Cadastre-se no APdoBanespa - É GRÁTIS - Clique aqui

                                   
DICAS DE SAÚDE
DICAS DE SAÚDE
DICAS DE SAÚDE


Hipertensão
Enviada em 17/07/2018 por     Álvaro Pozzetti de Oliveira

A maior parte das mortes no mundo é causada por doenças cardiovasculares, como insuficiência cardíaca e coronária, derrame e infarto do miocárdio. A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é a mais frequente das doenças cardiovasculares e principal fator de risco para as complicações mais comuns, como acidente vascular encefálico, infarto agudo do miocárdio e doença renal crônica terminal.

FATORES DE RISCO

Sabe-se que há uma forte ligação entre o histórico familiar e outros fatores como excesso de peso, abuso de álcool, tabagismo e sedentarismo. A hipertensão arterial pode surgir em qualquer indivíduo, em qualquer época de sua vida, mas algumas situações aumentam o risco de desenvolvimento para uma doença cardiovascular. São fatores relacionados ao desenvolvimento da HAS:

Idade (o risco aumenta com o avanço da idade);
Sexo (até os 50 anos, mais homens que mulheres desenvolvem HAS e após os 50 anos, mais mulheres que homens desenvolvem a doença);
Etnia (Mulheres afrodescendentes tem maior risco de desenvolver hipertensão que mulheres caucasianas);
Nível socioeconômico (Classes de menor nível socioeconômico têm maior chance de desenvolver a doença);
Elevado consumo de sal;
Consumo excessivo de álcool;
Obesidade;
Sedentarismo.
SINTOMAS

A HAS é uma doença silenciosa, não apresentando sintomas em grande parte dos casos. O diagnóstico deve ser feito o mais precocemente possível. Para que você fique alerta na detecção da doença, existem alguns sintomas que podem sinalizar uma crise hipertensiva, como: cefaleia; mal-estar; tonturas; borramento visual; dor torácica; palpitações; dispneia; e “aperto no coração”.

COMPLICAÇÕES

A hipertensão arterial é um dos fatores envolvidos em uma série de doenças. Entre outras, as doenças a seguir são provocadas, antecipadas ou agravadas pela hipertensão arterial.

TRATAMENTO

Não existe cura para a hipertensão, mas pode ser controlada. Um pouco de disciplina e algumas mudanças de hábitos podem ajudar a prevenir e controlar a hipertensão. É necessário um considerável esforço por parte dos pacientes hipertensos a se engajarem em um novo estilo de vida. Modificações de estilo de vida são de grande importância no tratamento e na prevenção da hipertensão. Alimentação adequada, sobretudo quanto ao consumo de sal, controle do peso, prática de atividade física, eliminação do tabagismo e do uso excessivo de álcool são hábitos essenciais para o controle da hipertensão e para a sua saúde e bem estar em geral. Sem eles, mesmo doses progressivas de medicamentos não resultarão alcançar os níveis recomendados de pressão arterial.

MEDIDAS PREVENTIVAS

Assim como as recomendações para o tratamento não-farmacológico para a Hipertensão, a mudança no estilo de vida é de fundamental importância para a prevenção do desenvolvimento da doença.

Publicado em 28 março, 2014 - CABESP


Dicas de Informática


Dicas Diversas






Curiosidades









Dicas de Saúde


Comentários para você ver

Atualmente somos 3686 cadastrados no site. - Clique abaixo para se cadastrar!

Cadastre-se no APdoBanespa, o Site dos Banespianos! clique aqui e cadastre-se!

Tô ferrado, Tô ferrado Veja as rimas e/ou clique aqui e envie as suas quadrinhas!


Para participar clique aqui e Cadastre-se

Adicione Apdobanespa aos favoritos

Faça do APdoBanespa a sua página inicial: ---> Clique aqui!

 | Principal  | Notícias Anteriores  | Objetivo  | Participantes  | Ler Dort  |
 | Classificados  | Dicas  | Mensagens Músicas Receitas  | Afabans  | Fotos  |
 | E-mail@APdoBanespa  | Cadastro  |