 milhões de desempregados atuais. Nem o mínimo repõem e, sempre que possível, tiram tudo. Raspam fundo e dane-se o social, que desconhecem se não lhes convém. HÁ QUE ENDURECER EXIGINDO O DE DIREITO E JUSTIÇA. Fraterno abraço.

  30/09/2016 - 14:45 -   |   Responder/Comentar  |   




  128523 - Marco Antonio Gonçalves Dias   são paulo

Com:128517: Caro Eliel, você acabou de entrar no rol das pessoas que admiro. abraços.

  30/09/2016 - 12:23 -   |   Responder/Comentar  |   




  128522 - Gilberto Pirolo   Ourinhos sp

Nós e a Afubesp:
Acho que chegou a hora de meditarmos sobre o
nosso relacionamento com a Afubesp.
Tendo por base o princípio que a soma
fortalece e a divisão enfraquece,devemos
pensar bem as diferenças que nos distan-
ciam.Se no passado houve desentendimento
sobre assuntos divergentes, os quais até
nos prejudicaram,é hora de repensar a nos-
sa situação junto ao hoje nosso inimigo
comum,principalmente os que não assinaram
a cláusula 44ª.
Uma união com a Afubesp talvez nos deixaria
mais fortes e também junto ao sindicato.
Os muitos que nos prejudicaram estão fora
do poder e alguns até presos.
Acho que devemos passar um apagador em cima
do que aconteceu e somar forças com uma no-
va união.
Abraços Pirolo.



  30/09/2016 - 11:34 -   |   Responder/Comentar  |   




  128521 - Raimundo Nonato da Silva   Teresina-PI

Meu caro Eliel. Seus comentários são sempre aulas de palavras que nos ensinam como viver, tanto no plano material quanto espiritual. Obrigado pela citação e parabéns pela clarividência de sempre. Nonato/Teresina.

  30/09/2016 - 10:47 -   |   Responder/Comentar  |   




  128520 - Antonio Carlos Medeiros Leitão   Rio De Janeiro-rj

Lindas e sábias as palavras de nosso nobre colega Eliel,somos agradecidos a Deus por nos dar dar tantas coisas,e sabendo aguardar o final deste processo,que tenho certeza que será favorável.Até a vitória que está próxima.

  29/09/2016 - 20:18 -   |   Responder/Comentar  |   




  128519 - Antonio Carlos Medeiros Leitão   Rio De Janeiro-rj

Lindas e sábias palavras do nobre colega Eliel,Deus sabe o que faz e o faz sempre para o bem de cada pessoa,manteremos sempre nossa fé ao nosso poderoso e amado Deus...Felicidades a todos nós.

  29/09/2016 - 20:10 -   |   Responder/Comentar  |   




  128518 - Flávio Domingos de Oliveira   Pirajuí - SP

Será que alguém está recebendo os PRECATÓRIOS relacionados para pagamentos em Julho, conforme relação aqui apresentada ?(Wilson Neves e Outros). A Afabesp informou que nosso pagamentos está na relação de 2008...

  29/09/2016 - 19:52 -   |   Responder/Comentar  |   




  128517 - Eliel da Silva DOrnelas   Cabo Frio - RJ


Colegas, apesar do que aconteceu, consegui concluir os estudos e à noite, até 94, quando da minha aposentadoria no banco, ministrava aulas. Após, passei a fazê-lo com mais frequência. Uma coisa aprendi,” tudo que eu sei é que nada sei “ ( Sócrates ). Quis dizer o quanto é horrível um regime de força. Tivemos vários exemplos no mundo e na América do Sul ainda se tem um exemplo que se Deus permitir a paz volte a reinar naquele País. Percebi que alguns colegas, talvez pelas investidas do nosso rival – esse banco espanhol – sintam saudades daquele regime. Queria lembrá-los que eu também já estive assim, ficava sofrendo e escrevia sobre meus ressentimentos, mas Graças a Deus passei a compreender o funcionamento da nossa Justiça. Nesta hora, não posso deixar de realçar as palavras do Dr. Nonato de Teresina, que sempre vem nos alertando sobre os fluxos e refluxos dos nossos processos. Esse banco, talvez use de outros meios que não o caminho judicial, mas não sei, então não posso afirmar, mas sabe usar dos possíveis recursos para postergar aquilo que o incomoda. Já escrevi que os nossos Advogados são brilhantes e estão nos defendendo de forma maravilhosa. Haja vista a última posição do Ministério Público, que obra linda ! Isto é: já somos mais que vencedores. O povo já reconheceu o nosso direito, basta os Tribunais reconhecer também. Hoje, espero em Deus que Ele seja misericordioso e nos agracie com as nossas tão esperadas vitórias nesses Tribunais. Esse Deus sabe todas as coisas. Possui seus propósitos que não nos cabem questioná-los.. Estive lendo minha Bíblia e o Salmo 19, mostra a Fala de Deus quando ele, para mim, que acredito que é o criador de todas as coisas, através da beleza do firmamento, da fala do sol todos os dias, da lua de quando aparece, das estrelas, dos movimentos dos mares Ele está falando, gerindo, controlando. Será que também não está controlando os nossos Processos? Para mim é muito claro, pois já vivenciei o bastante para conhecer o Poder de Deus. Fico feliz quando o Dr. José Milton e outros colegas postam vitórias parciais, mas são vitórias. Seja o final que tivermos em nossos processos ficarei feliz pois estou acompanhando e vivendo esta expectativa. Tenho pedido a Deus para nos dar saúde para que possamos vivenciar o final desses processos. Aproveito o ensejo para deixar registrado o agradecimento aos colegas que nos esclarecem e principalmente aos nossos Advogados que nos representam. Quanto aos Regimes, há muitos livros disponíveis para quem quiser entendê-los melhor. Hoje me delicio em querer conhecer mais de Deus através da Sua Palavra – A Bíblia Sagrada. Como de habitual, respeito as posições diferentes com todo meu Amor. Abraços em cada coração banespiano.

  29/09/2016 - 18:34 -   |   Responder/Comentar  |   




  128516 - Gilberto Pirolo   Ourinhos sp

A verdade nua e crua:
Gostei de ver a opinião dos colegas a
respeito de regimes de governo.
Uma ditadura seria boa,se os que se apossam do
poder o fizessem com as melhores intenções e
praticassem a Justiça acima de tudo.
Uma democracia seria ótima se fizessem a mesma
coisa.
Porém, tanto em um regime como outro aparecem
os oportunistas aliados do poder para praticar
irregularidades.
Tem militar que não presta,tem político que não
presta e tem até padre que não presta.
Isso é próprio do ser humano.
Compete a nós,homens de bons costumes procurar
melhorar com exemplos e falas que transmitam
as qualidades que deve ter o ser humano.
É para isso que servem nossos comentários.
Abraços Pirolo

  29/09/2016 - 16:33 -   |   Responder/Comentar  |   




  128515 - alis diba   são pedro do turvo/sp

Colegas, em relação a cobrança de tarifa, faz mais de um ano estavam cobrando taxa Van Gogh de mim. Como a colega Cleusa falou, eu não tenho recursos para ter este tipo de conta. Mandei cancelar e até hoje não cobraram mais taxa na minha conta. Na conta da minha irmã, que não é banespiana, também estavam cobrando a taxa Van Gogh. Mandei cancelar e como ela não é aposentada do Banespa, cobram uma taxa de R$11,50, a mais simples, com poucos direitos, mas, também este valor eles dão como crédito para mim no meu celular da vivo. A minha irmã não tem vivo, então vai para o meu.

  29/09/2016 - 14:46 -   |   Responder/Comentar  |   




  128514 - WILSON ROBERTO MARQUES DA SILVA   LEME=SP

PREZADOS COLEGAS, REFERENTE À COBRANÇA DE TARIFAS, LIGUEI PARA OUVIDORIA E CANCELARAM A TAXA DE 15,80 POR MÊS E AINDA ESTORNARAM ALGUNS MESES. O PROBLEMA AGORA É QUE ESTÃO COBRANDO TUDO, EXTRATO NO TERMINAL, SAQUES, PASSAR EM FRENTE AO BANCO, ETC.
NÃO SEI SE FIZ O CORRETO EM CANCELAR ATENDIMENTO VAN GOGH.

  29/09/2016 - 14:25 -   |   Responder/Comentar  |   




  128513 - JOSE MILTON DE ANDRADE MARQUES   SÃO BERNARDO DO CAMPO - SP



AÇÃO DO IGP-DI – MAIS UMA VEZ, MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL DÁ PARECER FAVORÁVEL À AFABESP.


Como se sabe, na ação do IGP-DI, além da execução provisória da sentença que tramita perante a 9ª Vara Federal Cível de São Paulo, estão pendentes de apreciação pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região – TRF-3, recursos de Apelação interpostos pelas partes envolvidas no processo, exceto o Banco Central do Brasil.

Em linhas gerais, a AFABESP recorreu buscando, entre outras coisas, a ampliação da sentença para que os reajustes da complementação de aposentadoria e pensão pela variação do IGP-DI, sejam aplicados desde o ano 2000 até os dias atuais e daí em diante, e não apenas no período do congelamento levado a efeito pelo Banco Santander, como foi decidido em primeira instância. E requereu, ainda, o afastamento de algumas restrições incluídas na sentença.

O Banco e o Banesprev recorreram alegando, entre outras coisas, que o congelamento foi legal e que nada devem aos integrantes do Plano V do Banesprev, beneficiados pela sentença.

A União Federal recorreu alegando em especial, que é parte ilegítima para figurar no polo passivo da ação, devendo ser excluída da demanda.

Pois bem, no dia 23 do corrente mês, o Ministério Público Federal emitiu parecer junto ao TRF-3, no qual opina, na sua conclusão, pelo provimento parcial do recurso da AFABESP, para que os réus sejam condenados “a viabilizarem a manutenção da garantia das obrigações previdenciárias aos substituídos por meio de quantidade suficiente de títulos com as mesmas características dos originariamente negociados, e a reajustar doravante as complementações de aposentadoria e pensão segundo índice IGP-DI desde 2000, promovendo o desconto dos reajustes aplicados. Prejudicados estão os apelos do BANESPREV, do BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A e da UNIÃO FEDERAL.”

Ou seja, o parecer do Ministério Público Federal, no geral, é favorável à AFABESP.

E embora dito parecer não possua força vinculativa, pode ser de extrema utilidade para que os Desembargadores do TRF-3 que vão julgar os já citados recursos, se convençam da total procedência do pedido formulado pela AFABESP na Ação Civil Pública em foco.

Por oportuno, cabe-nos informar que no dia 06 do corrente, o escritório contratado pela AFABESP para promover dita ação, protocolou em primeira instância, onde continua tramitando a execução provisória da sentença, petição requerendo o prazo adicional de 45 dias para apresentar sua manifestação à impugnação feita pelo Banco/Banesprev, que insistem no descumprimento da liminar que assegura o reajuste, desde logo, das complementações de aposentadoria/pensão dos integrantes do Plano V do Banesprev, associados da AFABESP, nas condições determinadas pelo juiz federal da 9ª Vara Cível Federal de São Paulo.

O requerimento de ampliação de prazo formulado pela AFABESP, teve em mira a extensa quantidade de documentos apresentados pelos réus, envolvendo mais de 10.000 beneficiários da ação, o que exige enorme trabalho de conferência de cada um desses documentos, bem como a elaboração de manifestação consistente para rechaçar os argumentos do Banco/Banesprev.

AFABESP – DIRETORIA


OBS. : agora precisamos saber se o prazo dos 45 dias serão esperados, ou poderá ser dispensado ?

  29/09/2016 - 12:43 -   |   Responder/Comentar  |   




  128512 - José Roberto Barin   Campinas/SP

Sindicato recusa proposta de 7% dos banqueiros.
Vejam o vídeo
http://www.spbancarios.com.br/Videos.aspx?id=1377

  29/09/2016 - 12:04 -   |   Responder/Comentar  |   




  128511 - José Roberto Barin   Campinas/SP

Sindicato recusa proposta de 7% dos banqueiros.
Vejam o vídeo
http://www.spbancarios.com.br/Videos.aspx?id=1377

  29/09/2016 - 12:04 -   |   Responder/Comentar  |   




  128510 - Marco Antonio Gonçalves Dias   são paulo

Estas grandes empreiteiras, os grandes conglomerados tanta bancário como na mídia, floresceram durante o regime militar,pois, este surgiu em virtude da revolução cubana, para fortalecer o capitalismo na América do Sul.

  29/09/2016 - 11:49 -   |   Responder/Comentar  |   




  128509 - Marco Antonio Gonçalves Dias   são paulo

O regime militar prendia, matava e torturava todos que eram contra o regime( democratas, republicanos, favoráveis ao império e socialistas) usando o comunismo como desculpa.
Abraços a todos.

  29/09/2016 - 11:42 -   |   Responder/Comentar  |   




  128508 - Raimundo Nonato da Silva   Teresina/PI

Olha, nesta civilizada discussão sobre regimes de governo penso que todos têm um pouco de razão, até porque eles funcionam com base na convivência humana que como sabemos nunca foi e jamais será perfeita. A democracia, porém, imagino eu, é o que mais se aproxima do ideal, exatamente por consagrar o respeito às liberdades individuais e coletivas, direito à ampla defesa e ao contraditório, assegurar a proteção do estado, garantir direitos sociais, etc., é claro que tudo isso em tese. Os desvirtuamentos ocorrem não por culpa do regime mas dos seus aplicadores que devem ser severamente punidos. E é esta impunidade que deve ser combatida. O regime, na minha modesta opinião, jamais. Deus nos livre das atrocidades de um regime militar. O que aconteceu com o Eliel e seus amigos da época é um exemplo. Comigo também algo parecido. Quando fui tirar minha primeira identidade civil na antiga DOPS e disse onde morava (Casa do Estudante), o cara encarregado, assim do nada, cismou que eu era comunista, me trancou numa sala reservada e passou meia hora me interrogando. Só me livrei do safado quando Deus entrou no meio e me fez lembrar de um coronel conterrâneo de quem afirmei ser amigo e podia dar informações a meu respeito. Mas saí com uma severa advertência:- "Se o coronel não fechar eu já sei onde tu mora. Lá tá cheio de subversivos". Os tais subversivos nada mais eram do que estudantes pobres como eu, vindos do interior, sem condições de pagar moradia na Capital. Nonato/Teresina.

  29/09/2016 - 10:00 -   |   Responder/Comentar  |   




  128507 - José Roberto Barin   Campinas/SP

Pirolo, concordo plenamente com o seu comentário 128504 e isso nos preocupa. Pelo que li o Sindicato não concordou com essa armadilha dos banqueiros. Porque ofereceram para o próximo ano inflação mais 0,5 de ganho real e neste ano, onde se baseia na inflação passada que ultrapassa 9% oferecem 7%?. Veja a incoerência deles. Fez bem o sindicato não aceitar.

  29/09/2016 - 09:25 -   |   Responder/Comentar  |   




  128506 - CARLOS ALBERTO RODRIGUES DOS SANTOS   BELO HORIZONTE-MG

128495-ELIEL
128502-ALMERINDO
128499/501-ORLY
Concordo com tudo que vocês falaram a respeito da ditadura entretanto acho que o ELIEL foi usado como bucha de canhão. Lamento pelo que ele passou e entendo porque ele é contra. Na verdade eu em meu comentário 128491/42 não afirmei que era favorável a Ditadura, apenas narrei os fatos em que eu vivenciei na época e concordo que em governo de exceção muita coisa desproporcional pode acontecer, mas não de uma maneira geral. A democracia implantada após 1985 não é e nunca foi a que nos precisamos. Governos como os de Sarney, Color e Lula não podem serem exemplos de democracia mas sim de aproveitadores. Os três e seus familiares são enquadrados como as maiores fortunas do Brasil após o exercício da presidência. Sugiro inclusive que o Lula escreva um livro com o título "COMO ENRIQUECER SEM TRABALHAR" que é onde se enquadra os seus filhos. Entendo também que o período do governo do PT/PMDB foi de exceção pois ele mantinha sob o seu domínio as duas casas legislativas, grande parte do Judiciário que vem sendo amplamente noticiado e o executivo. Qual o apelido que se dá a este tipo de governo. Quanto a educação, discordo de alguns comentários sobre o assunto. Estudavamos em escola pública porque o povo era pobre e não tinha condições de bancar a escola particular que era muito incipiente e o pobre só conseguia entrar para a particular através de "bolsa" de origem politica. Era o chamado voto de cabresto."Faça sua família votar em mim e eu te forneço uma bolsa". Inclusive afirmo que aos políticos que temos tidos e cuja responsabilidade maior é nossa por não sabermos escolher, não interesse povo culto e esclarecido.
Concluindo gostaria de esclarecer que sou favorável a implantação do sistema PARLAMENTARISTA que de acordo com o dito popular "ESCREVEU NÃO LEU O PAU COMEU" e prometo que não volto a falar no assunto.
Grato pela atenção dos colegas.

  29/09/2016 - 08:56 -   |   Responder/Comentar  |   




  128505 - Gilberto Pirolo   Ourinhos sp

Uma pergunta!
Será que num regime militar os banqueiros
estariam deitando e rolando em cima dos
brasileiros obtendo esses lucros vultosos?
Abraços Pirolo

  29/09/2016 - 08:41 -   |   Responder/Comentar  |   




  128504 - Gilberto Pirolo   Ourinhos sp

Fiquemos espertos.
O santander está tramando contra nós no
reajuste salarial.
Querem dar um aumento irrisório e um abono,
(de engodo.)Como o santander tem um monte de
aposentados que não assinaram a cláusula 44ª
e não estão na ativa provavelmente só recebe-
os 7% sem o abono.
Abraços Pirolo.

  29/09/2016 - 08:36 -   |   Responder/Comentar  |   




  128503 - João Carlos dos Santos   Birigui/SP

Caro colega ORLY,
Prefiro pagar do que entrar em contato com a AFU. rsrsrsrsrs

  28/09/2016 - 20:56 -   |   Responder/Comentar  |   




  128502 - Almerindo de Oliveira   Campo Grande-MS

Caro Pirolo,
Concordo contigo quando diz que a democracia é o melhor regime. Porém, se retrocedermos no tempo veremos que hoje as "grandes cabeças pensantes" de hoje foram os excluídos pelo regime militar.Não há necessidade de dar nomes aos bois.Todos sobem em palanques para dizer que foram os defensores das liberdades individuais, da anistia, e degradados pelo regime. A pergunta é:"Era este o País que defendiam naquela época?" Vivi a Revolução de 64 e na minha cidade não vi prender o exército prender nenhum santo. Só comuna,que diziam na clareza do sol que iriam tomar as terras, era uma questão de tempo. Na minha cidade , Miranda no MS, existia um paiol em uma ilha pronto para ser usado contra o próprio povo que resistisse. Os vi depois presos em gaiolas de boi e ao ver hoje no que se transformaram aqueles comunas é que concordo que não estávamos ainda preparados para a democracia.Não estamos ainda. Só estaremos quando se extirpar em definitivo com todos os traidores da nação.Digo traidores porque quem se rebela contra o Estado, e contra as Forças Armadas assim o são. Podemos ter divergências ideológicas, sem no entanto sermos inimigos e estes agiram como inimigos da sua Pátria e de seu povo. Não vejo razão em anistiar dando proveito financeiro por defender uma ideologia. Ideologia não tem preço, mas crime contra a Pátria tem. E a Pátria tem que cobrar de todos os cidadãos o respeito as Leis, aos Símbolos Nacionais. Estes que hoje estão aí a fazer leis em benefício próprio, repito são os mesmos que foram presos em gaiolas de boi, logo não são democratas, são oportunistas do poder. Neste momento o povo tem que acionar para que as Forças Armadas em nome do povo e em sua defesa e da ordem cumprindo seu papel institucional. O poder está em nossas mãos, desde que demonstremos nossas insatisfação de forma inequívoca que queremos uma limpeza e punição.Não será um regime de exceção, mas de expurgo.

  28/09/2016 - 20:28 -   |   Responder/Comentar  |   




  128501 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

128496 - Valdomiro Moreira Silva - São Paulo - SP

Colega, conforme dizem, os Militares acabaram com o ensino no Brasil. O PT ficou 13 anos no "PUDER", porque não restabeleceu o ensino no Brasil, nos moldes antigos?
Aliás, Lula chegou à presidência sem nunca ter lido um livro. Belo exemplo de um estadista!
E aquela FILÓSOFA do PT que disse ODIAR A CLASSE MÉDIA!

  28/09/2016 - 20:18 -   |   Responder/Comentar  |   




  128500 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

128498 - João Carlos dos Santos - 128497 e Cleusa Santa Toninato
Colegas,
Entrem em contato com a AFUBESP porque nos acordos com o Santander há artigo sobre isenção. Ou o BACEN sobre conta salário.

  28/09/2016 - 20:12 -   |   Responder/Comentar  |   




  128499 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

Prezado Eliel, infelizmente você passou por maus bocados. Acho que você foi denunciado aos militares pelos cabeças do comunismo quando foram presos.
Quando fui admitido no Banespa em SP em 67 (até 71), trabalhei na seção de OP da Matriz. Logo que cheguei havia dois comunistas na seção. Um comportado e coerente com a filosofia de vida dos socialistas, pois usava slack caqui e era discreto, só falava no assunto quando solicitado. Mas o outro, universitário da USP ou PUC, não me lembro, queria doutrinar todos ao seu redor. Veio várias vezes com aquele papo gasto da “mais valia” e outros mais (que no poder nunca fizeram); que o patrão tinha que dividir o lucro e tal. Eu era novo na seção e ouvia, até que outros universitários me falaram que o cara era muito chato com esse papo de comunismo. Aí peitei o cara; disse-lhe para olhar a minha camisa e a dele; a minha custou 50 e a dele 200; meu sapato também custou um quarto do dele; então como ele queria pregar o comunismo vivendo como um “burguês”. Nunca mais o cara perturbou. Provavelmente ele era um dos universitários ingênuos usados pelos cabeças do comunismo, como isca para os militares. Marcavam reunião geral na praça da Sé, mas os cabeças se reuniam em outro local. A cavalaria vinha e os universitários jogavam bolinhas de gude para os animais caírem e derrubarem os policiais. Ora, os homens armados iam aceitar serem desmoralizados? Foi por isso que muitos desapareceram. Nem sei como ficou o colega JOSÉ TIRTEO ZANON; alguém sabe? Os universitários eram usados como “buchas de canhão”.
Vi o vídeo do Romeu Tuma (pai). Ele contou com detalhes quem era LULA. O nome codificado era “BARBA”, e entregou muita gente ao delegado.
Tuma disse que não encostou a mão nele e até pagou do próprio bolso almoço para ele e outros (20) sindicalistas presos. O Lula quando presidente o chamou no palácio e o agraciou como gratidão.
A Myriam Leitão foi presa no quartel daqui e sofreu muito. Colocaram cobra e cachorro bravio perto dela.
Mas, durante o governo Lula/Dilma tinha trânsito livre. O que fez por nós? Nada! Só faturou como economista (inflação) e notícias nos jornais. E os que sobraram da ditadura estava no governo até a saída da Dilma, nada FIZERAM também!
E pior, desgraçaram o país. São quase 12 milhões de desempregados. Há 540 mil funcionários públicos RECEBENDO BOLSA FAMÍLIA.
Nossa democracia vai fazer alguma coisa?
Duvido! Nenhum deles vai perder o dinheiro que recebem SEM NADA FAZER e se reelegerem a cada pleito, enganando o “Zé Povinho”. E nós apenas PAGANDO O PATO através das taxas de impostos absurdos.
Passei dois anos da universidade federal do ES (UFES). Havia um comunista na minha turma. Certa vez a PF entrou no campus e escondemos o cara para não pegá-lo.
Para mim só tem um jeito: o chicote nessa corja de comunistas!
Eliel, desculpe o desabafo, mas é o que penso dessa cambada que desequilibrou nossa pátria. Na minha família temos dois desempregados.
obs.: acabei de ver na TV, os vereadores de Alegre-ES, reajustaram os salários de 4 mil para 6 mil.

  28/09/2016 - 20:05 -   |   Responder/Comentar  |   




  128498 - João Carlos dos Santos   Birigui/SP

128497 - Cleusa
Também pago uma taxa de R$ 15,80 mensal pela conta Van Goghi.
Nunca consegui isenção, apesar de comentários aqui, que pode-se pedir isenção, através da Ouvidoria. Mas comigo não teve jeito. Não tenho nada em aplicação, só alguns Din-Din e uma pequena poupança. Tenho dois cartões de Crédito, um Visa e outro Master, esses não pago anuidade, não sei até quando.

  28/09/2016 - 19:21 -   |   Responder/Comentar  |   




  128497 - Cleusa Santa Toninato   Itanhaém SP

Alguém pode me informar se perdemos o direito à isenção do pacote de tarifas ? Há dois meses o banco vem me cobrando e após a reclamação que fiz, efetuaram o estorno (excepcionalmente). Informaram que tenho um desconto na tarifa, pois eles tem convenio com o INSS e só. Sou funcionária aposentada pelo plano V, minha conta é Van Gogh e centralizei todos os meus pagamento no banco, inclusive o da fazenda.Fui informada ainda que teria isenção se tivesse valor aplicado de R$ 80.000,00. Piada né ? Só se o banco me pagar o que deve, quem sabe ? Será que fui contemplada, ou perdemos nossos direitos ???Acho estranho que não vejo ninguém reclamando aqui e nem do Face. Aguardo resposta. Agradeço

  28/09/2016 - 18:31 -   |   Responder/Comentar  |   




  128496 - Valdomiro Moreira Silva   São Paulo - SP

Os fatos vividos pelo ELIEL são deveras marcantes! Nao há como nos convencer quanto algumas monstruosidades praticadas pelo militarismo! Quanto ao sucateamento do Ensino dito p/ NONATO, concordo plenamente., basta que olhemos nossas Universidades outrora referências na América Latina (USP e Unicamp) hoje, classificadas acima das 300 no mundo , quando figuravam entre as 100. Temos que pensar em nossos netos e toda juventude brasileira quanto ao seu futuro! Quanto ao Ourinhense PIROLO, concordo plenamente sobre o brilhantismo do Moro e da.
Lava Jato! A ratazana está desesperada! Em outubro próximo deveremos estar em Ourinhos visitando parentes e gostaria de "botecar" algo com você e meus familiares! Será um imenso prazer!!!

  28/09/2016 - 14:28 -   |   Responder/Comentar  |   




  128495 - Eliel da Silva DOrnelas   Cabo Frio - RJ


Todos possuem suas verdades, seus pontos de preferência baseado nas experiências que cada um possui sobre os assuntos em questão. Baseado no conjunto de informações que cada pessoa possui sobre uma situação. Só quem conheceu de perto, quem sofreu as arbitrariedades, as exorbitâncias do poder sobre as pessoas, a falta de se poder pensar, pois ao se falar alguma coisa em desacordo com qualquer regime de exceção, a autoridade se manifesta do modo que ela quiser. Vou contar dois fatos que me ocorreram: o primeiro em 1968, às 22:40h estava eu com mais dois colegas do curso pré-vestibular que fazia, naquela data, conversando com dois professores – um de história, professor também do Colégio Pedro II, que já possuía mais de 50 anos de idade e outro professor de português, este aluno da UFRJ, com aproximadamente entre 25 a 30 anos, na saída da porta do curso, na Av. Pres. Wilson no Centro do Rio de Janeiro. Falávamos sobre as aulas e as provas que iríamos prestar. De súbito apareceu um caminhão do exército e nos levou presos. Cada qual foi para um determinado quartel. Graças a Deus fui colocado num cubico em um quartel o qual eu conhecia o Capitão, comandante de tal quartel. Pela manhã, por volta das 5:30h vi o Capitão pelo buraco da fechadura passar e o chamei pelo seu nome. Ele perguntou: porquê você está aí? Eu disse: só porque estava conversando com dois professores ao sair do Curso Pré-Vestibular, ontem às 22:40h. Ele disse só isto. Respondi – sim. Espere um pouco pegarei as chaves e você corra pelo morro e desapareça e não fale nada a ninguém. Agi como o Capitão falou, sem roupas, somente de cueca. Poucas pessoas sabem dessas coisas, pois as tive que manter em silêncio para poder viver. Sabem colegas, que os demais que foram recolhidos sem que houvesse precedentes contrários, eles só foram descobertos após 5 anos, porém todos mortos na Argentina. Como eu estava vestido com uma japona marrom e uma calça LEE, passei a ser perseguido até 1973. Meu apartamento após meu casamento, em 1972, foi arrombado, arrancada a porta por 3 vezes. Fui a uma delegacia do bairro e fui recomendado para não reclamar nada. Mudei do local e a perseguição continuou por mais 5 anos. Tudo passou. Peço a Deus que abençoe e se possível perdoem os carrascos e torturadores da época. Não há coisa pior na vida do que um regime de força. Procurem ler sobre os campos de concentração da Alemanha. Cada qual fará sua interpretação. Tomara que isto não retorne ao nosso País. Infelizmente há regimes de força transfigurados de democracia. Mesmo porque se um regime de força voltar, quem sofrerão serão nossos filhos e netos, quem mais nós amamos. Isto só para não dizer que não falei de flores. Abraços em cada coração banespianos.

  28/09/2016 - 12:54 -   |   Responder/Comentar  |   




  128494 - Gilberto Pirolo   Ourinhos SP

Caro Nonato!
É óbvio que toda ditadura não e benvinda porque
sabemos que o poder totalitário está sujeito a
arbritariedades,senão pelo próprio poder,mas
pelos aproveitadores de plantão.
Mas quando digo que làstimavelmente é algo bom,e´porque
infelizmente não estamos preparados para a democracia. Confundimos democracia, que sem dúvida é o melhor sistema,com baderna,
política da esperteza,liberalidade onde o cidadão só acha
que tem direitos e nenhuma obrigação.
A democracia só é boa,quando os poderes funcionam com harmonia,
as leis são cumpridas,enfim haja um respeito total que
infelizmente não é o nosso caso, e aí se opta por
um regime duro porque é única maneira de se colocar
tudo em ordem.
Estamos assistindo a dificuldade de se tirar do poder esses
bandidos pegos pela operação Lava Jato e ainda mais,fazê-los
devolver o que roubaram.
Em síntese,é dentro dessas condições que considero que
só um regime forte pode mudar essa situação.
Mas, viva a democracia.
Abraços Pirolo

  28/09/2016 - 11:55 -   |   Responder/Comentar  |   




  128493 - Raimundo Nonato da Silva   Teresina/PI

Lembrança de "bondade" deixada pela ditadura:- esfacelamento total do ensino público, provocando a criação de uma indústria que não pára de crescer - a de escolas particulares em todos os níveis. Os meus parcos conhecimentos foram todos adquiridos através do ensino público. Já meus filhos pra não ficarem analfabetos tiveram que estudar em colégios da rede privada. Foi no que deu botar general pra ser ministro da educação. Na saúde não foi diferente. Como se ver, tal regime foi muito bom para prender, torturar e até matar culpados ou inocentes que dele discordassem, esquecendo por inteiro a melhora ou manutenção dos serviços básicos de interesse coletivo dos brasileiros. Porém,como tem gosto pra tudo, devemos respeitar aqueles que pensam diferente. Nonato/Teresina.

  28/09/2016 - 11:06 -   |   Responder/Comentar  |   




  128492 - Marco Antonio Gonçalves Dias   são paulo

com.128481:Caro Pelegrino, acho de muita utilidade para o nosso grupo, seu trabalho.
Apesar de ser favorável às investigações, lamento que elas venham se partidarizando, acho que deveriam ser imparciais.

Abraços.

  28/09/2016 - 11:03 -   |   Responder/Comentar  |   




  128491 - Antônio Pelegrino   Cafelândia -SP

Desde bancário na ativa, ouvia se falar da extinção da profissão de Bancário, com essa proposta de 2 anos para acordo salarial, os banqueiros querem acelerar esse fim, para continuação de uma concentração ainda maior de várias atividades financeiras e outras, com um só ponto de venda. Vá virar Supermercado, com concentração de vários comércios, poucos empregos, e grandes lucros, e muitos conflitos com a população de classe inferiores.

  28/09/2016 - 10:48 -   |   Responder/Comentar  |   




  128490 - José Roberto Barin   Campinas/SP

Orly
Essa noticia é mais fresquinha. Continua amanhã a negociação, ou seja, não tem nada definido:

Negociação continua na quarta-feira
Com 22 dias de greve forte, banqueiros voltam a mesa com proposta de novo modelo de acordo, com validade de dois anos (2016 e 2017). Comando dos Bancários avisa: tem de trazer ganhos para a categoria

Redação Spbancarios
27/9/2016 (atualizada às 19h01)

São Paulo - A federação dos bancos voltou à mesa de negociação após 22 dias de greve forte com uma proposta de novo modelo de acordo, com validade de dois anos (para 2016 e 2017).

Na reunião realizada na tarde desta terça-feira, o Comando Nacional dos Bancários reafirmou que a proposta tem de contemplar emprego, saúde, vales, creche, piso, igualdade de oportunidades, segurança.

A Fenaban vai reunir os bancos na manhã desta quarta e a negociação continuará às 15h.

O Comando cobrou que a proposta tem de trazer ganhos para categoria.

Mais informações em breve.

  28/09/2016 - 21:13 -   |   Responder/Comentar  |   




  128489 - JOSE MILTON DE ANDRADE MARQUES   SÃO BERNARDO DO CAMPO - SP


Bancários decidem manter a greve após reunião terminar sem acordo

Greve dos bancários completou 3 semanas e é a mais longa da categoria.
Uma nova rodada de negociações foi marcada para quarta-feira.

  27/09/2016 - 19:57 -   |   Responder/Comentar  |   




  128488 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES


Ouvi rapidamente que os banqueiros ofereceram 7,5% + 3.300,00.

Foi rejeitado!

  27/09/2016 - 19:22 -   |   Responder/Comentar  |   




  128487 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

128482 - Hélvio José de Paula - Franca-SP-

Banespiano Hélvio, infelizmente aconteceram umas coisinhas nos nossos processos que, ACHO EU, opinião minha, os advogados não tiveram interesse em continuar não aceitando a sentença.

No meu caso o juiz mandou segurar 11% do valor que tinha direito. Fica retido em torno de R$ 700,00.
--

  27/09/2016 - 19:20 -   |   Responder/Comentar  |   




  128486 - JOSE MILTON DE ANDRADE MARQUES   SÃO BERNARDO DO CAMPO - SP



PROCESSO
0019510-52.2015.4.03.0000 SERÁ COLOCADO EM PAUTA DE JULGAMENTO P/O DIA 20 DE OUTUBRO DE 2016
Processo
2015.03.00.019510-9
Número de origem
0011303-54.2002.4.03.6100
Classe
564526 AI (AG) - SP
Vara
9 SAO PAULO - SP
Data de autuação
25/08/2015
Partes
Nome
Agravante BANCO SANTANDER BRASIL S/A
Advogado LUCIANO DE SOUZA GODOY
Agravado(A) ASSOCIACAO DOS FUNCIONARIOS APOSENTADOS DO BANCO DO ESTADO DE SAO PAULO AFABESP
Advogado JOAO ROBERTO EGYDIO PIZA FONTES
Relator
DES.FED. NELTON DOS SANTOS
Assuntos
Descrição
Assunto Licenças - Atos Administrativos - Direito Administrativo e outras matérias do Direito Público
Detalhe 1 Antecipação de Tutela/Tutela Específica - Processo e Procedimento - Direito Processual Civil e do Trabalho
Detalhe 2 Efeitos - Recurso - Direito Processual Civil e do Trabalho
Detalhe 3 AÇÃO CIVIL PÚBLICA
Órgão julgador
TERCEIRA TURMA


27/09/2016 INCLUIDO EM PAUTA PEDIDO DE DIA PELO RELATOR DO DIA 20.10.2016 SEQ.: 155 (DO DIA 20/10/2016 SEQ: 155) -
27/09/2016 RECEBIDO DO GABINETE PARA INCLUSÃO EM PAUTA -
14/09/2016 CONCLUSOS AO RELATOR GUIA NR.: 2016195312 DESTINO: GAB.DES.FED. NELTON DOS SANTOS -
14/09/2016 RECEBIDO DO GABINETE P/ CÓPIAS NO BALCÃO

  27/09/2016 - 17:17 -   |   Responder/Comentar  |   




  128484 - JOSE MILTON DE ANDRADE MARQUES   SÃO BERNARDO DO CAMPO - SP

Valor é acima de R$ 19 mil para quem tem mais de 46 anos de idade. Crédito é automático
O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começa na próxima segunda-feira, dia 9/10, a revisão de 184 mil benefícios previdenciários. A medida cumpre uma decisão judicial de 2012. Os segurados com idade entre 46 e 59 anos vão receber mais de R$ 19 mil. Os favorecidos com menos de 45 anos vão receber até R$ 6 mil. De acordo com a Justiça, o governo errou na regra do cálculo dos benefícios e prejudicou os aposentados.
O pagamento da revisão já foi atualizada no sistema de pagamento do INSS e os usuários podem fazer a consulta pelo telefone 135, a ligação é gratuita. O crédito começa na segunda-feira para quem tem cartão de benefício com final 1 e 6.
O lote de atrasados, que corresponde a diferença acumulada em favor dos segurados nos últimos cinco anos, abrange 184.470 benefícios de pensão por morte, auxílio-doença previdenciário, aposentadoria por invalidez, auxílio-acidente previdenciário, auxílio-doença por acidente de trabalho, aposentadoria por invalidez por acidente de trabalho, auxílio-doença por acidente de trabalho, auxílio-acidente e pensão por morte por acidente de trabalho. No total serão desembolsados perto de R$ 950 milhões.
Aqueles com final 2 e 7, no dia 10; final 3 e 8, no dia 11; 4 e 9, no dia 12; e benefícios com final 5 e 0 receberão os atrasados no dia 13 de maio. Para os benefícios em que titular faleceu após o processamento da revisão e antes do recebimento do crédito, e dos quais derivaram pensões por morte, serão realizados os pagamentos das diferenças ainda no decorrer do mês de maio.
Revisão
A revisão abrange o reprocessamento de benefícios pagos pelo INSS e concedidos entre os anos de 2002 e 2009 e decorre da alteração na interpretação do inciso II do Artigo 29 da Lei 8.213 de 1991, que trata da fórmula de cálculo da renda mensal dos benefícios por incapacidade ou pensões por morte deles originadas.
O pagamento dos valores atrasados segue cronograma estabelecido no acordo firmado pelo INSS e será realizado até 2022, utilizando critérios de situação do benefício (ativo/cessado), idade dos beneficiários na data da citação (17/04/2012) e a faixa de atrasados. A prioridade do pagamento será para beneficiários mais idosos, com menores valores e com benefícios ativos.


  27/09/2016 - 16:25 -   |   Responder/Comentar  |   




  128483 - João Carlos dos Santos   Birigui/SP

NOTÍCIA COMPLETA NA "FOLHA DA REGIÃO DE ARAÇATUBA"

O fim melancólico da gestão petista de CIDO SÉRIO em Araçatuba

Terça Feira - 27/09/2016 - 14h28

Reeleito com votação histórica há quatro anos, quando 51.553 eleitores deram-lhe a oportunidade de ficar mais um quadriênio à frente da Prefeitura de Araçatuba, Cido Sério (PT) vai encerrando seu governo de forma melancólica. Pesquisa Ibope encomendada pela Folha da Região, feita entre os dias 19 e 21 deste mês, diz que 84% dos Araçatubenses reprovam sua gestão. Difícil imaginar que, em 2012, o eleitorado que lhe deu um segundo mandato fosse prever um final tão desastroso.

  27/09/2016 - 16:01 -   |   Responder/Comentar  |   




  128482 - Hélvio José de Paula   Franca-SP-

Caro colega Orly Guerra- Com.128477- Com relação à sua gentil resposta à dona Valéria, filha de um ex-colega nosso que ele não tinha o direito à complementação pois havia trabalhado mais de trinta anos no Banco, portanto já recebia salário integral. Tudo bem, gostaria de perguntar-lhe, se você puder e souber me informar, pois trabalhei 26 anos no Banespa e 5 anos em outra empresa. Quando solicitei a complementação integral através da Afabesp à Secretaria da Fazenda, o juiz só concedeu complementação parcial segundo me informou a nossa Associação. Isto está correto, ou deveríamos ter recursado, pois grande parte de nossos colegas conseguiram a integral. Obrigado e grande abraço.

  27/09/2016 - 15:19 -   |   Responder/Comentar  |   




  128481 - Antônio Pelegrino   Cafelândia

C- 128479 - Marco Antônio G. Dias - Pequenos detalhes que nos dá um olhar panorâmico, para percebemos que tudo que precisamos para ser feliz, encontram-se ao nosso redor. Fico feliz em receber uma atenção carinhosa. Espero que as luzes divinais nos iluminem. Sei que gostas de política; eu apenas tenho meus picos de agitação, pensando que sei alguma coisa. Mas, quero esperar do Dr. Moro, que continua com seriedade ao seus objetivos: Desta forma está sendo aceito como líder. PIZZA NÃO! Pressão é que não falta dos individualistas. Gostaria que as operações não ficassem restritas somente aos altos escalões; executivos e legislativos de pequenos municipais precisam ser atingidos; pois aproveitam dos eleitores despolitizados, que não sabem nem que seja partido político. Gostaria também que atingissem os Bancos estrangeiros, que usam meios ilícitos, para remessas de lucros, prejudicando a Economia Nacional. Sei que Dr. Sérgio Moro, não toca em política, o negócio dele é procurar provas para punir. Encerrando hilariamente: Em 24/08/1954, suicidava-se Vargas, pressionado por puxa-sacos dos imperialistas, um deles você conhece, liberou o dinheiro do nosso Fundo. Nessa data um ESPANHOL,residente em São Paulo sabendo da morte do Getúlio, deu-lhe um viva, atirando contra o próprio coração.
Falando em espanhol,na minha região é grande a presença de descendentes de espanhóis. Um foi expulso do exército, porque não abria a mão para fazer continência, outro não cumprimentava ninguém, para não abrir a mão. Tempos passados,o nosso prefeito Parra se deparou com um caminhão, repleto de cachorros, enviados pelo Prefeito Gimenes de Penápolis. Imediatamente telefonou para o prefeito penapolense: Venha buscar agora essa carga de cachorros, porque se não vier, vou encher uma caminhão de espanhóis e jogar na sua cidade. abraços.

  27/09/2016 - 14:50 -   |   Responder/Comentar  |   




  128480 - valéria cristina gomes da silva   Maringá/Paraná

Prezado Orly!

Obrigada pela informação e atenção. Acredito que é informação suficiente
para mim.

Muito agradecida mesmo! Tudo de bom pra vc e família. Dia abençoado pra vc...

Abraços.

  27/09/2016 - 13:01 -   |   Responder/Comentar  |   




  128479 - Marco Antonio Gonçalves Dias   São Paulo

comentário 128451: Ótima dica. Obrigado Pelegrino.

  27/09/2016 - 11:40 -   |   Responder/Comentar  |   




  128478 - Virginia Maria de Andrade Vilor   Vinhedo SP

  27/09/2016 - 10:06 -   |   Responder/Comentar  |   




  128477 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

Prezada Valéria:

seu pai trabalhou mais de 30 anos, então não se enquadra numa lei do Estado de SP que dá direito a requerer a diferença de aposentadoria para o salário da ativa. Ele já recebe INTEGRAL. Para quem trabalhou menos, a Secretaria E. SP complementa a diferença.

Para maiores esclarecimentos sobre esse assunto, somente os Doutores José Milton, Péricles, Pelegrino e outros.
--

  27/09/2016 - 09:48 -   |   Responder/Comentar  |   




  128476 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

Colegas:

João Antonio Paiva
Milton Esposito
Luiz Cativo Pereira
Sebastião Chaim Junior
José Carlos Bariquelli
Onivaldo Messetti
Naldir Broseghini
Milton Jose Sartorio
José Roberto Corrêa
Carlos Roberto Rafanelli de Alcantara Silveira

Sobre o processo: 0009635-14.2014.8.26.0002

Vocês estão sendo debitados em 2x90 reais. Se algum de vocês procurou saber o motivo, gostaria de ser informado, porque o colega daqui não entendeu direito. (orlyguerra@gmail.com).
--

  27/09/2016 - 09:38 -   |   Responder/Comentar  |   




  128475 - marilda lucia da mata petrovcic   santos

gostaria de saber de alguns processos que existiam e que nunca mais tive notícias deles, eram 8(oito), favor entrar em contato pelo meu e-mail.

  27/09/2016 - 00:02 -   |   Responder/Comentar  |   




  128471 - airton da silva ferreira   ITABORAI

Agora vamos torcer para o Des Nelton não engavetar e decidir logo.O MPF foi totalmente favorável à nossa causa. Então ficamos assim...quem sabe rezar.....

  27/09/2016 - 21:20 -   |   Responder/Comentar  |   




  128470 - JOSE MILTON DE ANDRADE MARQUES   SÃO BERNARDO DO CAMPO - SP

ANDAMENTO DO PROCESSO
0011303-54.2002.4.03.6100
Processo
2002.61.00.011303-5
Número de origem
2002.61.00.011303-5
Classe
860969 AC - SP
Vara
9 SAO PAULO - SP
Data de autuação
26/02/2003
Partes
Nome
Apelante ASSOCIACAO DOS FUNCIONARIOS APOSENTADOS DO BANCO DO ESTADO DE SAO PAULO AFABESP
Advogado JOAO ROBERTO EGYDIO PIZA FONTES
Apelado(A) OS MESMOS
Relator
DES.FED. NELTON DOS SANTOS
Assuntos
Descrição
Assunto Licenças - Atos Administrativos - Direito Administrativo e outras matérias do Direito Público
Detalhe 1 AÇÃO CIVIL PÚBLICA
Órgão julgador
TERCEIRA TURMA
Localização
GAB.DES.FED. NELTON DOS SANTOS (DESP-1)
Endereço
AV. PAULISTA, 1842 - 20º ANDAR - TORRE SUL
Número de volumes
15
Número de páginas
3496

Fases *************************************************************
Data Descrição Documentos
26/09/2016 CONCLUSOS AO RELATOR GUIA NR.: 2016204234 DESTINO: GAB.DES.FED. NELTON DOS SANTOS -
26/09/2016 RECEBIDO(A) ORIGEM - MINISTERIO PUBLICO FEDERAL ******************************************************************** -
02/09/2016 REMESSA GR.2016185918 Destino: MINISTERIO PUBLICO FEDERAL

  26/09/2016 - 20:49 -   |   Responder/Comentar  |   




  128469 - Valéria Cristina Gomes da Silva   Maringá/Paraná

Olá Orly Guerra!

Estive falando com meu pai, e ele disse que não participou desse processo. Qto aos anos de Banespa, acredito que uns 33 anos, mas me informarei melhor! Gratíssima pela atenção.

Ótima semana pra vc.

  26/09/2016 - 18:07 -   |   Responder/Comentar  |   




  128468 - Raimundo Nonato da Silva   Teresina/PI

Com. 465. O MP não decide. Apenas emite opinião indicando o seu entendimento, que pode ou não ser seguido pelo juiz. No nosso caso foi importante o parecer favorável e vamos todos torcer pelo acolhimento pelo magistrado, inclusive porque nos fortalece nas próximas fases recursais. Nonato/Teresina.

  26/09/2016 - 16:15 -   |   Responder/Comentar  |   




  128467 - Joao Celante   Santos SP

realmente essa é uma ótima noticia aleluia,aleluia,aleluia;obrigado

  26/09/2016 - 15:05 -   |   Responder/Comentar  |   




  128466 - Alfredo Vaz Netto   São Paulo

NOTA DE ESCLARECIMENTO

BANESMÚTUO ESCLARECE, MAIS UMA VEZ, AOS ASSOCIADOS QUE NÃO ADERIRAM AO PLANO DE BENEFÍCIOS II DA MUTUOPREV, DURANTE O PERÍODO AUTORIZADO PELA PREVIC – SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL - ABRIL DE 2011 A JULHO DE 2013 – A POSSIBILIDADE DE RESGATAR AS COTAS EXISTENTES EM SEUS NOMES, DECORRENTES DO APORTE DA INSTITUIDORA E DAS CONTRIBUIÇÕES VERTIDAS PARA O PLANO DURANTE AQUELE PRAZO.
O VALOR DESSAS COTAS É DE R$ 4.500,00, APROXIMADAMENTE.
ESCLARECE, AINDA, QUE ESTE RESGATE TRATA-SE DE PROCEDIMENTO DISTINTO AO DO INSTITUTO PREVISTO NO PLANO DA MUTUOPREV, QUE É UM FUNDO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR E QUE APLICA SEUS ATIVOS A LONGO PRAZO COM O OBJETIVO DE PAGAR OS BENEFÍCIOS PREVISTOS NO PLANO, QUAL SEJAM, OS DE PECÚLIO/PENSÃO E APOSENTADORIA.
A MENSAGEM POSTADA NAS REDES SOCIAIS GERA TRANSTORNOS DESNECESSÁRIOS NO ATENDIMENTO NORMAL DA MUTUOPREV, COMO TAMBÉM INCERTEZAS NO QUADRO DE PARTICIPANTES.
A MUTUOPREV , COMO VIMOS DEMONSTRANDO REGULARMENTE, É:
O MELHOR CUSTO BENEFÍCIO EXISTENTE NO MERCADO EM RELAÇÃO AO BENEFÍCIO PAGO;
A CONTRIBUIÇÃO É RELATIVAMENTE BAIXA PARA UM BENEFÍCIO SUPERIOR A R$ 53.000,00;
SE BASEIA NO NÚMERO DE FALECIMENTOS INFORMADOS NO MÊS, CUJA MÉDIA MENSAL TEM SIDO DE 16(DEZESSEIS) RESULTANDO EM UMA CONTRIBUIÇÃO MÉDIA DE R$ 70,00;
A RESERVA MATEMÁTICA É CORRIGIDA MENSALMENTE, E A RENTABILIDADE VERIFICADA DURANTE O PERÍODO DE JANEIRO A AGOSTO 2016 FOI 9,60%, ÍNDICE QUE REAJUSTA A COTA DO PARTICIPANTE E O PATRIMÔNIO DO PLANO.
QUALQUER OUTRO ESCLARECIMENTO FAVOR CONTATAR PELOS TELEFONES:
11 – 3244-2540 OU 0800.778.2222

  26/09/2016 - 14:57 -   |   Responder/Comentar  |   




  128465 - JOSE ROBERTO BARIN   Campinas

Boa Tarde !
Aos experts no assunto gostaria de ver aqui um resumo sobre a Decisão do MPF de 23 pp postado hj pelo Alvaro, já que a nossa Afabesp não coloca na sua pagina. Grato

  26/09/2016 - 14:40 -   |   Responder/Comentar  |   




  128464 - Marco Antonio Gonçalves Dias   sao paulo

Relembrando a História: No Regime Militar, além da falta de liberdade de expressão, podemos destacar alguns pontos:
a) Reforma da educação enfraquecendo o ensino Público que era de ótima qualidade.
b)A estatização da saúde para enfraquecer os sindicatos dos trabalhadores, que controlavam os institutos IAPI, IAPB, IAPTEC e etc., unificando-os no INPS piorando a qualidade da saúde Pública, contribindo para a formação dos caríssimos Planos de saúde atuais.
c)ARROCHO SALARIAL para baratear a mão de obra empobrecendo o trabalhador e grande parte da população.
d)CORREÇÃO MONETÁRIA para beneficiar o capital( protegendo as grandes fortunas) contribuindo para a inflação que chegou a mais de 80% a.m.
É natural que a pequena parte da população que foi privilegiada sinta saudades.

  26/09/2016 - 13:50 -   |   Responder/Comentar  |   




  128463 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

128454 - Valéria Cristina Gomes da Silva - Maringá/Paraná

Valéria, não achei processo em nome do seu pai contra a Fazenda do Estado de SP.
Por isso você não achou o nome dele nos precatórios que tenho postado.
Ele se aposentou com quantos anos de BANESPA?
--

  26/09/2016 - 11:57 -   |   Responder/Comentar  |   




  128462 - Sebastião Antonio Rabelo Leite   Uberlândia

QUADRILHA NO PODER -

Esse safado do Palocci - uma das maiores decepções da minha vida - adquiriu um apartamento em São Paulo por R$ 6 milhões (uns 10 em dinheiro de hoje)depois de prestar "assessoria" ao Santander. Só mesmo com proteção divina contra essa quadrilha!

  26/09/2016 - 11:54 -   |   Responder/Comentar  |   




  128461 - Alvaro Pozzetti de Oliveira   Bauru/SP

CM.128402 - MARIA DE LOURDES TERRINI DOS SANTOS
Procure pelos advogados:
***************************************
Andreia de Siqueira Bonel
***************************************
Advogado: ERICSON CRIVELLI
***************************************
Advogado: Ricardo Tahan
***************************************
Advogado: Paulo Jose Bastos Mendes Pereira
***************************************

  26/09/2016 - 10:27 -   |   Responder/Comentar  |   




  128460 - Valéria Cristina Gomes da Silva   Maringá/Paraná

Caro Orly Guerra!

Super agradecida. No aguardo.

Um ótimo dia à vc e a todos...

  26/09/2016 - 09:47 -   |   Responder/Comentar  |   




  128459 - Antônio Pelegrino   Cafelândia -SP

Desculpem: Onde escrevi Carlos Prestes, leem Carlos Lacerda. Boa semana.

  26/09/2016 - 09:40 -   |   Responder/Comentar  |   




  128458 - Antônio Pelegrino   Cafelândia -SP

C- 128429 – Marco Antônio G. Dias - Diante do primordial interesse referente às nossas ações, alguém poderá abominar o início de retóricas nesse momento. Porém, para manutenção deste Site após finalização das ações, deveremos começar a nos interagir com assuntos corriqueiros do cotidiano com novas ideologias, principalmente com conhecimentos sobre política, pois os falecimentos, sofrimentos dos vivos e familiares nas injustiças nos julgamentos de nossas ações podem estar ligados a interesses políticos: Dinheiro para fomentar projetos no país, participações em Campanhas Políticas de origem da Espanha. Os desfechos de nossas ações não dependem de nossas vontades e sim das interpretações de autoridades constituídas, ressalvando a participação de colegas conhecedores de Jurisprudência, fornecendo subsídios à tramitação das mesmas. Gostaria de usar a ideia do nobre colega, certamente conhecedor a fundo de Política e também conhecimentos de outros colegas omissos, para dissertarem sem paixão sobre Política como etimologicamente existente: Governo do Povo, diplomacia e habilidades; ciência utilizada por países de Primeiro Mundo com ensinamentos fundamentais desde a infância. Também escrever sobre a Politicagem: Política mesquinha de interesses pessoais, onde domina a vontade dos políticos desavergonhados; usada pela maioria de nossos mandatários desde o dia 15 de novembro de 1.889. Alguns assuntos sugestivos a vir à baila:
Era Getulista
a) Estado Novo
b) Criação da Petrobrás
c) Júlio Prestes/Olga Benário Prestes
d) Jornalistas/Carlos Prestes/FHC
e) Imperialismo Americano (influência no país).
f) FHC – Ausente ao velório do pai
Era PT
a) Lula e sua distorção politiqueira à de Getúlio
b) Uso da Petrobrás
c) Oligarquia
d) Oposição compactuando a corrupção.
Bem! Quem usa dinheiro para se promover, atrelá-la ao mesmo. Vamos ensinar e aprender dentro da civilidade e respeito, no tocante às opiniões contrárias. Consenso para o bem de todos brasileiros e justiça aos merecedores. Lembrem-se: Para existir sabidos, necessário de faz a presença de bobos ou gananciosos despercebidos.

  26/09/2016 - 09:32 -   |   Responder/Comentar  |   




  128457 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

128454 - Valéria Cristina Gomes da Silva - Maringá/Paraná

Prezada Valéria, tentei entrar no TJ-SP para ver se seu pai tem ação contra a Secretaria do Est. SP, mas o site está em manutenção.

Aguarde!
--

  25/09/2016 - 19:40 -   |   Responder/Comentar  |   




  128456 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

128455 - Claudemir Ferraresi - GUARARAPES - SP

Prezado Claudemir, o BACEN & Compadres mais o Santander alegaram que foram emitidos outros títulos (com juros menores e correção por um índice menor do que o IGP-DI), NO LUGAR DOS "inegociáveis".

Mas, independente dessa patifaria do governo FHC dias antes da ENTREGA DO BANESPA ao Santander, o banco assinou compromisso de pagar nossas aposentadorias até o último Banespiano fechar o paletó. E a Secretaria do Est. SP ficou responsável por nós, caso haja algum quiproquó. Isto ouvi do colega (falecido) AMÓS, EX-diretor da ABESPREV.

Não se preocupe com essas coisas. e não se esqueça que, quem está no comando é DEUS.

Segundo meus cálculos, os 4 bilhões da venda dos títulos estão com saldo de mais de 30 bilhões.

Fique TRANQUILO!
--

  25/09/2016 - 19:37 -   |   Responder/Comentar  |   




  128455 - Claudemir Ferraresi   GUARARAPES - SP

Caro Orly Guerra, lí o seu comentário a respeito dos títulos garantidores de nossas complementações, confesso que fiquei um tanto preocupado.Você disse que os mesmos já foram negociados pelo Santander, portanto não existe mais garantia para nós.
Deduzo o seguinte: se no futuro o satã deixar de pagar as nossas complementações, nós ficaremos a ver navios, e a quem poderemos recorrer, à essa justiça morosa que existe?
Se isso acontecer estamos fritos, porque com o que o INSS nos paga, e se também continuar pagando, os APOSENTADOS DO BANESPA, não irão mais morrer de velhice, mas sim de fome.

  25/09/2016 - 18:24 -   |   Responder/Comentar  |   




  128454 - Valéria Cristina Gomes da Silva   Maringá/Paraná

Bom-dia!

Sou filha do bancário aposentado Elenoil Gomes da Silva. Estava lendo alguns comentários sobre pagamentos, e como meu pai não tem tempo de interagir com todos, então faço por ele. Por gentileza - como saber seu meu bahiano vai receber tbém? kkkk. Li sobre a ação no valor de R$2,100.00 e outra de R$ 26.000.000,00 do ano de 1993. Entrei no site (precatórios),e não apareceu nada. Por isso a pergunta! Desculpem o incômodo. Meu envia abraços aos bancários que trabalharam com ele. Bjs à todos.

  25/09/2016 - 12:11 -   |   Responder/Comentar  |   




  128453 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

Agradeço ao colega JOSÉ MILTON o pronto atendimento ao Banespiano MARIANO. E agradeço, também, as informações (com destaques) do MPF sobre nossa ação do IGP-DI.

Conforme o MPF:

Ademais,
como a própria autora reconheceu em suas alegações, os títulos em questão já foram efetivamente negociados, o que poderia inclusive aventar a possibilidade de perda fática do objeto. Assim, por todas as razões afirmadas nos excertos do Tribunal de Contas da União - acima destacados -, bem como pelas que ora acresci, deve ser rejeitada a alegação inicial da inegociabilidade dos títulos federais que serviram à securitização das obrigações atuariais do réu Banespa, agora Santander, perante os aposentados e pensionistas Pré-75.”

De fato, como os títulos referidos já foram há muito negociados, para que não se considere perdido o objeto, o pedido deve ser interpretado no sentido de se determinar a existência de títulos, com as mesmas características dos originais, para garantir a solvência das obrigações previdenciárias.

Eu já disse que o Santander vendeu os títulos logo depois de privatização. Então, os quatro bilhões aplicados nos Cartões de Crédito, Cheque Especial e Empréstimos consignados com rendimentos líquidos de 2% a.m., isto porque, só no VISA, o saque no cartão rende 21,53% a.m. (confirmar na fatura), o SALDO hoje é de mais de TRINTA BILHÕES, já deduzidas as folhas de pagamento e REMESSAS DE DIVIDENDOS para os acionistas da Espanha.
O pagamento das nossas duas ações é MIXARIA em relação aos FABULOSOS LUCROS DO SANTANDER COM O NOSSO DINHEIRINHO SURRUPIADO.
--

  25/09/2016 - 11:12 -   |   Responder/Comentar  |   




  128452 - fred   santos/São Paulo

126449-Nonato, o valor de Cr$ 26.000.000,00 (1993)é antes da mudança para o novo padrão (Real)

  25/09/2016 - 21:39 -   |   Responder/Comentar  |   




  128451 - Antônio Pelegrino   Cafelândia - SP

Quem possui precatório na Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, e quiser pesquisar, acompanhe abaixo:
1- Abra o site - www.tjsp.jus.
2- No quadro Advogado/Cidadão, clique em Precatórios
3- Em Precatórios clicar em informações para os Credores
4- Em Informações para os Credores, clicar em Sistema de Pesquisas de Precatórios e dos Pagamentos disponibilizados
5- Em Pesquisas, opte por uma das três disponíveis
6- Em precatórios opte por NOME e clique em Autor, preenchendo também a palavra em English, clicando a seguir em Pesquisar.

No quadro a seguir aparecerá dados de seu Precatório. Em tempo: Nem sempre esses dados aparecem, então use jargão da nossa velha: TENTE DE NOVO.



  25/09/2016 - 21:32 -   |   Responder/Comentar  |   




  128450 - Nelson Luiz Palomino   Ribeirão Preto/Sp

128449-Carlos Alberto Nonato-Indaiatuba-SP.- É CRUZEIROS Nonato e não REAIS...Essa ação é de 1993.

  24/09/2016 - 20:53 -   |   Responder/Comentar  |   




  128449 - Carlos Alberto Nonato   Indaiatuba - SP.

128447-ANTÔNIO PELEGRINO - Pelegrino, favor nos informar a que se refere essa ação. O valor é altíssimo (R$26.000.000,00), contra a Secretaria da Fazenda do Estado. Abs. Nonato-SP.

  24/09/2016 - 20:21 -   |   Responder/Comentar  |   




  128448 - MARIANO PEREZ MARTINS   sao jose do rio preto-sp

Um otimo fim de semana a todos----Quero agradecer a JOSE MILTON, pela atençao em que me esclareceu sobre o precatorio contra a secret. da fazenda. Um grande abraço ao amigo gentil e prestativo.

  24/09/2016 - 19:25 -   |   Responder/Comentar  |   




  128447 - Antônio Pelegrino   Cafelândia -SP

C- 128.443 - José Mílton de Andrade Marques - Primeiramente, agradeço a DEUS, por colocá-lo entre seus preferidos. Comento! Com medo de estar errado. Porém gostaria de os colegas não fossem tomados de euforia. Parece-me que os colegas constantes nessa ação, a maioria deve ter recebido parte dessa ação ( + ou - ) R$ 60.000. Muitos já faleceram. Porém o restante o DEPRE informa, que não serão considerados prioridades, pagarão por ordem cronológica, sendo que estão pagando os ROGATÓRIOS DE 1.999, há mais de um ano. Agora, com essa crise, morosidade e desinteresses dos Governos Estaduais, só DEUS sabe? Abraço amigo Mílton e a todos Feliz final de semana.

  24/09/2016 - 12:42 -   |   Responder/Comentar  |   




  128446 - JOSE MILTON DE ANDRADE MARQUES   SÃO BERNARDO DO CAMPO - SP

A T E N Ç Ã O DECISÂO QUE SAIU ONTEM E JÁ PASSEI AO ALVARO POZZETTI PARA COLOCAR NA INTEGRA PARA TODOS POIS É MUITA LONGA, MAS O IMPORTANTE É QUE A CONCLUSÃO QUE SEGUE ABAIXO É FAVORÁVEL A TODOS NÓS.
MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
PROCURADORIA REGIONAL DA REPÚBLICA
CONCLUSÃO **********************************************************
Diante do exposto, o Ministério Público Federal opina pelo
conhecimento de ofício da remessa oficial e pelo parcial provimento da
remessa oficial e do apelo da ASSOCIAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS
APOSENTADOS DO BANCO DO ESTADO DE SÃO PAULO – AFABESP,
**********************************************************************
apenas para que os réus sejam condenados também a viabilizarem a
manutenção da garantia das obrigações previdenciárias aos substituídos
por meio de quantidade suficiente de títulos com as mesmas
características dos originariamente negociados, e a reajustar doravante as complementações de aposentadoria e pensão segundo índice IGP-DIFGV desde 2000, promovendo o desconto dos reajustes aplicados.
Prejudicados estão os apelos do BANESPREV, do BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A e da UNIÃO FEDERAL.
*********************************************************************
No ensejo, junta-se aos presentes autos cópia de e-mail remetido ao
Ministério Público Federal por pessoas interessadas no célere julgamento desta ação.
**********************************************************************
São Paulo(SP), 23 de setembro de 2016.
Robério Nunes dos Anjos Filho
Procurador Regional da República
rzctg

  24/09/2016 - 10:55 -   |   Responder/Comentar  |   




  128445 - MÁRIO AUGUSTO FERREIRA DE ANDRADE   BAURU/SP

BERNARDO - MARÍLIA = Grande Bernardo, parabéns pelo aniversário e saudades do n/tempo da Audit. O Marivaldo se comunicou e disse que está guardando duas vagas pra nós no time de lá (kkkkkkkkkk). Eu rebati, dizendo que só vamos quando gastarmos a grana das ações do IGPD-I e Gratificações. Um abração do
Mário

  24/09/2016 - 08:37 -   |   Responder/Comentar  |   




  128444 - JOSE MILTON DE ANDRADE MARQUES   SÃO BERNARDO DO CAMPO - SP

ATENDENDO a solicitação do ORLY GUERRA repasso ao colega de São Jose do Rio Preto Mariano Perez Martins comentário 128435
que deve ligar à AFABESP e saber o que precisam fazer para irem cobrar o cartório para liberar o pagamento


Processo:
0416471-43.1995.8.26.0053 (053.95.416471-9)


(Tramitação prioritária)

Classe:
Procedimento Comum


Área: Cível
******************************************************************
Local Físico: 14/09/2016 00:00 - Administrador - PRIORIDADE 14/09/16
**********************************************************************
Distribuição: 17/07/2006 às 00:00 - Livre
Setor de Execuções contra a Fazenda Pública - Foro Central - Fazenda Pública/Acidentes
Controle: 2005/014569
Juiz: José Gomes Jardim Neto
Outros números: 583.53.1995.416471, 1152/95
Valor da ação: R$ 2.100,00


Exibindo todas as partes. >>Exibir somente as partes principais.

Partes do processo
Reqte: Samuel da Silveira Leite
Advogado: Hernani da Silveira Leite
Reqte: Fernando Mendes da Costa
Reqte: Roberto Salmazo Longhi
Reqte: João Batista Dias Filho
Reqte: Carlos Eduardo Dini Ferreira
Reqte: Antonio Carlos Peres
Reqte: Jose Carlos Caligaris
Reqte: Silvio Genaro
Reqte: Domingos Antonio Barbosa de Andrade
Reqte: Cyro Rubens Silveira Godoy
Advogado: Sergio Ferraz Fernandez
*********************************************************************
Reqte: Mariano Perez Martins
*********************************************************************
Reqte: Jesus Hermoso
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Advogada: Claudete Ricci de Paula Leao
Advogado: Dalmiro Francisco
Reqte: Sonia Maria Casagrande Coluci
Reqte: Jose Bernardo de Medeiros
Reqte: Ana Lucia de Souza Marques
Reqte: Laisa Mendes
Reqte: Antonio Paes de Almeida Filho
Reqte: Osman de Oliveira Ribas
Reqte: Alberto Pereira Neves
Reqte: Antonio Osvaldo de Arruda Leite
Reqte: Wheaton Brasil Vidros Ltda.
Advogado: Rogerio Mauro D`avola
Advogado: Waldir Siqueira
Advogado: Ricardo Luz de Barros Barreto
Advogado: Marcelo Ribeiro de Almeida
Reqdo: Fazenda do Estado de São Paulo
Advogada: Anna Paula Sena de Gobbi
Interesdo.: Prime Adminstração de Bens e Participações
Advogada: Mariana Paula Lorca


Exibindo todas as movimentações. >>Listar somente as 5 últimas.

Movimentações

Data Movimento **************************************************
08/08/2016 Recebidos os Autos do Advogado
RUA DIREITA, 32 ( FONE: 3291-4199 ) CONTROLE 14569/05 5º,6º VOLS. ( CARGA RAPIDA )
Tipo de local de destino: Cartório
*********************************************************************
Especificação do local de destino: Cartório do Setor de Execuções contra a FazPública
08/08/2016 Autos Entregues em Carga ao Advogado do Autor
RUA DIREITA, 32 ( FONE: 3291-4199 ) CONTROLE 14569/05 5º,6º VOLS. ( CARGA RAPIDA )
Tipo de local de destino: Advogado
Especificação do local de destino: Dalmiro Francisco
04/08/2016 Certidão de Publicação Expedida
Relação :1256/2016
Data da Disponibilização: 04/08/2016
Data da Publicação: 05/08/2016
Número do Diário: 2172
Página: 1227
03/08/2016 Remetido ao DJE
Relação: 1256/2016
Teor do ato: Execução nº 14.569/05V I S T O S. Fls. 1208/1209: Ciente o Juízo da manifestação do Ministério Público. Entretanto, conforme documentação de fls. 1206 e 1214, os exequentes juntaram certidão de curatela atualizada e autorização do Juízo da interdição para habilitação nestes autos. Publique-se a presente decisão e dê-se ciência ao Ministério Público. Aguarde-se o decurso do prazo recursal e, APÓS, expeça-se o mandado de levantamento do depósito de fls. 1012/1018, devolvido às fls. 1084, com as cautelas legais e aviso no DJE de dia e hora para retirada, bem como oficie-se ao juízo da interdição para informar sobre o valor levantado e para que seja exigido do curador, se assim entender necessária, a prestação de contas.Fls. 1217/1224: Indefiro o pedido de devolução do prazo pois não há novos depósitos nos autos. Apesar da publicação feita por equívoco, não há prejuízo ao requerente. Fls. 1192/1198: Trata-se de embargos de declaração opostos contra a decisão proferida às fls. 1116/1118.O recurso não merece acolhimento, porquanto não padece a decisão embargada de contradição, omissão ou obscuridade. Na verdade, pela argumentação apresentada, objetiva o embargante empreender caráter nitidamente infringente ao recurso, pretendendo novo julgamento da questão, o que não é admissível por esta via.Ante o exposto, REJEITO os embargos declaratórios opostos.No mais, aguarde-se o pagamento do remanescente.Int.
Advogados(s): Hernani da Silveira Leite (OAB 263423/SP), Mariana Paula Lorca (OAB 316609/SP), Dalmiro Francisco (OAB 102024/SP), Anna Paula Sena de Gobbi (OAB 286456/SP), ROBERTO GAUDIO (OAB 16026/SP), Rogerio Mauro D`avola (OAB 139181/SP), Sergio Ferraz Fernandez (OAB 257988/SP), Waldir Siqueira (OAB 62767/SP), Claudete Ricci de Paula Leao (OAB 28743/SP), Ricardo Luz de Barros Barreto (OAB 160786/SP), Marcelo Ribeiro de Almeida (OAB 143225/SP)

  24/09/2016 - 23:06 -   |   Responder/Comentar  |   




  128443 - JOSE MILTON DE ANDRADE MARQUES   SÃO BERNARDO DO CAMPO - SP

RESPONDENDO ao comentário 128440 do colega ANTONIO PELEGRINO ligue na AFABESP e pergunte que dia vocês irão receber
*******************************************************************
Processo:
0400720-84.1993.8.26.0053 (053.93.400720-9)
*********************************************************************

(Tramitação prioritária)

Classe:
Procedimento Comum


Área: Cível
*******************************************************************
Local Físico: 22/09/2016 00:00 - Cartório - Ag. Pagto.
********************************************************************
Distribuição: 16/12/2005 às 00:00 - Livre
Setor de Execuções contra a Fazenda Pública - Foro Central - Fazenda Pública/Acidentes
Controle: 2005/003548
Juiz: Camila Sani Pereira Quinzani
Outros números: 583.53.1993.400720, 50/93
Valor da ação: Cr$ 26.000.000,00


Exibindo todas as partes. >>Exibir somente as partes principais.

Partes do processo
Reqte: Carlos Alberto da Costa Velloso
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Advogado: Dalmiro Francisco
Reqte: Bernardino Micone Filho
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Angelo Oliveira
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Advogada: Claudete Ricci de Paula Leao
Reqte: Marcelo Finazzi
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Cassiano Lopes de Souza Filho
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Edson Joaquim Lima
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Helena Midori Kaneko
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Edison Fochi
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Advogado: Sergio Ferraz Fernandez
Reqte: Antonio Marcatti
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Antonio Celso Finazzi
Advogado: ROBERTO GAUDIO
********************************************************************
Reqte: Antonio Pelegrino
Advogado: ROBERTO GAUDIO
*********************************************************************
Reqte: Jose Luiz Veronezi
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Guilherme Antonio Finazzi
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Marina Soares de O. Finazzi
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Eduardo Velloso Viegas ( cedente)
Reqte: Fernando Dante Moraes Veronezi
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Edmir Jacomasso
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Jonas Finazzi
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Aya Watanabe
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Assad Deud Netto
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Aice Regina Rodrigues Basso
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: Esther Cecília Moraes Veronezi
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqte: José Luiz Veronezi Júnior
Advogado: ROBERTO GAUDIO
Reqdo: Fazenda do Estado de São Paulo
Advogado: Lauro Tércio Bezerra Câmara

  24/09/2016 - 22:54 -   |   Responder/Comentar  |   




  128442 - CARLOS ALBERTO RODRIGUES DOS SANTOS   BELO HORIZONTE=MG

CONTINUANDO. Existia em Niterói um Clube de Sargentos e Subtenentes do Exército-CESSEG que nesta mesma época tomou uma decisão inédita:
liderou a primeira greve dos Sargentos e Subtenentes no Brasil, sendo alguns dias depois acompanhado por outros clubes no País. O camando militar rapidamente conseguiu dominar o movimento e este fato também ajudou na implantação da DITADURA.








  24/09/2016 - 21:00 -   |   Responder/Comentar  |   




  128441 - CARLOS ALBERTO RODRIGUES DOS SANTOS   BELO HORIZONTE=MG

Prezado Orly, quando estorou a revolução de 64 eu estava com 22 anos e morava em Niterói=RJ(cidade dormitório do Rio), cidade onde entendo começou a dita cuja. No inicio de 64 houve uma greve dos maritimos ( atentar que na época não existia a ponte e a travessia da Baia da Guanabara era efetuada por balsas ou lanchas) e o povo em represália quebrou e queimou todas as instalações das empresas assim como roubou e destruiu as casas dos proprietários destas empresas. Tudo isso sob os olhares da Policia Militar que simplesmente se omitiu cumprindo determinação de um governador populista. A partir daí a balburdia imperou no Brasil com greves e movimentos populares até o dia 31.03.64 com a revolução. Eu era jovem, solteiro e gostava da vida noturna e com a implantação da revolução era comum encontrarmos a noite as ruas policiadas por soldados do exercito, sempre comandado por um sub ou oficial. Nunca fui tolido em minhas andanças noturnas e quando muito a solicitação de identificação. Locais que de certa forma era perigoso andar a noite passou a ter segurança que não existia antes. No inicio, a ditadura foi realmente traumatica com a prisão e caçassão de vários lideres políticos. Entretanto, para o povo, ela foi muito bem vinda pois o País começou a se estruturar com mudanças radicais em sua estrutura e até alcançarmos o período de ouro brasileiro. Houve um período em que os candidatos aos cargos executivos tinham que passar pelo crivo dos militares e vereadores não eram remunerados. Hoje temos que conviver com Dilma, Lula e suas crias do PT/PMDB, tipo Renan, Sarney, Jarbas Barbalho, Collor, etc.
Assim, prezado Orly, concordo com voce quando afirma que quem não deve não teme.

  23/09/2016 - 20:52 -   |   Responder/Comentar  |   




  128440 - Antônio Pelegrino   Cafelândia -SP

Comentário 128434 - Mariano Perez Martins - Gostaria de te dar uma boa notícia, mas os golpes contra os cidadãos são vergonhosos.
Possuo um precatório enferrujado no DEPRE (Departamento de Precatórios do TJSP). ganhei a ação em 1998, enrolaram 4 anos para ir a Precatório, cujo OC é 674/2002. Enviei um pedido de informação ao SIC, setor próprio para o inCidadão do TJSP, Responderam: Estamos pagando os precatórios referente ao ano 1.999, aguarde. Piada dos Órgãos Públicos do Brasil: Doente aguardando para ser atendido na fila do SUS. Por sorte ainda chegou vivo para ser atendido, o médico lhe diz: Não posso atendê-lo sou pediatra.

  23/09/2016 - 20:51 -   |   Responder/Comentar  |   




  128439 - Raimundo Nonato da Silva   Teresina-PI

Peço permissão para dá um pitaco sobre ditadura militar. Primeiro dizendo que a liberdade não envolve apenas o direito de ir e vir. Abrange vários itens básicos da vida, como protestar, se organizar em associações, criticar, ter a proteção contra agressões praticadas por agentes públicos, não ser torturado, ter direito à defesa quando acusado, não ser acusado sem provas, etc, etc, ou seja, tudo que a ditadura militar nega ao cidadão. Assim, com todo respeito e a par da nossa situação político-institucional, penso que só defende a ditadura militar quem não sofreu na pele, por si ou parentes, as atrocidades que até hoje causam repugnância. Acho que o país encontrará outra saída, começando pela Lava Jato. Nonato.

  23/09/2016 - 19:43 -   |   Responder/Comentar  |   




  128438 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

Prezado Mariano, sua pergunta é para nosso colega José Milton (advogado) responder. Pra mim não dá.
Vamos aguardar.
--

  23/09/2016 - 17:50 -   |   Responder/Comentar  |   




  128437 - Péricles de Andrade   Paraguaçu Pta.

STF LEVA 33 ANOS PARA JULGAR CASO DE PATERNIDADE - Processo demorou tanto que os principais envolvidos, incluindo o filho, estão mortos - "Um processo de reconhecimento de paternidade que tramitava havia 33 anos no STF teve ontem seu desfecho, quando os ministros da Corte entenderam, por unanimidade, que Antono Carlos da Silva é filho de Vicente Risola" (Estadão, 23.09, A-18). Pois é colegas, corremos o mesmo risco nos nossos principais procs. contra o Santander!

  23/09/2016 - 17:02 -   |   Responder/Comentar  |   




  128436 - Nelson Luiz Palomino   Ribeirão Preto;/Sp

Com-128433-Claudecir Veiga Beraldi - PRESIDENTE PRUDENTE.

Colega, esse Agravo refere-se a ação do IGPDI e não Gratificação como foi mencionado e o despacho é para a Banesprev regularizar os procuradores sob pena de não conhecimento do recurso.

  23/09/2016 - 17:00 -   |   Responder/Comentar  |   




  128435 - MARIANO PEREZ MARTINS   sao jose do rio preto-sp

ESTIMADO COLEGA ORLY--Fiz um comentario no saite sobre precatorio, gostaria que me desse um resposta em relaçao ao exposto--sem mais, um abraço

  23/09/2016 - 16:31 -   |   Responder/Comentar  |   




  128434 - MARIANO PEREZ MARTINS   sao jose do rio preto-sp

UM OTIMO FIM DE SEMANA A TODOS- Amigos, meu precatorio da secret. da fazenda foi inserido no ano de 2004--Alguem poderia me informar a que ano se referem esses precatorios que estao sendo pagos, e se o ano de 2004 sera pago logo. Sem mais agradeço pela atençao.

  23/09/2016 - 16:25 -   |   Responder/Comentar  |   




  128433 - claudecir veiga beraldi   PRESIDENTE PRUDENTE

STJ - Processo Gratificação

AREsp 976598 / SP 2016/0231373-0 25/08/2016 Eletrônico menos
Parte(s)
AGRAVANTE:BANESPREV FUNDO BANESPA DE SEGURIDADE SOCIAL
AGRAVADO:ASSOCIACAO DOS FUNC APOSENTADOS DO BANCO DO EST SP
INTERES.:BANCO CENTRAL DO BRASIL - BACEN
INTERES.:UNIÃO
INTERES.:BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A.
Assunto(s)
DIREITO CIVIL.
Relator
PRESIDENTE DO STJ
Ramo do Direito
DIREITO CIVIL
Tribunal de Origem
TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIÃO
Números de Origem:
00113035420024036100, 00194975320154030000, 00229944620134030000, 113035420024036100, 200261000113035, 201503000194970, 564435.
Última fase
23/09/2016 - Proferido despacho de mero expediente determinando intimação da parte Recorrente para regularizar a representação processual, no prazo improrrogável de 5 (cinco) dias, sob pena de não conhecimento do recurso (Publicação prevista para 26/09/2016)

  23/09/2016 - 15:46 -   |   Responder/Comentar  |   




  128432 - Péricles de Andrade   Paraguaçu Pta.

Caros colegas, hoje é 23.09 e, por enquanto, nenhuma notícia da ação de CUMPRIMENTO PROVISÓRIO DE SENTRENÇA (22941, de 16.09.2015). A última notícia da Afabesp é da prorrogação concedida de 60 dias úteis, que, a meu ver, venceu em 06.09. Neste mesmo dia, a Afa protocolou um pedido que, segundo alguns colegas, é de mais uma prorrogação de prazo, agora de 45 dias úteis. A petição foi recebida na Secretaria da 9ª Vara em 08.09. Em 15.09 essa petição da exequente (Afa) foi juntada ao proc.. E nada mais foi dito a respeito. Alguém sabe alguma coisa mais, um fato novo? Enquanto o juiz não der seu parecer, não começa a contar o prazo de mais 45 dias. Bom pra nós que teremos mais alguns dias pra elaborar a "complicada" defesa, ruim se o juiz indeferir! Abs, Péricles.

  23/09/2016 - 13:28 -   |   Responder/Comentar  |   




  128431 - Antônio Pelegrino   Cafelândia -SP


Voto branco x voto nulo: saiba a diferença

Apesar de o voto no Brasil ser obrigatório, o eleitor, de acordo com a legislação vigente, é livre para escolher o seu candidato ou não escolher candidato algum. Ou seja: o cidadão é obrigado a comparecer ao local de votação, ou a justificar sua ausência, mas pode optar por votar em branco ou anular o seu voto.

Mas qual é a diferença entre o voto em branco e o voto nulo?


Voto em branco

De acordo com o Glossário Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o voto em branco é aquele em que o eleitor não manifesta preferência por nenhum dos candidatos. Antes do aparecimento da urna eletrônica, para votar em branco bastava não assinalar a cédula de votação, deixando-a em branco. Hoje em dia, para votar em branco é necessário que o eleitor pressione a tecla “branco” na urna e, em seguida, a tecla “confirma”.



Voto nulo

O TSE considera como voto nulo aquele em que o eleitor manifesta sua vontade de anular o voto. Para votar nulo, o eleitor precisa digitar um número de candidato inexistente, como por exemplo, “00”, e depois a tecla “confirma”.

Antigamente como o voto branco era considerado válido (isto é, era contabilizado e dado para o candidato vencedor), ele era tido como um voto de conformismo, na qual o eleitor se mostrava satisfeito com o candidato que vencesse as eleições, enquanto que o voto nulo (considerado inválido pela Justiça Eleitoral) era tido como um voto de protesto contra os candidatos ou contra a classe política em geral.



Votos válidos

Atualmente, vigora no pleito eleitoral o princípio da maioria absoluta de votos válidos, conforme a Constituição Federal e a Lei das Eleições. Este princípio considera apenas os votos válidos, que são os votos nominais e os de legenda, para os cálculos eleitorais, desconsiderando os votos em branco e os nulos.

A contagem dos votos de uma eleição está prevista na Constituição Federal de 1988 que diz: "é eleito o candidato que obtiver a maioria dos votos válidos, excluídos os brancos e os nulos".

Ou seja, os votos em branco e os nulos simplesmente não são contados. Por isso, apesar do mito, mesmo quando mais da metade dos votos forem nulos, não é possível cancelar uma eleição.

Como é possível notar, os votos nulos e brancos acabam constituindo apenas um direito de manifestação de descontentamento do eleitor, não tendo qualquer outra serventia para o pleito eleitoral, do ponto de vista das eleições majoritárias (eleições para presidente, governador e senador), em que o eleito é o candidato que obtiver a maioria simples (o maior número dos votos apurados) ou absoluta dos votos (mais da metade dos votos apurados, excluídos os votos em branco e os nulos).



Com informações do TSE

  23/09/2016 - 13:05 -   |   Responder/Comentar  |   




  128430 - Marco Antonio Gonçalves Dias   São Paulo

Com.,128424. O DOI-CODI PRENDIA POR QUESTÕES IDEOLÓGICA E NÃO POR DESONESTIDADE, QUE ERA ATRIBUIDA A POLÍCIA COMUM.

  23/09/2016 - 12:31 -   |   Responder/Comentar  |   




  128429 - Marco Antonio Gonçalves Dias   são paulo

Voltamos a falar de Política, neste espaço?????

  23/09/2016 - 10:37 -   |   Responder/Comentar  |   




  128428 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

Hoje recebi a cédula para votar. Conforme carimbo no envelope foi postada em 13-09-2016 às 10:22 - AGF PLANALTO / SPM.
Votei e enviei hoje mesmo.
--

  22/09/2016 - 18:21 -   |   Responder/Comentar  |   




  128427 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

Pelegrino, como preparar o parlamentarismo no Brasil? Somente através dos políticos CORRUPTOS que aí estão. Será que eles aceitariam restringir-lhes os direitos e diminuir o dinheirinho que recebem? A despesa com cada parlamentar federal é de R$ 166 mil por mês. Na justiça não é diferente.
Não há como criar o regime parlamentarista no Brasil. Eles não permitiriam.
Outra coisa, nos países desenvolvidos os indivíduos já são preparados nas escolas desde a infância.
Para se ter ideia, tive um professor de inglês que fez curso nos EUA na década de 50. Ele falou que nas escolas os alunos, além das matérias rotineiras, eram preparados para praticar um esporte, ou aprender um tipo de arte, ou se preparar para ser escritor. Quem não tivesse aptidão nenhuma era ensinado a aplaudir os colegas que se destacassem.
Aqui não há preparação nem para a vida profissional.
Há muito tempo estou tendo dificuldade para conversar com as pessoas. São raras as que têm um pouquinho de cultura, pelo menos. Então, para não destoar, sou obrigado a ouvir e falar de acordo com o assunto tratado.
Nossos compatriotas, (mesmo as pessoas que têm curso superior), não foram preparados como os povos dos países desenvolvidos.
Então, para melhorar, isto é, dar um jeito nessa cambada de corruptos safados, e reorganizar o país, somente com O CHICOTE DOS MILITARES.
Obs.: os que sobraram do governo militar estavam ou estão no governo desde Sarney; e o Brasil está se afundando cada vez mais. Não se esqueça que a arrecadação de impostos em 2015 foi de DOIS TRILHÕES. Gastaram DOIS E OITOCENTOS. O governo está fabricando dinheiro sem lastro há muito tempo.
--

  22/09/2016 - 17:26 -   |   Responder/Comentar  |   




  128426 - Gilberto Pirolo   Ourinhos SP

Ditadura e Lava jato.
De vez em quando o Brasil e os brasileiros passam por
períodos de insegurança.
Passamos por anos sobre regimes totalitários e
democráticos.
Os motivos do golpe militar não se diferencia muito
dos motivos que ocasionaram a Operação Lava Jato.
Os militares não viram outra saída para colocar o
pais nos eixos senão tomar o poder ,pois os políticos
da época ,como os de hoje, estavam levando o pais para o caos.
A única saída foi tomar o poder.
Hoje,embora vivemos a mesma situação,provocada pelos polí-
ticos que só pensam em usar o poder para seus interesses,
surgiu um juiz que resolveu dar um basta nessa maracutaia
que tem prejudicado tanto ,seja no Judiciário,legislativo e
executivo a nós brasileiros,no nosso caso,está aí a enrola-
ção sobre nossos processos.
Penso eu que se não fosse a Operação Lava Jato esses polí-
ticos afundariam ainda mais o país e aí sim talvês o regime mi-
litar seria a única solução,porem,desta vez com derrama-
mento de sangue.
Tudo isso porque?
Porque como já disse Pelé,não sabemos votar
e pior não temos homens públicos á altura para
governar o país.
Daí vem a idéia que só ditadura consegue impor a
ordem em cima do povo, o que infelizmente não deixa
de ser verdade.
Eu vivendo em plena ditadura militar que começou
no mesmo ano do meu concurso para ingresso no
Basnespa,de nada dela tenho a reclamar e digo mais,
foi os melhores anos de minha vida.
Quanto a pseudo democracia em que vivemos percebemos
que tanto na direita como na esquerda os políticos
exercem o mandato com muitas intenções,menos as que
se referem aos interesses do país.
É o que penso.Com respeito aos que discordam
desejo-lhes,
Um grande abraço.
Pirolo.




  22/09/2016 - 17:24 -   |   Responder/Comentar  |   




  128425 - Antônio Pelegrino   Cafelândia -SP

C- 1228424 - Colega Orly - Meu pai era honesto, trabalhador e nunca foi convocado pelo DOI-CODI, porém a maioria dos nossos políticos estiveram lá. No momento sou contra uma Ditadura Militar, apesar de engolirmos um Ditadura Velada de pessoas não militares. Hoje com a globalização, só irá prejudicar as vidas dos brasileiros. Sou a favor de um regime Parlamentarista, nos moldes das maiores potências. Se no presidencialismo se torna difícil afastar os políticos corruptos; olha o afastamento da DIRMA, CUNHA e outros que não merecem estar lá, quanto tempo? Agora, no Parlamentarismo, além do presidente, rei, etc mandarem pouco, são afastados num piscar de olhos. Abraço.

  22/09/2016 - 13:09 -   |   Responder/Comentar  |   




  128424 - ORLY GUERRA   VILA VELHA - ES

Colegas: Mário, João Carlos e Claudemir
todos os dias entro no site da AFÁ que nem prescrição médica: pela manhã, à tarde e à noite.
Mas tem uma notícia fresquinha: 21/09/2016 – ALMOÇO – COSTELA NO CHÃO – RECANTO CAMPESTRE VINHEDO.
Não sei porque não informaram, por alto, sobre o recurso após os 60 dias.
João Carlos, acho que podemos confiar na AFÁ, apesar do freio de mão puxado.
Sebastião Leite, infelizmente os “home” do congresso fazem as leis, porque garantem eles que há democracia. Pergunto: ‘que democracia temos no Brasil?’
No Brasil só houve tranquilidade e crescimento quando tivemos Governo Militar;
Nunca fui perturbado por eles. Andava por qualquer lugar a qualquer hora sem problemas, inclusive quando morei em SP próximo ao DOPS.
Criaram um forte parque industrial. No ES várias empresas surgiram, destacando-se CST e Aracruz Celulose. A Vale foi incrementada para exportar mais minério de ferro e passou a exportar também pelotas. Na grande Vitória só havia pouco mais de 100 mil habitantes; hoje, milhões. Importamos profissionais qualificados de outros estados e do estrangeiro.
Resumindo, com os ladrões da democracia, nunca sairemos do atoleiro que Sarney, Collor, FGH, Lula e Dilminha nos enfiaram.
Por isso sou a favor do retorno dos MILITARES.
Nunca devemos perder a ESPERANÇA.
ÁLVARO POSTOU:
Conselho Útil: - NUNCA DESISTA DE SI MESMO
“Quando você passar por um período difícil, quando tudo parecer se opor a você … Quando você sentir que não pode sequer suportar mais de um minuto, não desista! Porque esse será o momento e lugar que o curso irá desviar!”
--

  22/09/2016 - 12:42 -   |   Responder/Comentar  |   




  128423 - CLAUDEMIR FERRARESI   GUARARAPES SP

Ref.ao comente. 128422, é revoltante este silêncio da AFABESP, não divulga nada, inclusive a tal reunião com as AABANS, no Guarujá até agora ninguém divulgou nada nem seque um comentário resumido do assunto que foi tratado na tal reunião.
Aí incluo também a nossa AFABAN - ARAÇATUBA

  22/09/2016 - 11:23 -   |   Responder/Comentar  |   




  128422 - Ant   Cafelândia -SP

Colega Leite, primeiro, a grande satisfação de ler o seu comentário e lembrar dos bons tempos de Guarujá. Todos os colegas com raras exceções estão ávidos em receber valores das ações para ´pagar alguma coisa, outros com o burro na sombra, se vier vão guardar. Todos os dias que assisto notícias pela informações televisivas, sempre há políticos empresários acusados de improbidades administrativas. Sem ofender, apenas pensar; Será que podemos confiar piamente no funcionamento da Afabesp a nosso favor? Estranhos certas atitudes de empurrar para frente. Abração colega

  22/09/2016 - 11:05 -   |   Responder/Comentar  |   




  128421 - Sebastião Antonio Rabelo Leite   Uberlândia

Prezado João Carlos dos Santos:

Infelizmente as nossas leis são elaboradas pelo nosso Congresso Nacional, onde temos 1/3 dos senadores respondendo a acusações criminais e 150 deputados investigados no Supremo Tribunal Federal. Uma mudança em nosso sistema judiciário depende dessa corja.Lá nos Estados Unidos,bem como em outros países, a quantidade de ações que vão para a Suprema Corte é irrisória. Aqui no nosso Brasil, dá para confiar em "legisladores" como Jader Barbalho, Paulinho da Força, "Narizinho", Tiririca etc etc etc??????
Um abraço

  22/09/2016 - 09:23 -   |   Responder/Comentar  |   




  128420 - MÁRIO AUGUSTO FERREIRA DE ANDRADE   BAURU/SP

Prezado ELIO GALIETA-LONDRINA/PR,- Não esquente a cabeça com a morosidade da Afabesp. Só pra você ter uma idéia, o site oficial publicou a última notícia dia 06 deste mês.Caramba, hoje já é dia 22 e será que não aconteceu nada que mereça um registro ?
Vai devagar, não sacode que cái peça...
Mário de Andrade

  22/09/2016 - 08:28 -   |   Responder/Comentar  |   




  128419 - ELIO GALIETA   Londrina Pr

À Afabesb e tão morosa que.. recebi a cedula para votar para Assem lea Geral Extraordinária, no dia 20.09.2016

  22/09/2016 - 00:25 -   |   Responder/Comentar  |   




  128418 - João Carlos dos Santos   Birigui/SP

Vejam a INUTILIDADE do nosso do nosso STF.
Ficaram das 14 horas até às 18:30 julgando um processo
de paternidade, sobre a responsabilidade do pai biológico.
Isso tinha que ficar com Juiz da 1ª ou 2ª Instância ou no máximo no STJ. Os caras ganham demais (e ainda querem aumento), para ficarem na TV aparecendo, cada qual querendo aparecer mais que o outro. Enquanto isso os Processos se amontoam e não estão nem aí.....

  21/09/2016 - 19:35 -   |   Responder/Comentar  |   




  128417 - Luiz Cesar da Fonseca   Vitória - ES

Caro José Gallo.

Em resposta ao seu comentário 128414 onde você pergunta (o que Fazer?).

Sugiro entrar em contato com a AFABESP (Rua Direita, 32 - 3 e 4 andares, Centro - São Paulo - Fone: 11-3291-4199) o mais rápido possível, pois eles com certeza te darão uma solução.

Ademais, o que está ocorrendo não é um caso isolado de Campinas, mas vários outros municípios devem estar com o mesmo problema.

Sugiro também, entrar em contato com outros colegas de sua região para verificar se eles também não receberam.

Boa sorte.

  21/09/2016 - 16:03 -   |   Responder/Comentar  |   




  128416 - Almerindo de Oliveira   Campo Grande-MS

Sobre o comentário -128414-José Gallo; concordo que a logística foi dificultada pela greve dos Correios, porém, embora esteja longe da grande fogueira Afabesp, e o que eu já sugeri às Afabans mais próxima de São Paulo e logicamente com a anuência da Afabesp , que as nossas Afabans coletasse em tempo e levassem em mãos a São Paulo , em tempo hábil para a primeira chamada. Temos neste momento deixar de lado o comodismo e nos incluirmos na luta que não é só da Diretoria e do Jurídico da Afabesp, é de todos nós que acreditamos nos nossos direitos e amargamos com o congelamento dos salários e com o casuísmo jurídico com finalidade protelatória.Temos neste momento que dar uma demonstração de unidade de propósito e principalmente declarar com este SIM que a AFABESP é a nossa representante legal, envidando todos os esforços para que esta AGE cumpra com a sua finalidade. A nossa vitória depente também do esforço e despojamento dos associados, com o mesmo espírito de luta quando na ativa, pois, hoje embora possamos ter menos energia, temos sem dúvida mais sabedoria. Um abraço.

  21/09/2016 - 16:00 -   |   Responder/Comentar  |   




  128415 - TEMOS QUE ACREDITAR NA JUSTIÇA...   APDOBANESPA

COMPLEMENTANDO O COMENTÁRIO Nº 128411 DE JOSÉ GERALDO DE ARAUJO - BRAGANÇA PAULISTA 21/09/2016 - 08:51

Caro Jose Geraldo, excelente a sua publicação. Nesta postagem, caso alguem queira fazer comentário, (obs. *) bastará acessar o abaixo que
poderá opinar.

http://stj.jusbrasil.com.br/noticias/380668940/santander-pagara-diferencas-a-aposentados-de-instituicoes-adquiridas

Santander pagará diferenças a aposentados de instituições adquiridas
Superior Tribunal de Justiça
Publicado por Superior Tribunal de Justiça
há 16 dias

10 visualizações

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) que condenou o Banco Santander, na qualidade de responsável solidário, ao pagamento das diferenças de complementação de aposentadoria referentes a aumentos salariais não concedidos aos aposentados de instituições financeiras estaduais adquiridas pelo banco.

Os aposentados eram empregados do Banco da Província do Rio Grande do Sul S.A., Banco Nacional do Comércio S.A. e Banco Industrial e Comercial do Sul S.A. e participantes das entidades de previdência privada Associação dos Funcionários Banco da Província do Rio Grande do Sul S.A., Caixa de Auxílio dos Funcionários do Banco Nacional do Comércio S.A. e Instituto Assistencial Sulbanco.

Eles já haviam ganhado ação idêntica ajuizada contra os fundos de pensão, mas a sentença não foi executada por falta de recursos das rés. Entretanto, o edital de privatização previa que o ganhador do certame, na qualidade de responsável solidário, assumiria as obrigações contraídas pelos fundos de pensão patrocinados pelas instituições financeiras estaduais privatizadas.

O pedido de pagamento das diferenças foi julgado procedente em primeira instância, observada a prescrição quinquenal da demanda. Em grau de recurso, o tribunal gaúcho determinou a interrupção da prescrição desde a citação das entidades de previdência no processo anterior.

Fundo de direito

O Santander recorreu ao STJ, alegando que o TJRS não havia observado as normas ditadas pelo órgão regulador e fiscalizador das entidades de previdência complementar. Segundo o banco, essas instituições exigem o prévio custeio e a manutenção do equilíbrio econômico, financeiro e atuarial dos planos de benefícios complementares.

Sustentou, ainda, que teria ocorrido a prescrição do fundo de direito, e não a prescrição quinquenal, como decidira o tribunal gaúcho.

Segundo o relator do recurso, ministro João Otávio de Noronha, a discussão sobre equilíbrio financeiro e atuarial de plano de benefícios só é pertinente quando envolve entidade de previdência complementar. De acordo com Noronha, esse debate não tem cabimento “quando a condenação ao pagamento das mensalidades de aposentadoria tem como alvo a instituição financeira demandada na condição de responsável solidária pelo cumprimento das obrigações”.

Para o relator, como a obrigação assumida pelo banco é cumprida diretamente por ele, não cabe falar em equilíbrio econômico e atuarial de plano de benefícios.
Sobre a alegada prescrição do fundo de direito, o ministro ressaltou em seu voto que, nas ações em que se postula a complementação de aposentadoria ou a revisão do benefício, o prazo prescricional quinquenal previsto na Súmula 291 do STJ não atinge o fundo de direito, mas somente as parcelas anteriores a cinco anos da propositura da ação. A decisão foi unânime.
Superior Tribunal de Justiça
Superior Tribunal de Justiça
Criado pela Constituição Federal de 1988, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) é a corte responsável por uniformizar a interpretação da lei federal em todo o Brasil, seguindo os princípios constitucionais e a garantia e defesa do Estado de Direito.


* 0 Comentário

Faça um comentário construtivo para esse documento.

  21/09/2016 - 13:41 -   |   Responder/Comentar  |   




  128414 - JOSÉ GALLO   CAMPINAS/SP

A respeito da votação da AGE da ratificação das ações ajuizadas pela Afabesp: Como votar O "SIM", se as Agências dos Correios não estão siquer entregando as correspondências para a votação ou poderão entregar com muito atraso em razão da greve? O que fazer?
José Gallo - Matr. 053899

  21/09/2016 - 13:36 -   |   Responder/Comentar  |   


| Ver Próximos |

  Responder/Comentar   |