Cadastre-se no APdoBanespa - É GRÁTIS - Clique aqui

                                   
DICAS DE SAÚDE
DICAS DE SAÚDE
DICAS DE SAÚDE


Zika vírus: conheça os sintomas
Enviada em 17/08/2018 por     Álvaro Pozzetti de Oliveira

O zika vírus é um agente transmitido pelo mosquito Aedes aegypti e cuja infecção em gestantes pode resultar em malformações fetais como a microcefalia e a artrogripose. Hoje considerada uma epidemia no Brasil, o Zika vírus costuma causar sintomas muito leves durante sua infecção. "Se não fosse o perigo que ele representa para os bebês, certamente ele passaria como uma doença pouco sintomática, com um quadro curto e simples", considera o infectologista Gabriel Cuba, especialista do Hospital 9 de Julho (SP).
Principais sintomas do zika vírus
No entanto, é sempre importante estar atento aos sintomas do Zika vírus, para buscar os cuidados adequados. O tratamento é focado em amenizar os sinais da doença, já que não há medicamentos que eliminem o vírus em si, esse trabalho é deixado para as células imunes do corpo. Veja os sintomas mais característicos da infecção pelo Zika vírus.
Febre baixa
O primeiro sintoma de toda doença causada por vírus é a febre , e o Zika vírus sempre se caracteriza por uma febre mais baixa, normalmente menor do que 38°C, isso inclusive ajuda a diferenciá-la de outras doenças virais, como a dengue e a febre chikungunya . "Isso ocorre porque o Zika vírus costuma ser menos agressivo ao organismo, como a febre é uma reação natural do corpo para matar os antígenos, a febre que ele causa é menos exuberante", afirma o infectologista Dalcy Albuquerque, membro da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI).
Vermelhão na pele
Outro sintoma característico do zika vírus é o vermelhão na pele, chamado tecnicamente de exantema ou rash cutâneo. Ele normalmente aparece quatro dias após a febre. "São pequenas bolinhas vermelhas com leves elevações e que quando muito próximas se unem, formando uma vermelhidão que preenche várias partes do corpo, predominantemente nos braços, pernas e tronco", descreve o infectologista Max Igor Lopes, do Hospital Santa Catarina (SP). Normalmente os exantemas costumam coçar e são tratados com medicamentos como anti-histamínicos, mas nem sempre eles fazem efeito. Por sorte, é um dos sintomas finais do Zika vírus, e só dura cerca de três ou quatro dias.
Olhos vermelhos e inchados
Além dos vermelhões na pele, o Zika vírus costuma causar uma vermelhidão nos olhos, chamada por muitos especialistas de uma conjuntivite . Para o infectologista Albuquerque, no entanto, esse sintoma é um pouco diferente da inflamação tradicional da conjuntiva. "Na infecção por Zika vírus os olhos não ardem e nem há um aumento da secreção, tornando o quadro um pouco diferente", diferencia o especialista.
Dor e inchaço nas articulações
O Zika vírus não costuma atacar muito as articulações. "Quando isso ocorre, as dores são menos intensas e atacam várias articulações, desde as pequenas (como as dos pés e mãos) até as maiores (tais quais o joelho, cotovelo e quadril), sem um padrão", considera o infectologista Cuba.
Dor de cabeça
As dores de cabeça causadas pelo zika também costumam ser menos intensas do que na dengue ou na febre chikungunya, mas podem sim parecer em alguns pacientes. No caso, ela costuma ser atrás dos olhos. "O mal-estar causado pelo Zika vírus é bem menor do que na dengue, por exemplo", considera Albuquerque.
Ordem dos sintomas
Normalmente a pessoa começa apresentar os sintomas do Zika vírus após cerca de sete dias, que é o período em que o vírus fica incubado. "Começa com a febre e algumas dores no corpo, e só depois de dois a três dias é que as manchas avermelhadas e o olho vermelho aparecerá", descreve Albuquerque.
Quadros assintomáticos de zika vírus
O maior problema é que podem haver casos de Zika vírus assintomáticos. Não se sabe ao certo por que isso ocorre, mas provavelmente é uma característica individual de cada organismo. "Isso varia conforme a capacidade do corpo de responder contra uma infecção e contra determinados agentes, alguns sistemas imunológicos conseguem matar alguns vírus mais rapidamente do que outros", ressalta Lopes.
Mas não se sabe ainda qual porcentagem da população pode estar infectada com o Zika vírus sem apresentar sintomas. "A doença ainda é muito nova por aqui, e você só consegue ter esse dado fazendo exames que pesquisam anticorpos específicos contra o vírus em diversas pessoas e perguntando a elas se lembram de ter tido sintomas do Zika vírus nos últimos seis meses, o que não consiste em um sistema confiável", descreve o especialista.
O problema dos casos assintomáticos é quando isso acontece com gestantes. Ao apresentarem a infecção sem os sintomas, não há sinalização de que o feto corre o risco de apresentar malformações, portanto ele pode não receber o acompanhamento adequado no pré-natal .
Diferencie os sintomas do Zika vírus, dengue e chikungunya
Os sintomas da do Zika vírus, dengue e chikungunya são basicamente os mesmos, o que muda é a intensidade de cada um. Enquanto no zika vírus o exantema e os olhos vermelhos são mais característicos, as outras doenças apresentam outras características. "A chikungunya apresenta dores nas articulações mais fortes, que chegam a ser incapacitantes e também pode apresentar manchas pelo corpo, mas de menor intensidade. Já a dengue tem febre mais alta, além de trazer mais cansaço e abater mais o paciente", diferencia Gabriel Cuba.


Estudo mostra que dengue tem 37,5% de chance de ser transmitida por transfusão
Muito tem sido dito sobre o risco de transmissão por transfusão sanguínea de flavivírus, como o Zika vírus , dengue e febre chikungunya . Um estudo brasileiro, publicado este mês na revista científica The Journal of Infectious Diseases mostrou que durante a epidemia de dengue, 0,51% das pessoas que foram a hemocentros doar sangue estavam infectadas com o vírus dengue durante a epidemia em 2012. Entre os pacientes que receberam essas bolsas de sangue contaminadas, 37,5% desenvolveram a doença, mas não houveram casos mais sérios da doença.
O estudo foi feito entre os meses de fevereiro e junho de 2012, época em que o sorotipo 4 do vírus da dengue circulou em grande escala no Brasil. Foram coletadas amostras de doadores no Rio de Janeiro (RJ) e Recife (PE), somando 39.134 doadores. Apesar de a média de doadores infectados ter disso de 0,51%, em algumas semanas chegavam a ter 2% dos doadores infectados em Recife.
Essas bolsas de sangue infectadas foram transfundidas em 22 pessoas. Deles, 16 eram suscetíveis a doença, mas apenas seis foram efetivamente infectados. Para ter certeza, amostras de sangue dos receptores foram colhidas antes da doação para confirmar se o vírus foi adquirido na transfusão e se já havia ocorrido alguma infecção por ele anteriormente.
Para a pesquisadora Ester Sabino, professora da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e diretora do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, em entrevista à Agência FAPESP, isso mostra que durante grandes epidemias de dengue, ocorrem muitos casos de transmissão sanguínea. "Por que ninguém notava isso? Possivelmente porque o impacto clínico não é importante", considera a especialista.
A ideia é agora fazer um estudo semelhante para entender a transmissão sanguínea do Zika vírus e da febre chikungunya.


Coreia do Sul virá para Olimpíadas com uniforme anti-Zika vírus


outras doenças do Aedes aegypti estão preocupando diversas comitivas para as Olímpiadas no Rio de Janeiro este ano. Nesta quarta-feira (27) a Coreia do Sul apresentou o uniforme oficial de sua equipe, confeccionado pensando no mosquito: as roupas terão mangas compridas e calças longas, e terão repelente nos tecidos.
Esses uniformes não poderão ser usados nas competições, devido às regras e à preocupação com o desempenho dos esportistas. No entanto os coreanos foram orientados a usá-los nos treinamentos, cerimônia de abertura e no dia a dia na Vila Olímpica. Já durante as competições, foi indicado que os atletas não esqueçam do repelente em spray.
Além disso, no começo de abril, membros do governo coreano e do Comitê Olímpico do país vieram ao Brasil verificar as condições de tratamento para Zika vírus, dengue e febre chikungunya .
Preocupação compartilhada
Os Estados Unidos também estão preocupados com o Zika vírus e o Comitê Olímpico norte-americano está aliado ao Departamento de Saúde do país para garantir que atletas e torcedores estejam cientes sobre o Zika vírus. A orientação é que os americanos que visitarem o Brasil e outros países com circulação da doença usem repelentes, fiquem em locais com ar condicionado e usem mangas compridas.
Além disso, o Comitê Olímpico dos Estados Unidos estuda como implantar medidas para evitar água parada ao redor das sedes olímpicas, para evitar criadouros do Aedes aegypti.
OMS aponta redução nos casos
Apesar de toda essa preocupação, a vice-diretora geral da Organização Mundial da Saúde. Marie-Paule Kieny afirmou segunda-feira (25) que a epidemia de Zika vírus está em uma fase de queda no Brasil, assim como na Colômbia e no Cabo Verde. Para a Organização, a queda se deve provavelmente ao fim do verão no hemisfério sul do planeta.
O mesmo foi indicado pelo Ministério da Saúde brasileiro. Claudio Maierovitch, diretor do Departamento de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, apontou nesta terça-feira (26) que houve uma queda de 50% nos casos de dengue com relação a 2015. Para ele, essa redução provavelmente se reflete na incidência de Zika vírus e febre chikungunya, que não estavam sendo reportadas em 2015.


Dicas de Informática


Dicas Diversas






Curiosidades









Dicas de Saúde


Comentários para você ver

Atualmente somos 3696 cadastrados no site. - Clique abaixo para se cadastrar!

Cadastre-se no APdoBanespa, o Site dos Banespianos! clique aqui e cadastre-se!

Tô ferrado, Tô ferrado Veja as rimas e/ou clique aqui e envie as suas quadrinhas!


Para participar clique aqui e Cadastre-se

Adicione Apdobanespa aos favoritos

Faça do APdoBanespa a sua página inicial: ---> Clique aqui!

 | Principal  | Notícias Anteriores  | Objetivo  | Participantes  | Ler Dort  |
 | Classificados  | Dicas  | Mensagens Músicas Receitas  | Afabans  | Fotos  |
 | E-mail@APdoBanespa  | Cadastro  |