Cadastre-se no APdoBanespa - É GRÁTIS - Clique aqui

Estrada - 02
Visite www.apdobanespa.com

Uma senhora pega um táxi e indica a direção do hotel onde está hospedada. O taxista, por incrível que pareça, nada disse durante todo o percurso, até que a senhora resolveu fazer-lhe uma pergunta e tocou levemente em seu ombro. Ele gritou, perdeu o controle do carro e, por pouco, não provocou um acidente de terríveis proporções! Com o carro sobre a calçada, a senhora, assustadíssima, virou-se para o taxista e disse: -- Francamente... como é que eu ia saber que você dirige tão displicentemente a ponto de quase ter um treco por conta de um simples toque no ombro? 
-- Não me leve a mal, senhora, mas... É que esse é o meu primeiro dia como taxista. 
-- E o que o senhor fazia antes disso? - perguntou ela. 
-- Eu, por 25 anos, fui motorista de carro funerário!

 
O sujeito está dirigindo numa estrada cheia de curvas. Uma mulher, dirigindo em sentido contrário, cruza-o. 
No momento em que estão bastante próximos, ela põe a cara para fora e grita: 
-- Porco! 
O homem imediatamente responde: 
-- Vagabunda! 
E os dois seguem seu rumo. 
Na curva seguinte o homem bate violentamente contra um porco no meio da estrada, e o carro capota. 

Ah se os homens entendessem as mulheres...

 
Ocorreu um acidente de transito, com dois carros iguais, batendo de frente, um dirigido por um homem e o outro por uma mulher. Ambos ficaram completamente destruídos. Surpreendentemente os motoristas nada sofreram, saindo completamente ilesos. 
Depois de saírem de seus carros, a mulher diz: 
-- Interessante, você é um homem e eu uma mulher, com os carros iguais destruídos, mas estamos sem nenhum arranhão. Isto deve ser um sinal de Deus, nós realmente precisávamos nos encontrar, estava em nossos destinos, nos conhecermos e ficarmos vivendo em paz, como grandes amigos, até o fim de nossos dias. 
-- Concordo! Disse o homem. 
E continua a mulher a falar: 
-- Isto com certeza, é um sinal de Deus. E olhe outro milagre, meu carro esta completamente destruído, mas esta garrafa de vinho, não se quebrou. Está claro que o destino quer que a bebamos para celebrar a nossa vida, que foi salva milagrosamente neste acidente. 
Então a mulher passa a garrafa para o homem. Ele concorda sem titubear, e vira o gargalo na boca, até beber a metade da garrafa. Entrega a garrafa pela metade para a mulher. Ela pega a rolha e a recoloca no gargalo, imediatamente, sem beber nenhum gole. Sem entender nada, o homem pergunta: 
-- Não vai beber a tua metade para comemorar? 
Ao que a mulher responde: 
-- Não. Acho que vou esperar a polícia chegar primeiro...

 
Andavam de carro um português, um alemão e um brasileiro. O carro bateu em uma árvore e quebrou. Cada um ia seguir um rumo, mais era melhor pegar o que podia se aproveitar do carro. O alemão pegou o capô, se chovesse estaria protegido. O brasileiro pegou o motor, podia vender e conseguir algum dinheiro. O português pegou uma porta. Os outros ficaram curiosos e perguntaram: 
-- Por que pegou a porta Manoel? 
Ele respondeu: 
-- Ah, se ficar calor eu abro a janela!

 
O sujeito vinha dirigindo por uma estrada quando cruza por uma placa: CACHORRO CHUPA PAU A UM QUILÔMETRO.  
Ele estranha a placa, mas continua tranqüilamente a sua viagem. Um pouco à frente, outra placa: CACHORRO CHUPA PAU A 500 METROS. Ele fica intrigado, mas continua sua viagem, até que uma terceira placa aparece: CACHORRO CHUPA PAU A 100 METROS. Curioso, o sujeito resolve parar pra conhecer esse fenômeno. Seguindo as indicações ele chega a uma casinha. Bate na porta e é atendido por um sujeito. 
-- É aqui que tem o cachorro chupa pau? 
-- É aqui mesmo. 
-- Eu quero ver. 
-- Tudo bem. Totó, vem aqui! 
Atendendo ao chamado do dono, chega o Totó, um vira-lata magrinho. O dono do cachorro pede ao sujeito para ele abaixar as calças. 
-- Agora, Totó, vai lá e chupa o pau do moço! 
O cachorro fica parado. 
-- Chupa o pau do moço, Totó! – ordena o dono. 
O cachorro nada. 
-- Chupa o pau do moço, Totó! 
-- Totó fica parado. 
-- Totó, essa é a ultima vez que eu te mostro como é que se faz, hein!

 
Sabem porque é que os homens são os maiores culpados pelos acidentes de automóvel? 
-- Porque emprestam as chaves do carro para as mulheres.

 
Um português vinha dirigindo seu carro, quando viu uma placa: "Devagar Quebra-Molas". 
Ele acelerou bastante, passou pelo quebra-molas e destruiu todo o carro. 
Saiu do carro, foi até a placa e escreveu: 
"Cuidado! Rápido também quebra."

 
Existem dois tipos de mulheres no volante: a que ainda não aprendeu a dirigir e a que já desistiu.

 
 O motorista profissional, devido a uma estafante jornada de trabalho, mal tem tempo de ir ao banheiro, e se vê obrigado a fazer merda no trânsito.

  Um português, que trabalhava como caminhoneiro na Suíça, um dia teve que fazer uma entrega numa Cidadezinha nas montanhas.... 
Um habitante da vizinhança viu aquele caminhão enorme subindo a serra naquelas ruazinhas tortuosas de ré!  
-- O que o Sr. está pensando? Subir de ré aqui é loucura! - grita o suíço. 
-- É que me informaram que lá em cima é impossível de virar o caminhão. - responde o português e continua o seu caminho. 
O suíço olhou com uma cara indignada, mas achou que era uma idéia aceitável... 
Uma hora depois, o mesmo habitante vê o mesmo caminhão, dessa vez, descendo de ré!  
-- Meus Deus! O que o Sr. está fazendo agora? Descendo de ré! 
-- Pois é! Eles tinham se enganado, dava para virar o caminhão sim!

 
É incrível a quantidade de veículos que trafegam com pneus e motoristas carecas.

 
A cada 5 minutos, 4 pessoas são atropeladas, 6 são vítimas de omissão de socorro, 3 ficam presas nas  
ferragens e mais de 50 curiosos ficam olhando sem fazer nada.

 
 O português viajava pela estrada com sua família, numa Besta quando, por excesso de velocidade e parado pelo guarda: 
-- Muito bem, espertinho, posso ver os documentos da Besta? 
-- Estão aqui, seu guarda... - responde, entregando os seus documentos pessoais. 
-- Não, não! Eu quero ver os documentos da perua! diz o guarda. 
Então, o português vira-se para sua mulher e diz: 
-- Querida, o guarda quer falar com você...

 
Uma blitz pára o carro de uma loura sensacional. 
-- A senhorita estava correndo muito. 
-- Ah, não pode correr muito não? - perguntou surpresa a moça. 
-- Não. Posso ver sua carteira de habilitação? - pergunta o policial. 
-- Que carteira? - perguntou meio confusa a louraça. 
-- Deve estar na bolsa - explica o policial. 
A loura leva alguns minutos procurando e finalmente encontra a habilitação. 
-- Os documentos do carro, por favor. 
-- O carro tem documento? 
-- Normalmente fica no porta-luvas. 
Ela abre o porta-luvas e encontra o documento e entrega ao guarda. 
-- Eu volto em um minuto. 
O guarda se afasta um pouco e vai até o seu carro. Liga pra central. 
-- Alô, sargento. Uma loura aqui, burra toda vida, estava dirigindo a mais de 160 por hora. 
-- Uma loura maravilhosas num BMW vermelho? 
-- Essa mesmo. 
-- Vai até lá, devolve os documentos dela e tira o pau pra fora. 
-- Como é que é? 
-- Vai por mim, rapaz. Faz o que eu mando que você vai se dar bem. 
O policial volta até o carro, devolve os documentos, abre o zíper e tira o pau pra fora. A loura olha e reclama. 
-- Ah, não! Outro teste do bafômetro!

 
Um português foi mandado embora do emprego, juntou a indenização, 13° salário, férias e comprou um Opalão 72. 
Reuniu a família ( a mulher, dois filhos, a sogra, a empregada e a cunhada com o namorado ) e desceu para a praia de Santos. No meio do caminho um guarda deu sinal para parar. 
-- O senhor terá que descer pela Imigrantes, pois está estrada está interditada. 
-- Seu guarda, não sabe o alívio que o senhor me deu... Pensei que o senhor tivesse me parado para dar uma multa. Sabes, comprei este carro ontem num ferro velho, não tive tempo de ver a documentação do veículo... O butijão de gás estava batendo muito lá atrás, por isso tive que amarrá-lo com os cintos de segurança, tentei calçá-lo com o extintor, eu até procurei mas não o achei... Ainda por cima, podes ver que o carro é para cinco pessoas, mas minha sogra insistiu para trazer a moça com o rapaz e estamos com excesso de passageiros... 
-- O senhor sabia que eu posso tirar a sua carteira de motorista? 
-- Que bom seu guarda, eu estou tentando tirá-la faz um tempão, e não consigo. Se o senhor fizer este favor... 
A Maria vendo a besteira feita, foi em defesa do marido. 
-- Seu guarda, não liga não. Manuel, meu marido, quando bebe, só fala besteiras.

 
Um motorista foi parado por estar dirigindo em alta velocidade. Enquanto o policial escrevia a multa, notou alguns bastões coloridos no carro. 
-- Pra que serve estas coisas? - perguntou o guarda. 
-- É que eu sou malabarista, seu guarda. eu uso isto no meu show. 
-- Então mostra aí, - o policial pediu. 
O homem pegou os bastões e começou a dar um show. Primeiro com três bastões, depois quatro, cinco, até sete de uma vez. Ele passava os bastões por cima, jogava de costas, tirava um pé do chão, enfim, deu o maior showzão. 
Enquanto o cara estava dando o show passa por ali um outro carro com o motorista cheio de cana, mas pra lá do que pra cá. Ele olha o malabarista dando o seu show pro guarda e fica assustadão. 
-- Meu deus, eu tenho que parar de beber! Esse tal teste do bafômetro tá ficando cada vez mais complicado ...

 
Uma mulher sensacional dirigia por uma estrada deserta do Texas quando seu carro quebrou. Um índio montado num cavalo logo chegou e ofereceu ajuda. Ela montou no cavalo e os dois foram em busca de mecânico em alguma cidade próxima. A cavalgada foi normal, a não ser pelo fato de que o índio ia o tempo todo gritando "yahoo". Ele deixou a moça no mecânico e ainda deu seu ultimo "yahoo". 
-- O que a senhora fez para deixar esse índio tão excitado? - perguntou o mecânico. 
-- Nada. Só sentei atrás dele no cavalo e segurei forte na sela pra não cair. 
-- Minha senhora, índios não usam sela !!!

 
 O turista estava em Portugal, de carro, e queira seguir viagem para a Espanha. Parou então num posto de gasolina e pediu informações: 
-- Ô amigo, essa estrada aqui vai pra Espanha? 
E o português: 
-- Olha, não sei de nada disso não, mas se ela for, vai fazer muita falta aqui.
 

- Visite www.apdobanespa.com

Nº 125409   -    enviada por     Álvaro Pozzetti de Oliveira   -   Bauru/     em   03/04/2017


|   voltar |
Recomende este site a colegas banespianos da ativa, aposentados e pensionistas

Seu Nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
Em caso de vários E-mails, separá-los por vírgulas.
E-mail(s) do(s) seu(s) amigo(s):

.
APdo Banespa - Bancários aposentados - direitos - justiça
Para qualquer contato utilize este e-mail: ----> pozzetti@gmail.com

Atualmente temos 3717 cadastrados no site
Verifique se você está cadastrado(a) no APdoBanespa

Insira seu
Não está?
Então, preencha o formulário abaixo
para cadastrar-se e participar de um seleto grupo de
Banespianos Aposentados, Pensionistas e da Ativa.



Cadastro de Participantes do APdoBanespa


Ex: 00 0000 0000

Ex: São Paulo/SP
<== AAAA-MM-DD
Ex: Maceió/AL
Ex: 1966/1996



               


  | Relação de participantes   | Voltar  |


Comentários para você ver

Atualmente somos 3717 cadastrados no site. - Clique abaixo para se cadastrar!

Cadastre-se no APdoBanespa, o Site dos Banespianos! clique aqui e cadastre-se!

Tô ferrado, Tô ferrado Veja as rimas e/ou clique aqui e envie as suas quadrinhas!


Para participar clique aqui e Cadastre-se

Adicione Apdobanespa aos favoritos

Faça do APdoBanespa a sua página inicial: ---> Clique aqui!

 | Principal  | Notícias Anteriores  | Objetivo  | Participantes  | Ler Dort  |
 | Classificados  | Dicas  | Mensagens Músicas Receitas  | Afabans  | Fotos  |
 | E-mail@APdoBanespa  | Cadastro  |